Nome do Projeto
PARÂMETROS DE DESEMPENHO NZEB EM EDIFICAÇÕES MULTIFAMILIARES DO SUL DO BRASIL
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
31/08/2020 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Resumo
As edificações são responsáveis mundialmente por 40% do consumo de energia primária e destas edificações mais de 50% são residenciais (IEA, 2016), fazendo com que a busca pela sustentabilidade esteja cada vez mais presente nas metas da construção civil. Neste contexto, surgem os edifícios nZEB, com necessidades de energia quase nulas, que são, portanto, edifícios com elevado nível de eficiência energética, tanto por seu reduzido consumo de energia em relação a edifícios convencionais, quanto pela existência de sistemas de produção de energia local que compensam as necessidades energéticas. As regulamentações de eficiência energética, em nível mundial, estão em um patamar mais elevado do que em nosso país, e assim indicam um caminho a ser seguido para a evolução dos regulamentos brasileiros, observando aspectos relacionados a edificações com consumo de energia próximo de zero. Aliado a este panorama, o crescimento urbano no Brasil, trouxe grandes desafios econômicos, sociais e ambientais, dentre eles, o déficit habitacional, potencializado pela insuficiência de planejamento e investimentos necessários para vencer este obstáculo. Dessa forma, a adoção de medidas de sustentabilidade em empreendimentos habitacionais de interesse social é importante, já que as edificações existentes são em grande parte, ineficientes em muitos aspectos, como o desempenho térmico e energético. Assim, o objetivo deste trabalho é verificar a viabilidade técnica e econômica da implementação do conceito nZEB, para o uso residencial multifamiliar de interesse social no contexto climático do sul do Brasil. Os estudos de caso, são adotados de acordo com Curcio (2011), habitações de interesse social construídas pelo Programa de Arrendamento Residencial – PAR na cidade de Pelotas/RS, localizada na zona bioclimática 2 (ZB2). Para isso, serão realizadas simulações computacionais, utilizando o software Energy Plus e um Algoritmo Evolutivo Multiobjetivo responsável por realizar a otimização do modelo, variando seus componentes para determinar as propriedades térmicas do envelope que melhor atendem à obtenção de uma edificação nZEB. Assim como, a quantificação do investimento, através de uma orçamentação. As contribuições esperadas com este estudo estão na redução da participação das edificações no panorama geral de consumo de energia elétrica do país. De forma mais específica, tem-se a expectativa da definição de parâmetros técnicos e econômicos de desempenho nZEB em edificações residenciais multifamiliares, no sul do Brasil, mais especificamente na ZB2.

Objetivo Geral

O objetivo geral do presente estudo é verificar a viabilidade técnica e econômica da implementação do conceito nZEB, para o uso residencial multifamiliar de interesse social no contexto climático do sul do Brasil, mais especificamente para a zona bioclimática 2 (ZB2).

Justificativa

O crescimento urbano no Brasil, trouxe grandes desafios econômicos, sociais e ambientais, dentre eles, o déficit habitacional, potencializado pela insuficiência de planejamento e investimentos necessários para vencer este obstáculo. Dessa forma, a adoção de medidas de sustentabilidade em empreendimentos habitacionais de interesse social é importante, já que as edificações existentes são em grande parte, ineficientes em muitos aspectos, como o desempenho térmico e energético. Assim, o objetivo deste trabalho é verificar a viabilidade técnica e econômica da implementação do conceito nZEB, para o uso residencial multifamiliar de interesse social no contexto climático do sul do Brasil.

Metodologia

1. Definição dos casos-base;
2. Avaliação do desempenho termo energético
3. Otimização das propriedades térmicas do envelope
3.1. Variáveis e Limites da Análise Multiobjetivo adotada
3.2. Dimensionamento da População para Otimização Multiobjetivo
4. Viabilidade econômica

Indicadores, Metas e Resultados

• Definir o projeto a ser avaliado na condição de caso-base;
• Avaliar o desempenho termo energético do caso-base;
• Determinar as propriedades térmicas do envelope que melhor atendem à obtenção de
uma edificação nZEB, de uso residencial multifamiliar de interesse social na ZB2;
• Quantificar o investimento para a obtenção de uma edificação nZEB, de uso residencial multifamiliar de interesse social na ZB2.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANTONIO CESAR SILVEIRA BAPTISTA DA SILVA10
CAMILA ROSA VAZ
EDUARDO GRALA DA CUNHA6
RODRIGO KARINI LEITZKE

Página gerada em 03/12/2020 23:52:51 (consulta levou 0.100567s)