Nome do Projeto
Biologia molecular aplicada ao desenvolvimento de derivados de origem animal
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/01/2021 - 14/01/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
A garantia de qualidade dos produtos de origem animal (POA) é uma das funções do Médico Veterinário. Hoje há uma gama vasta de novas tecnologias aplicadas aos POA, principalmente na área da Biologia Molecular, com técnicas de diagnóstico cada vez mais rápidas e precisas para identificação de problemas de ordens sanitária e tecnológicas. O objetivo deste projeto é mapear os principais problemas de ocorrência em carcaças de animais de abate (suínos, ovinos e bovinos) e, a partir deste mapeamento, sugerir e desenvolver métodos de biologia molecular para ajudar no controle da ocorrência dos mesmos. Para isso, serão, em um primeiro momento, realizados trabalhos a campo, juntamente com análises de dados oficias da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) do Rio Grande do Sul.

Objetivo Geral

Caracterizar a ocorrência dos principais problemas de ordem sanitária e tecnológica em POA no estado do Rio Grande do Sul

Justificativa

É de suma importância o mapeamento dos problemas de maior ocorrência para então sugerir a aplicação de técnicas de biologia molecular que possam proporcionar o desenvolvimento da área, com melhorias aos processor de produção e abate dos animais, o que impactará diretamente na qualidade final dos POA.

Metodologia

Será realizado experimento a campo com a avaliação das condições pré-abate de suínos, em granjas parceiras, durante o transporte e durante o recebimento dos animais no abatedouro, para o mapeamento das principais causas de problemas de ordem tecnológica e sanitária da carcaça, correlacionando-os, assim como seu efeito no produto final, como o presunto, por exemplo.
Também foram disponibilizados os dados oficiais da SEAPDR de abate de ovinos e bovinos em frigoríficos estaduais do Rio Grande do Sul, todos com ocorrência de problemas de ordem sanitária e tecnológica nas carcaças. Estes dados serão analisados, quanto a ocorrência de cada problema, assim como a distribuição destes nas microrregiões do Estado.

Indicadores, Metas e Resultados

Serão considerados como indicadores o número e fator de impacto das publicações científicas e material didático, o número de estudantes orientados na graduação, na residência e na pós-graduação e a captação de recursos de agencias de fomento e empresas parceiras.
Como resultados esperados temos a difusão de conhecimento a cerca dos principais problemas de ordem tecnológica e sanitária em POA entre a comunidade, os discentes e os profissionais veterinários.
Ao final, espera-se ter base científica para se propor projetos na área da biologia molecular para controlar a ocorrência dos problemas a serem mapeados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BIBIANA RODRIGUES DE FREITAS
EVERTON FAGONDE DA SILVA1
JOAO RODRIGO GIL DE LOS SANTOS1
KAUÊ RODRIGUEZ MARTINS
LAIS GOULART RIBEIRO
PAULA FURTADO GAZALLE
PAULA LOURECI CEOLIN
RODRIGO CASQUERO CUNHA1
SUÉLEN MARIA SCHMALZ PRETTO

Página gerada em 04/12/2022 02:32:48 (consulta levou 0.082890s)