Nome do Projeto
A UFPel e a Agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) - Semeando um mundo melhor
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/08/2021 - 01/08/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Educação
Linha de Extensão
Desenvolvimento regional
Resumo
O presente projeto visa verificar o conhecimento da agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS 2015-2030, em 10 (dez) municípios gaúchos (Caxias do Sul, Passo Fundo Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Rio Grande, Jaguarão, Santa do Livramento, São Borja e Uruguaiana), bem como no Governo Estadual do Rio Grande do Sul e suas possíveis iniciativas vinculadas aos ODS. A escolha desses municípios dar-se-á pela importância política, econômica, geográfica e estratégica para o RS, além de representar diferentes regiões do Estado, bem como para a região Sul, para o Brasil e para as relações internacionais do país, por enquadrar cidades localizadas em região de fronteira.

Objetivo Geral

Verificar como a Agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS vem sendo implementada ou não no Governo Estadual do RS e em 10 (dez) municípios gaúchos (Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Rio Grande, Jaguarão, Santa do Livramento, São Borja e Uruguaiana), bem como estimular que a UFPel seja um agente que contribua para o planejamento e para a capacitação dos atores locais direcionados para o desenvolvimento sustentável.

Justificativa

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.
Nesta agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.
Os temas podem ser divididos em quatro dimensões principais:
Social: relacionada às necessidades humanas, de saúde, educação, melhoria da qualidade de vida e justiça.
Ambiental: trata da preservação e conservação do meio ambiente, com ações que vão da reversão do desmatamento, proteção das florestas e da biodiversidade, combate à desertificação, uso sustentável dos oceanos e recursos marinhos até a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas.
Econômica: aborda o uso e o esgotamento dos recursos naturais, a produção de resíduos, o consumo de energia, entre outros.
Institucional: diz respeito às capacidades de colocar em prática os ODS.
Os ODS foram construídos em um processo de negociação mundial, que teve início em 2013 e contou com a participação do governo do Brasil em suas discussões e definições a respeito desta agenda. O país tendo se posicionado de forma firme em favor de contemplar a erradicação da pobreza como prioridade entre as iniciativas voltadas ao desenvolvimento sustentável.
Diante do exposto, é importante saber como essa ação internacional está sendo implementada ou não nos municípios selecionados e no governo estadual do RS.

Metodologia

A metodologia do projeto seguirá as seguintes fases:
1) Elaboração de questionário sobre ODS; 2) Aplicação dos questionários e entrevistas junto aos atores da gestão estadual do RS e municipal e das cidades escolhidas;3) Reuniões de organização e planejamento com os alunos colaboradores do projeto; 4) Levantamento das possíveis ações vinculadas com os ODS; 5) Formação de um banco de dados sobre ações dos ODS no Estado do Rio Grande do Sul e das cidades escolhidas; 6) Capacitação aos atores estaduais e municipais sobre as temáticas dos ODS.

Indicadores, Metas e Resultados

Resultados esperados:
- Mapeamento das carências do Estado do RS e dos 10 municípios sobre os ODS;
- Aumento da conscientização dos atores públicos (estaduais e municipais) sobre a importância das ODS;
- Fortalecimento de iniciativas vinculadas com os ODS;
- Criação de uma rede de apoio aos ODS no RS.
-
Os indicadores do projeto são:
a) Número de projetos realizados ou em execução coadunados com as temáticas dos ODS;
b) Numero de atores públicos capacitados.
c) Número de questionários respondidos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA HELENA GEREVINI AVILA
ANTONIELI MEDEIROS DE SOUZA PIRES
BRUNA TOLFO DE AZEVEDO
BRUNO RICARDO VIANA SADECK DOS SANTOS12
CAIO FERNANDO DA SILVA
CAIO MENEZES DOS SANTOS
GUSTAVO FERREIRA FELISBERTO
MAISA DE BORBA CANDATEN
SABRINA DE MATOS BARCELOS

Página gerada em 09/08/2022 16:53:19 (consulta levou 0.072365s)