Nome do Projeto
Assistência de Enfermagem ao idoso da Vila Municipal
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
15/04/2021 - 31/12/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Saúde
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
Trata-se do acompanhamento de um grupo de idosos que ocorre na Unidade Básica de Saúde da Vila Municipal em parceria com a Associação Beneficente Luterana de Pelotas, embora a expectativa inicial seja de atender a demanda da Vila Santos Dumont, é um grupo que se propõe a estar aberto para idosos de outros locais, que sejam identificados a partir de atendimento no Posto de Saúde, ou indicados por idosos vinculados ao grupo de convivência. Este projeto visa o desenvolvimento de ações de educação em saúde com enfoque no envelhecimento ativo, o desenvolvimento do cuidado multidimensional ao idoso, a busca pela autonomia e integração social. Além de representar um espaço de apoio e troca de afetos, resgatando o valor a vida e a importância do idoso enquanto um ser de direitos.

Objetivo Geral

Desenvolver uma forma de atuar no contexto da saúde do idoso, na perspectiva do envelhecimento ativo e do cuidado multidimensional, investindo em ações de promoção da saúde, socialização, inclusão social, geração de renda, autocuidado e qualidade de vida.

Objetivos Específicos:

- Desenvolver atividades que contribuam para o processo do envelhecimento ativo e saudável, estimulando a autonomia, e a sociabilidade, no do fortalecimento de vínculos familiares e do convívio comunitário na prevenção de situação de risco social;
- Ajudar o idoso a compreender o processo de envelhecer, a exprimir seus sentimentos e comunicar suas necessidades, valorizando e desenvolvendo suas potencialidades para um viver mais saudável;
- Promover a inserção social, resgatando a valorização da auto-estima e valor da vida;
- Desenvolver atividades culturais, sociais, lúdicas e laborativas ao idoso, visando proporcionar um meio de desenvolvimento social, perceptual, emocional e criador, sendo, ainda, fonte prazerosa de lazer e bem-estar;
- Priorizar a assistência médica e da enfermagem ao idoso que frequenta ao grupo, objetivando a manutenção e a qualidade da vida deste cidadão;
- Reconhecer as principais necessidades individuais e coletivas dos idosos e suas famílias;
- Realizar atividades ao e com o idoso, visando a atenção saúde através do desenvolvimento de ações educativas e o estimule a um viver saudável;
- Realizar consulta de enfermagem com avaliação das necessidades individuais com vista a da pressão sanguínea e da glicemia dos idosos do grupo Semente da Amizade, visando promoção e manutenção da saúde.

Justificativa

A atuação frente ao envelhecimento ativo através de um grupo de idosos- Grupo Semente da Amizade- é desenvolvida pela ABELUPE- ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUTERANA DE PELOTAS, com a participação e a coordenação de Professoras da Faculdade de Enfermagem da UFPel, e de uma Assistente Social vinculada a ABELUPE. Destaca-se que essa a parceria da ABELUPE e UFPel na atuação com este grupo de idosos ocorre desde 1989. Esta parceria ocorre de forma ininterrupta na promoção á saúde dos idosos a mais de 30 anos e mantem idosas assíduas a mais de vinte anos, com inclusões anuais de novas participantes. Este projeto é o mais antigo em funcionamento na Faculdade de Enfermagem, o que nos confere credibilidade junto a comunidade atendida e no cenário acadêmico como um projeto consolidado de promoção a saúde na perspectiva do envelhecimento ativo e saudável. A experiência tem nos mostrado que a vivência junto ao idoso amplia nossa visão sobre esta faixa etária, como também, nossa reflexão
sobre a qualidade do envelhecimento e a práxis do fazer profissional. À medida que, se observa através dos encontros semanais e, também, dos atendimentos individualizados que é possível aos idosos a presença de uma vida ativa, mantendo autonomia, independência, interação e integração na sociedade, preservando, desta forma, a esperança e o desejo de viver com dignidade, usufruindo os direitos de ser cidadão.
Por toda essa argumentação diante do exposto consideramos que o projeto vai ao encontro das necessidades do grupo. Além disto, a diversidade de atividades propostas neste projeto para os idosos promove saúde física e mental e previne doenças.

Metodologia

Esta proposta já esta sendo operacionalizada há 31 anos, desde outubro 1989 anos, por meio de reuniões sistemáticas as terças-feiras, caracterizando grupo de convivência, como também, quando necessário atendimento individualizado.
Os idosos que participam do grupo chamado “Semente da Amizade”, são em torno de 30 idosos. A dinâmica de atuação frente ao grupo tem como princípios os objetivos preestabelecidos na proposta.
Nas reuniões realizadas uma vez por semana desenvolvem-se atividades laborativas como pintura em tecido; cestaria; trabalhos com lã; crochê; pintura em telas; pintura em vidros, entre outros.
Os processos lúdicos e recreativos acontecem associados às atividades laborativas e são desenvolvidos através de diferentes dinâmicas em grupo como: música; técnica de relaxamento; dinâmicas interativas.
As datas comemorativas municipais e nacionais são, também momentos de reflexão e de um direcionamento de atividades artesanais específicas.
Há uma preocupação com os valores culturais que mobilizam as coordenadoras a reconhecer as diferenças individuais e familiares de cada sujeito envolvido na proposta, de maneira que cada idoso é atendido acordo com suas necessidades individuais. Acrescido a isso, sempre que possível, para estimular a interação social ocorrem visitas e passeios em museus, parques, espaços rurais, estimulando a participação em de eventos culturais gratuitos, como ex.música ao entardecer, passeio na praia, rodas de leitura, ensaio de cantos, passeio no Museu da Baronesa, rota da colônia, entre outras atividades.
Incentivamos a integração com outros grupos de idosos, é incentivada pelos coordenadores buscando a valorização pessoal como, também, o reconhecimento da existência das singularidades de outros grupos.
Outra questão estimulada é a geração de renda, com a troca de saberes no desenvolvimento de trabalhos manuais que muitas vezes revertem em renda para o grupo ou para as próprias idosas.
No grupo se desenvolvem ações de educação em saúde de forma coletiva com vistas ao envelhecimento ativo e saudável através de palestras e rodas de conversa.
Neste cenário de atenção são realizadas visitas domiciliares pela equipe de saúde a partir da avaliação multidimensional dos idosos.
Encaminhamento e acompanhamento dos idosos nas consultas realizadas no posto.
São desenvolvidas ações de auto cuidado e valorização do idoso enquanto ser de direitos.
Estimulo as relações intergeracionais com ações junto as crianças da EMEI Bom Pastor.
Confraternização semanal com através de um chá integrativo, como também nas datas comemorativas e, nas datas de aniversário das idosas.
Em busca do resgatar auto-estima e valorização da vida, anualmente é realizado no verão passeio a cidade vizinha, de São Lourenço dom Sul, ou a Colônia de Pelotas com a finalidade social e de lazer sendo que quando o planejamento, a organização e a execução são e realizados pelos idosos grupo juntamente
com a coordenação do grupo Semente da Amizade.
Nas reuniões semanais sempre se abre espaço para os familiares dos idosos, tanto para visita a reunião como para participar como ouvinte. Destaca-se que os idosos podem levar netos, quando estes ficcam sob a sua responsabilidade, no dia de reunião, pois partimos do entendimento de que o idoso é um ser social e que exerce diferentes papeis na família e comunidade.
Desenvolvem-se ainda atividades de sensibilização sobre a importância da valorização do idoso e da promoção do envelhecimento ativo e saudável.
A fim de expor o trabalho desenvolvido pelo grupo e de fortalecer o vinculo entre a comunidade e a Universidade, se realiza uma feira anual do grupo no espaço da Universidade.
A partir de um cenário de pandemia em que ainda não é possível a interação social presencial se propôs a criação do grupo de WhatsApp, um grupo virtual em que as idosas interagem entre si e com a equipe do projeto, neste são enviados materiais informativos, vídeos com atividades de auto cuidado frente a pandemia. São compartilhados os trabalhos manuais realizados de forma individual e, ainda este espaço virtual se configura como um espaço de apoio e afeto para auxiliar no enfrentamento da pandemia e do distanciamento social.
São realizados ainda o registro das atividades do grupo de forma semanal, e anual.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se com esta proposta continuar oportunizando a continuidade da participação dos idosos no grupo de convivência. Espaço este que valoriza o idoso enquanto ser de direitos fundamentais inerente a pessoa humana, como oportunidade e a facilidade, para promoção e preservação da saúde física e mental, como também acesso educacional, intelectual, social, moral e o direito a liberdade.
Por conseguinte, existe a necessidade encontrar maneiras de garantir esses direitos para qualificar vida a esses anos que precisam serem vividos com dignidade.
Este projeto se configura como uma estratégia que coloca o idoso como coadjuvante no processo de promoção e bem-estar de sua vida, visando a prática real dos conceitos de promoção da saúde, dentro de um ambiente saudável e seguro, meta que hoje é um grande desafio para os profissionais de saúde que se preocupam com esta problemática.
Entende-se que esta forma de atuação com os idosos é uma possibilidade de favorecer a melhoria da qualidade de vida desta população. Além disto, oferece aos profissionais de enfermagem, acadêmicos e voluntários, que desenvolvem ações de atenção ao idoso do grupo Semente da Amizade, a oportunidade de ampliar conhecimentos e construir novas formas de saber-fazer na perspectiva multidimensional e holística, rompendo com os padrões tracionais de atenção a saúde do idoso.
Nesta proposta o foco esta centrado no idoso, e como tal devem ser vistos e assistidos, na sua totalidade e singularidade como ser no mundo.
Assim, partindo desta experiência observa-se a importância de criar espaços com novas alternativas de atendimento ao idoso, na busca de auxiliá-los nas suas necessidades, valorizando suas potencialidades, no que fizeram e, também, no que podem realizar.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DE LEON LINCK4
LARISSA BIERHALS
LENICE DE CASTRO MUNIZ DE QUADROS2
MICHELE CRISTIENE NACHTIGALL BARBOZA2

Página gerada em 17/09/2021 01:45:31 (consulta levou 0.400197s)