Nome do Projeto
Desenvolvimento de modelo de cálculo e de indicador de custos de produção de leite para a região de Pelotas no Rio Grande do Sul
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/06/2021 - 31/05/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
O objetivo deste projeto de pesquisa é calcular, acompanhar e divulgar o custo de produção de leite bovino na microrregião de Pelotas RS. O leite, como a maior parte das commodities agrícolas, tem seu preço dado pelas forças de mercados caracterizados por estruturas que se aproximam da concorrência perfeita. Assim, como o produtor não tem interferência significativa sobre o preço que recebe pelo produto, cabe a ele gerenciar o seu custo de produção. Todavia, conhecer o real custo não é tarefa trivial, em especial em segmentos compostos por pequenos produtores, que não têm acesso à informação ou que desconhecem a composição de sua estrutura de custos. Muito embora a participação do Rio Grande do Sul na produção brasileira venha aumentando desde o ano de 2007, a produção da microrregião de Pelotas – composta por 10 municípios produtores – vem caindo de forma quase que constante desde o ano de 1997. A produção de leite é uma das atividades pecuárias ainda promissoras para pequenos e médios produtores, uma vez que ainda é relativamente intensiva no uso do fator trabalho (mão de obra). Conhecer o custo de produção é importante para se saber o desempenho técnico e econômico da atividade; ele é capaz de sinalizar para o uso mais racional de tecnologia; e é fundamental para se definir a quantidade ótima que deveria ser produzida nas diferentes condições de mercado.

Objetivo Geral

Desenvolver modelo de cálculo de custo de produção do leite e disponibilizar o modelo desenvolvido para extensionistas e pecuaristas, inclusive por plataforma eletrônica e mídias sociais, específicas para esse fim.

Justificativa

A produção leiteira da microrregião de Pelotas – composta por 10 municípios produtores – vem caindo de forma quase que constante desde o ano de 1997. A produção de leite é uma das atividades pecuárias ainda promissoras para pequenos e médios produtores, uma vez que ainda é relativamente intensiva no uso do fator trabalho (mão de obra). Conhecer o custo de produção é importante para se saber o desempenho técnico e econômico da atividade; ele é capaz de sinalizar para o uso mais racional de tecnologia; e é fundamental para se definir a quantidade ótima que deveria ser produzida nas diferentes condições de mercado.

Metodologia

Revisão de literatura técnica e científica sobre a produção de leite na região de interesse; e revisão de literatura sobre a Teoria Econômica da Produção (em especial a Teoria dos Custos), da Teoria da Contabilidade de Custos e da Teoria Geral da Administração;
Levantamento e compilação de estatísticas disponíveis sobre: a evolução da produção na região e seus municípios (PPM/IBGE), do número de propriedades e de pessoas envolvidas na atividade leiteira (Censos do IBGE), da evolução dos preços relativos pagos pelos produtores de leite, da existência de cooperativas de produtores e de laticínios que compram na região;
Realização de estudos de caso em propriedades representativas da região, com o objetivo de elaborar a estrutura do modelo de cálculo de custos, que servirá de base para coleta de dados a campo;
Elaboração do modelo de cálculo de custo, em formato de planilha eletrônica, com os dados representativos de cada uma das localidades definidas.
Mapear empresas fornecedoras de insumos e bens de capital, bem como os produtores que serão os informantes do projeto de acompanhamento dos indicadores;
Realizar levantamento sistemático e mensal dos preços dos fatores de produção, que atualizarão as planilhas de custo para o cálculo dos indicadores, que servirão para mostrar a evolução dos custos da atividade ao longo do tempo;
Criar e publicar mensalmente um informativo eletrônico que trará a evolução dos indicadores de custo e as explicações para as razões das variações nos custos de produção de cada uma das regiões;
Disponibilizar, especialmente pela internet (e-mail, website e WhatsApp), os modelos de cálculo (as planilhas) que poderão ser utilizados pelos técnicos e produtores para cálculo dos custos de suas atividades.
Mapeamento e georreferenciamento das propriedades rurais acompanhadas.
Criação de plataforma eletrônica para divulgação dos custos regionais.

Indicadores, Metas e Resultados

Metas: i) Definição de modelo de custos; ii) Criação de plataforma eletrônica para divulgação dos custos regionais (número de localidades acompanhadas); iii) Mapeamento e georreferenciamento das propriedades rurais (número de propriedades assistidas).

Os resultados esperados são: i) melhorar a gestão das propriedades produtoras de leite na região e, com isso, melhorar seu desempenho econômico; ii) melhorar a transparência em negociações reduzindo a assimetria de informações entre produtores e laticínios; e iii) melhorar a competitividade da atividade de produção leiteira na região, de modo que ela recupere sua participação na produção estadual e nacional.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AUGUSTO HAUBER GAMEIRO
Carmo Gabriel da Silva Filho
DIEGO FERNANDES FIGUEIREDO
FABRÍCIO EINHARDT RIEMER
LETICIA MENDES DA COSTA
MARCELO FERNANDES PACHECO DIAS1
MARIO DUARTE CANEVER2

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
UFPel / Universidade Federal de PelotasR$ 36.000,00UGR
Gismaps / GismapsR$ 12.100,00UGR

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339018 - Auxílio Financeiro a EstudantesR$ 36.000,00
339040 - Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação Pessoa JurídicaR$ 12.100,00

Página gerada em 22/09/2021 02:51:39 (consulta levou 0.285666s)