Nome do Projeto
Formação e qualificação de recursos humanos em medicina veterinária para atuação na clínica e reabilitação de animais silvestres
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
15/02/2021 - 01/02/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Meio ambiente
Linha de Extensão
Saúde Animal
Resumo
O projeto “Formação e qualificação de recursos humanos em Medicina Veterinária para atuação na clínica e reabilitação de animais Silvestres no NURFS-CETAS/UFPEL” é considerado de extrema relevância para comunidade, devido a crescente preocupação pública em relação à situação crítica de algumas espécies ameaçadas de extinção. Além disso, as atividades na área de Medicina Veterinária desenvolvidas pelo NURFS/CETAS, são consideradas essenciais para a região Sul do RS. Esse projeto busca o envolvimento na formação de recursos humanos da graduação em Medicina Veterinária, Residência Médica Veterinária e Pós-Graduação à nível de mestrado.

Objetivo Geral

Formar recursos humanos para atuação junto as demandas decorrentes dos processos de recepção, identificação, tratamento, manutenção, manejo, reabilitação, enriquecimento ambiental e nutricional, clínica, patologia clínica, diagnóstico por imagem, cirurgia, anestesiologia, terapêutica, necropsia, hospitalização, cuidados intensivos em animais adultos, pediátricos e neonatos, necropsia e destinação de animais exóticos e pertencentes a fauna silvestre brasileira sob cuidados do NURFS-CETAS/UFPEL.

Justificativa

As atividades de manejo, cuidados clínicos, manutenção e reabilitação desempenhadas pelo grupo de médicos veterinários e graduandos em veterinária que atuam no NURFS/CETAS são essenciais para a região Sul do Estado do Rio Grande do Sul, por ser o único local apto a receber animais oriundos da fauna brasileira. No ano de 2020, foram recebidos 2.013 animais silvestres que são encontrados feridos, órfãos ou apreendidos pelos órgãos de fiscalização ambiental na Região Sul, tendo em vista essa demanda foi criado o projeto de formação continuada "Ensino direcionado a qualificação específica na graduação e pós-graduação de recursos humanos para atuação no manejo e cuidados à saúde e bem-estar de animais pertencentes à fauna silvestre brasileira" são mantidos na presente proposta. A execução desse projeto se justifica em virtude das considerações a seguir: 1) Reestruturação curricular e abertura de novas atividades complementares, curriculares obrigatórias e estágio profissional para a integralização curricular no Curso de Graduação e Pós-Graduação em Medicina Veterinária; 2) Ampliação da área de ensino, pesquisa, extensão e de estágios curriculares obrigatórios, facultativos ou profissionais para os Cursos de Graduação e Pós-Graduação da UFPEL; 3) Necessidade de recursos humanos para o atendimento especializado exercido por Médicos Veterinários nas atividades exercidas pelo NURFS - CETAS/UFPEL; 4) Preparação de infraestruturas, recursos humanos e demais aspectos concernentes a oferta de cursos, disciplinas, estágios que visem a formação, reciclagem e aperfeiçoamento de recursos humanos para atuar na área de cuidados a animais silvestres.

Metodologia

Anualmente, o NURFS - CETAS/UFPEL oferecerá através de edital atividades de ensino para formação de recursos humanos na área de nutrição, manejo, reabilitação, enriquecimento ambiental e nutricional, clínica, patologia clínica, diagnóstico por imagem, cirurgia, anestesiologia, terapêutica, necropsia, hospitalização, cuidados intensivos em animais adultos, pediátricos e neonatos e/ou destinação de animais silvestres pertencentes a fauna silvestre brasileira para estudantes dos cursos de Medicina Veterinária da UFPEL. Estas atividades terão prazo de duração anual, sendo orientados por profissionais Médicos Veterinários que atuam direta ou indiretamente no NURFS-CETAS/UFPEL.
A modalidade de seleção estará prevista no edital que será publicado sempre no início das atividades do NURFS - CETAS/UFPEL que poderão coincidir com o calendário escolar da UFPEL, mas, terão duração anual, pois, estes Órgãos funcionam o ano todos, de forma ininterrupta, em horários de expediente regular da UFPEL. Aos estagiários serão exigidas frequência e bom desempenho escolar, enquanto, membros da equipe de discentes em formação no NURFS-CETAS/UFPEL.
O processo de ensino aprendizagem será exercido através de aulas expositivas, apresentação de seminários (artigos científicos e casos clínicos da rotina) e atividades práticas, em um mínimo de oito (8) e máximo de vinte (20) horas semanais que o estagiário deverá desempenhar sob supervisão do profissional da área competente, ficando o controle da frequência sob responsabilidade do supervisor que verificará os registros realizados pelo estagiário diariamente.
Os candidatos selecionados, além de receber instruções e formação para as atividades inerentes ao seu futuro exercício profissional, poderão, quando autorizados pela administração do NURFS e CETAS/UFPEL elaborar documentos técnicos e publicações para divulgar as atividades realizadas com a finalidade de construir seu currículo pessoal e fomentar a produção científica no Brasil. Em tal situação, ou similares, o produto gerado deverá ser identificado como realizado nas dependências do NURFS-CETAS/UFPEL sob orientação e supervisão de profissional destes órgãos.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se oportunizar aos graduandos e pós-graduandos em Medicina Veterinária atuação do NURFS-CETAS/UFPEL e que ao final do ano letivo os discentes sejam capazes de atuar como mão de obra qualificada para as ações de bem-estar, manejo, clínica, recepção, destinação e similares no que se refere a fauna silvestre brasileira e/ou animais exóticos.
Outra meta a ser atingida é continuidade desse processo de ensino e de aprendizagem através da sua multiplicação pelos estagiários formados. Dessa forma espera-se uma maior divulgação dos conhecimentos adquiridos a colegas discentes e profissionais da área e, despertar outros candidatos a essa formação e mesmo dar continuidade a mesma.
Ao final do ano letivo também é esperado que os acadêmicos tenham contribuído de forma significativa com o andamento das ações do NURFS-CETAS/UFPEL e possam aportar novas ideias que qualifiquem ainda mais as ações já desenvolvidas pelo NURFS-CETAS/UFPEL visando a melhoria das ações relacionadas ao bem-estar dos animais sob guarda do NURFS-CETAS/UFPEL.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA ANDERSSON PEREIRA STARK
CRISIELE JUNGES RAMGRAB
EDUARDA ALÉXIA NUNES LOUZADA DIAS CAVALCANTI
INGRID ALVES AZARIAS
JENNY PAOLA HIDALGO MARTINEZ
LILIAN KARNOPP
Mayana Lima Sá
PAULO MOTA BANDARRA8
RAQUELI TERESINHA FRANCA8

Página gerada em 16/10/2021 11:26:36 (consulta levou 0.098495s)