Nome do Projeto
Ergonomia: vulnerabilidades e potencialidades no contexto do ambiente, cotidiano e subjetividade
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/06/2021 - 30/07/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Resumo
A Ergonomia se constitui em um importante campo de pesquisa, que amplo impacto tanto em termos de eficiência no campo do desempenho dos negócios, do desenvolvimento de produtos e, virtualmente, presente em todas as situações onde há a presença do ser humano interagindo com os elementos de seu ambiente. No tocante às interações envolvendo os fatores humanos as possibilidades são diversas, variando desde a interação com processos carregados de subjetividade até os casos onde essas interfaces são extremamente inflexíveis e mecanizadas. Em todas essas esferas há ainda lacunas de pesquisa passíveis de investigação. Uma lacuna de pesquisa particularmente importante refere-se aos desafios envolvendo vulnerabilidades e potencialidades no âmbito do cotidiano dos trabalhadores como um todo. De um modo geral, é possível afirmar que as pesquisa no campo da Ergonomia dedicam-se mais frequentemente às questões intramuros nas empresas. Contudo, pode haver uma grande parcela de elementos extramuros que impactam fortemente a condição do trabalhador e que ficam ocultadas nas pesquisas em Ergonomia. Vista por esta ótica este campo da ciência adquire contornos do que se convencionou denominar Macroergonomia. Sendo assim, uma pesquisa que busque cobrir tal lacuna pode contribuir fortemente no desenvolvimento da Ergonomia enquanto ciência. Não obstante, a pesquisa em tela colabora também para o papel institucional da Universidade, aproximando suas ações científicas de temas emergentes na comunidade que ela se insere. Por fim, ao abranger a macroergonomia como um tema de pesquisa, é possível vislumbrar a oportunidade de produção acadêmica e científica em ações com interesses de alcance global.

Objetivo Geral

Investigar quais as vulnerabilidades e potencialidades emergentes no contexto do ambiente, cotidiano e subjetividade dos trabalhadores sob o viés da Macroergonomia.

Justificativa

O presente projeto se justifica por diversos motivos, dentre os quais alguns merecem consideração. A Ergonomia, apesar de sua importância e emergência enquanto campo de pesquisa, sobretudo no Brasil, ainda possui uma importante lacuna no que se refere às pesquisas que considerem a condição do trabalhador em nível mais amplo, para além das investigações típicas dedicadas, por exemplo, a aspectos como posturas, interações entre humano e máquina, ou ambientes físicos laborais. Em um contexto mais abrangente, a chamada Macroergonomia expande compreensão do trabalho enquanto objeto de estudo, considerando também elementos do cotidiano e da subjetividade dos trabalhadores. Dessa forma, a compreensão e análise dos elementos que envolvem a rotina ocupacional oferecem oportunidade de resultados mais efetivos. Para além do exposto, é importante citar aqui que a Macroergonomia, enquanto tema de pesquisa, permite que a pesquisa se direcione diretamente para assuntos de interesse social regional sem perder de vista conteúdos emergentes em nível global, como é o caso, por exemplo, dos adoecimentos ocupacionais, dos absenteísmos, das relações de trabalho, entre outros. Por fim, e não menos importante, o tema da presente pesquisa possui forte aderência com os ramos das Engenharias que envolvem a presença do fator humano no âmbito do projeto e execução de soluções.

Metodologia

O projeto se desenvolverá basicamente por meio de ações de pesquisa, as quais estarão contempladas em Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e em projetos de Mestrado, todos sob orientação do coordenador do projeto. Os locais escolhidos como objeto de estudo e os ramos da Macroergonomia serão qualificados dentro de cada ação, não perdendo o foco no tema e objeto central do projeto, que envolve as vulnerabilidades e potencialidades no contexto do ambiente, cotidiano e subjetividade. As ações utilizarão de abordagem qualitativa e quantitativa e, no tocante aos objetivos, as ações pesquisa poderão se classificar como descritivas ou exploratórias. Todas as ações no presente projeto apresentarão características de pesquisa aplicada.

Indicadores, Metas e Resultados

Os principais indicadores de referência no projeto consistirão na produção acadêmica decorrente de cada ação. Como metas, para além da consolidação de um aporte teórico e prático no âmbito da Macroergonomia, está previsto a produção de 3 artigos científicos em cada ação que envolva projetos de dissertação e dois artigos científicos no caso de cada ação que envolva TCCs. O principal resultado esperado consiste na consolidação da linha de pesquisa em Ergonomia, através da formação de pesquisadores, produção de conteúdos úteis à comunidade e da disseminação de produção científica na grande área de Engenharias.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CORINTHA DA TRINDADE DIAS NETA
ERCILIA DA ROSA TOLFO
JEREMIAS ASAF DOS SANTOS BASSO
LUIS ANTONIO DOS SANTOS FRANZ3
RAFAEL HOFSTATTER AZAMBUJA

Página gerada em 30/06/2022 16:21:15 (consulta levou 0.069237s)