Nome do Projeto
Habitação e cidade na segunda metade do século XX: Alternativas à proposta funcionalista na habitação social no contexto ibero-latinoamericano
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/08/2020 - 31/07/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
Na década de 60, o tema da habitação toma uma força renovada na América Latina a partir de uma demanda crescente de habitação devido ao êxodo de grandes contingentes de população em direção à cidade. Se constitui como um momento em que os princípios do urbanismo moderno funcionalista/CIAM têm sua aplicação generalizada contracenando com contextos nacionais de política desenvolvimentista, onde são erguidos grandes conjuntos habitacionais nas periferias das grandes cidades. As limitações desse modelo ficariam claras já em meados dos anos cinquenta pela crítica internacional aos rígidos princípios da cidade funcional e da Carta de Atenas. Jovens arquitetos, principalmente a partir do grupo Team X começam a advogar por uma reintrodução da experiência da comunidade na arquitetura. Conceitos como o pertencer e identidade são trazidos à tona e a consideração dos valores culturais das comunidades se refletem de diferentes maneiras em suas propostas teóricas, arquitetônicas e urbanísticas. Outras reações à cidade funcionalista também vão surgir na década de 60. Janes jacobs publica “Morte e vida nas grandes cidades; Christopher Alexander, escreve “A cidade não é uma árvore”; John Turner estuda a experiência de crescimento espontâneo das periferias das cidades na América do Sul. Todas elas se constituem como uma crítica aos fundamentos do planejamento urbano vigentes e defendem a participação ativa dos indivíduos em todos os campos da vida social. Nos países da América Latina e da península ibérica, também começam a surgir reações aos princípios vigentes, tanto em relação à política habitacional – grandes conjuntos - como aos modelos projetuais – “modelo superquadra”. No Uruguai, se consolida o cooperativismo na habitação social e se estabelece uma revisão da arquitetura e urbanismo do movimento moderno com a penetração das ideias do Team X e de outros movimentos contestatórios. Na Colômbia, o arquiteto Germán Samper trabalha com propostas que resgatam o conceito de bairro, praça e “caminho”, próprios da cidade tradicional. No Peru aparecem se tenta aliar princípios do urbanismo moderno à tradição cultural. O conjunto PREVI é claro exemplo desse contexto e da aplicação dos princípios defendidos pelo Team X nesse país. No Brasil, a busca de alternativas se dá nas figuras de Joaquim Guedes e Hector Vigliecca. Na Espanha, o programa Poblados Dirigidos, apresenta uma proposta moderna e já crítica à cidade funcional. Nesse sentido, este projeto pretende analisar algumas urbanizações desenvolvidas nesse momento avaliando os ensinamentos disciplinares que podem ser extraídos dessas experiências com o intuito de colaboração no incremento de qualidade da habitação contemporânea.

Objetivo Geral

O objetivo geral desta investigação consiste em estudar projetos de conjuntos habitacionais da segunda metade do século XX na américa Latina e península ibérica, buscando identificar as alternativas propostas à “cidade funcional/CIAM”.

Justificativa

Os Conjuntos Habitacionais estudados são uma referência importante no cenário latino americano e ibérico no que diz respeito a uma identificação dos moradores com seu espaço habitado, à apropriação de espaços coletivos, a um cuidado geral com o habitat. Acreditamos que essa moradia digna e de alta qualidade é resultado da confluência de políticas habitacionais adequadas e projetos arquitetônicos e urbanísticos de excelência.
O que se espera deste estudo é que traga como resultado um conjunto de reflexões que permitam, de alguma maneira, uma apropriação dos pontos positivos dessas experiências pelas propostas atuais de habitação social.

Metodologia

As etapas para o desenvolvimento da pesquisa serão divididas em:
1. Revisão bibliográfica sobre os temas principais da pesquisa:
a) O papel do Team X e de outros movimentos e autores que a partir dos anos 60 contestaram fortemente a ortodoxia moderna referente à habitação e à cidade;
b) O contexto latino-americano e ibérico (principalmente o espanhol) – no que diz respeito à preceitos urbanísticos e arquitetônicos na época do projeto e construção dos conjuntos habitacionais em estudo;
c) Os conjuntos habitacionais objetos desta pesquisa – coleta de material teórico e gráfico dos conjuntos.
2. Pesquisa de documentos e planos originais em arquivos públicos e privados. Visita aos conjuntos habitacionais quando possível;
3. Análise dos conjuntos habitacionais arquitetônica e urbanisticamente.
4. Comparação entre as ideais defendidos pelos arquitetos referenciais da época, na Europa, Estados Unidos e América Latina e os preceitos conceitos arquitetos e urbanísticos presentes nos conjuntos habitacionais em estudo, verificando o grau de aproximação à crítica da cidade funcionalista.
5. Finalmente se fará estudo do grau de apropriação dos espaços coletivos e do conjunto em geral por parte dos moradores, através da Cartografia Social em alguns conjuntos. Este estudo se faz importante na medida em que temos como hipótese de estudo a crença de que esse contexto de quebra de paradigmas e de crítica ao Movimento Moderno ortodoxo teve uma ascendência positiva sobre a concepção projetual em curso e sobre a apropriação e aceitação dos “habitantes” dessas urbanizações.
6. Divulgação e publicação dos resultados parciais, no decorrer do trabalho. Divulgação das considerações finais do trabalho, após seu término.

Indicadores, Metas e Resultados

metas:
- Visita à São Paulo para observação e análise in loco dos conjuntos habitacionais em estudo e para pesquisa de documentos e planos arquitetônicos e urbanísticos originais.
- Visita à Lima para observação e análise in loco do conjunto habitacional PREVI e para pesquisa de documentos e planos arquitetônicos e urbanísticos originais das propostas para o concurso de 1967 realizadas pelos arquitetos internacionais, no Instituto Nacional de Investigación y Normalización de la Vivienda – ININVI (já realizada)
– Contato – via internet - com o escritório do arquiteto Germán Samper para a obtenção de informações mais detalhadas sobre os projetos em estudo, assim como o acesso aos projetos originais
- Visita à Madrid, para observação e análise in loco de conjuntos habitacionai e para pesquisa de documentos e planos arquitetônicos e urbanísticos originais (já realizada).

Produto final:
Três dissertações de mestrado:
Carolina Ritter - Espaço arquitetônico e urbanístico em conjuntos habitacionais de interesse social em cooperativas: Bulevar Artigas e José Pedro Varela (Zona 1) ‒ Uruguai (já concluída)
Fabiane Biedrzycka da Silva Galarz – Habitação social na América Latina: Os projetos de Germán Samper
-Andréia Machado - Hector Vigliecca e a habitação de interesse social
- Um livro sobre os projetos internacionais do concurso PREVI
- Artigos científicos sobre os diversos temas em estudo

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRE DE OLIVEIRA TORRES CARRASCO6
ANDRÉIA AZAREDO MACHADO
Ana Esteban Maluenda
CELIA HELENA CASTRO GONSALES20
EDUARDO ROCHA4
FABIANE BIEDRZYCKA DA SILVA GALARZ
GABRIEL ALVARIZ LOPES

Página gerada em 28/11/2020 22:58:40 (consulta levou 0.102796s)