Nome do Projeto
Laboratório de Instrumentos Meteorológicos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/01/2021 - 30/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
O presente projeto visa contribuir no desenvolvimento de tecnologia na área de instrumentação e processos usados na observação meteorológica e com isto reduzir os custos, que hoje são extremamente elevados, tendo em vista que a quase totalidade dos equipamentos usados é importada.

Objetivo Geral

O presente projeto visa estudar métodos e processos de medidas meteorológicas em conformidade com
as Normas da Organização Meteorológica Mundial, tendo como meta a ser atingida construção de uma
Estação Meteorológica capaz de fazer o registro. de temperatura, umidade, pressão atmosférica e vento.
Para atingir a meta dois objetivos foram estabelecidos: 1- Estudar rotinas computacionais que permitam
fazer a integração de hardware transformando componentes discretos em um modulo de medida aplicada
ao ensino de Ciências da Terra; 2- Testar e calibrar os protótipos desenvolvidos seguindo as Normas da
Organização Meteorológica Mundial- WMO-Nº 8

Justificativa

A instrumentação meteorológica é uma área importante e de grande carência no Brasil, tendo em vista que a quase totalidade dos equipamentos usados pelos profissionais da meteorologia é importada.
Desenvolver métodos e processos tecnológicos aplicados a observação meteorológica representa uma estratégia de longo prazo para reduzir a dependência externa, situação que na atualidade é muito comum, pois são pouquíssimos profissionais que se dedicam a este campo profissional. A consequência deste
reduzido número de profissionais é que muitos equipamentos meteorológicos ficam longos períodos inoperantes, gerando enormes transtornos tanto na área operacional, com as constantes interrupções na coleta de dados que são diariamente usados nos diversos produtos gerados pela meteorologia, bem como no processo de formação de capital humano onde professores ficam impedidos desenvolver, de forma adequada, as aulas práticas nos diversos centros formação meteorológica existentes no Brasil.
Este projeto de forma experimental e prática visa desenvolver processos e protótipos de instrumentos meteorológicos a partir de módulos como Arduino, testa-los e criar rotinas para a comunicação de dados de forma remota, bem como aplicar o conhecimento adquirido e os produtos inicialmente desenvolvidos no ensino de Ciências da Terra. Na etapa seguinte serão feitos os testes de bancada para que os protótipos sejam aprimorados e levados a condição de um produto acabado que possa ser industrializado no território nacional com um custo menor que os produtos importados, que hoje usados tanto na área de ensino como operacional.

Metodologia

Para a execução do projeto serão usados os equipamentos disponíveis na Faculdade de Meteorologia como termômetros padrão ASTM, barômetro de mercúrio, estações meteorológicas automáticas que servirão como referência para os testes e calibrações. Os módulos do Arduino a serem usados, inicialmente serão avaliados de forma detalhada visando compreender todos as possibilidades de uso e integração destes módulos, visando transforma-los no protótipo de um equipamento destinado a fazer medidas meteorológicas. Uma vez conhecida as potencialidades dos módulos individualmente, será iniciado o processo de integração e desenvolvimento de software para a comunicação dos dados entre sensores e datalogger. Para ter um protótipo de estação meteorológica reduzida, capaz de ser usado tanto no ensino de ciências da terra como na coleta de dados para pesquisa, os testes de calibração serão desenvolvidos a campo, em condições de operação continua, tendo como base os equipamentos mencionados no inicio deste item. Nesta etapa final serão avaliados questões, de manutenção e estabilidade da aferição, robustez e resistência a intempere.

Indicadores, Metas e Resultados

Como resultado final deste projeto, espera-se ter um protótipo de uma estação meteorológica reduzida calibrada que possa ser industrializada por um custo menor do que hoje existe no mercado nacional. Acredita-se também que o projeto irá contribuir para que um número maior dos alunos, se dediquem a área de instrumentação meteorológica e isto gere maiores possibilidades de produção nacional de equipamentos e processos usados meteorologia operacional e no ensino de Ciências da Terra, que hoje na imensa maioria são importados a valores extremamente elevados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ELIANA VELEDA KLERING4
JOAO CARLOS TORRES VIANNA5
MARCELO FELIX ALONSO4
MATEUS DA SILVA TEIXEIRA2
OTAVIO MEDEIROS FEITOSA
VINICIO LIMA SANTOS

Página gerada em 31/07/2021 23:16:58 (consulta levou 0.092461s)