Nome do Projeto
Painel do Turismo: explorando dados abertos a partir de uma abordagem geográfica
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
23/04/2021 - 23/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
O projeto se propõe a realizar análises exploratórias de bases de dados de acesso aberto com referência ao turismo. Em um primeiro momento serão objeto da pesquisa: os fretamentos ocasionais da ANTT; os financiamentos para Atividades Características do Turismo concedidos pelos BNDES, FNE e Fungetur; a base de CNPJs disponibilizada pela Receita Federal em relação a empresas de turismo; dados do Tribunais de Contas Estaduais sobre orçamentos destinados às pastas de Turismo. Atualmente, à exceção da discussão das políticas nacionais, a literatura científica sobre turismo no Brasil tem estado centrada em estudos de caso. Neste sentido, o estudo de tais bases contribui para a busca da compreensão de um quadro geral da dinâmica do turismo no país e suas diferenças regionais. Ao tratar-se de bases de dados abertos disponibilizadas periodicamente, esses indicadores poderão ser referência em futuros estudos de cunho longitudinal. Apesar do caráter aberto, muitos desses indicadores são desconhecidos dos gestores em Turismo. Assim, um processo de interpretação e difusão dessas informações aliado ao debate com os atores pode auxiliar a uma melhor compreensão das dinâmicas do setor e auxiliar futuras tomadas de decisões pautadas em evidências. Aos serem interpelados os resultados também podem instigar contribuições teóricas em temas como políticas públicas, territorialização e regionalização do turismo. Além disso, a organização dos dados permite estudos investigando escalas mais próximas e comparando diferentes realidades regionais. Afora sua contribuição científica o projeto prevê ações de ensino como a realização de oficinas sobre a análise exploratória de dados abertos e ações de extensão como a realização de um webinário para divulgação dos resultados junto a gestores de turismo, a elaboração de um documento em formato de divulgação científica com explicando como os indicadores analisados podem subsidiar diagnósticos para políticas e planos de turismo.

Objetivo Geral

O objetivo do projeto é investigar bases de dados de acesso aberto com indicadores sobre a dinâmica do Turismo no Brasil.

Justificativa

A disponibilização de bases de dados de acesso aberto é uma tendência. Embora note-se poucos trabalhos sobre turismo no Brasil utilizando essas ricas fontes de informação. Outrossim, a massiva produção de dados possibilitada pelas novas tecnologias da informação e comunicação (TICs) desenham um cenário em que as tomadas de decisão serão cada vez mais 'data driven' exigindo do Bacharel em Turismo competências na manipulação e análise de dados. Este projeto busca iniciar os discentes do curso de Turismo neste tema. O projeto busca também compartilhar os resultados e fomentar discussões com o trade turístico regional, estimulando que utilizem esse tipo de informação como subsídio para suas ações. Neste sentido, trabalha para estreitar relações entre mercado, poder público e academia ao propor um denominador comum que possa orientar seu debate.

Do ponto de vista da produção teórica sobre turismo os resultados permitem traçar um panorama geral sobre as dinâmicas do turismo no país, a partir do que é possível integrar os diferentes estudos de caso que tem sido a tônica da produção atual. Além do que, esses dados prestam-se a análises longitudinais e para comparação com bases de dados semelhantes produzidas em outros países.

Metodologia

Ao partir de bases de dados existentes, este projeto requer uma metodologia distinta do tradicional caminho: problema de pesquisa, elaboração dos instrumentos de coleta de dados, análise dos resultados. Isso porque parte dos dados, para então avaliar suas implicações para a produção teórica. Assim, de modo concomitante a análise de cada base dados terá de ser realizada uma revisão de literatura buscando trabalhos que explicitem os pressupostos teóricos existentes sobre tais temas a fim de contrastar com os resultados obtidos na análise exploratória dos dados abertos. Por exemplo, os fretamentos ocasionais da ANTT dialogam com o novo paradigma das mobilidades e com o papel do setor de intermediação turística. Os financiamentos dos diferentes fundos são um tema com repercussão na produção sobre políticas públicas de turismo e fomentos ao setor.

Em relação a metodologia para as análise das bases de dados serão utilizados: procedimentos de estatística descritiva, como análise da distribuição de frequências, medidas de tendência central e de dispersão dos dados; análise de agrupamentos; testes não paramétricos, Qui-quadrado, Kruskal-Wallis e Spearman; bem como cartografia temática ilustrando a distribuição espacial dos indicadores.

Além da produção científica, o projeto envolve ações de extensão como a discussão do uso de indicadores para diagnósticos locais do turismo e ações de ensino, como oficina de análise exploratória de dados.

Indicadores, Metas e Resultados

- Realizar uma análise exploratória das seguintes bases de dados: fretamentos ocasionais da ANTT; operações de financiamento a Atividades Características do Turismo pelos fundos BNDES, FNE e Fungetur; dados abertos de CNPJ divulgados pela Receita Federal; dados dos Tribunais de Contas Estaduais sobre orçamentos vinculados ao Turismo.
- Submeter ao menos três textos para periódicos científicos na área de Turismo ou correlata;
- Ofertar oficinas para estudantes de Iniciação Científica sobre análise de dados abertos em Turismo;
- Promover webinário para difundir resultados dos indicadores e discutir suas aplicações com atores associados ao turismo no âmbito estadual.
- Publicizar indicadores que subsidiem diagnósticos na construção de políticas e planos de turismo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDYARA LIMA BARBOSA
HELENA DE JESUS ALMEIDA
JULIA FERREIRA SANTOS
MAURICIO RAGAGNIN PIMENTEL4

Página gerada em 02/07/2022 13:43:11 (consulta levou 0.062649s)