Nome do Projeto
PRESSÃO DOS STAKEHOLDERS, REPUTAÇÃO E COMPLIANCE NA SELEÇÃO DE UM FORNECEDOR SOCIALMENTE RESPONSÁVEL: UM ESTUDO EXPERIMENTAL COM GESTORES DO BRASIL E DO REINO UNIDO
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
12/07/2021 - 12/09/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
Em um contexto de centralidade da sustentabilidade, a temática das compras socialmente sustentáveis merece destaque, seja pela contribuição social quando relacionada ao desenvolvimento local e regional, contribuindo para a redução da desigualdade social, ou ainda pelo aumento da competitividade em mercados sensíveis à questão sustentável. Diante disso, a pressão dos stakeholders, o compliance e a reputação são temáticas envoltas as relações comprador-fornecedor. Nesse sentido, esta pesquisa tem como objetivo identificar se a pressão dos stakeholders, compliance e reputação afetam a seleção de um fornecedor socialmente responsável (SFSR). Para isso, propõe-se a realização de um estudo quantitativo-descritivo e design experimental com gestores do Brasil e do Reino Unido, que se utilizará da vinheta para simular uma situação real. A partir da manipulação das variáveis independentes espera-se identificar se a pressão dos stakeholders, compliance e a reputação do fornecedor afetam a SFSR. Como principais resultados espera-se contribuir diretamente para o avanço teórico no campo dos estudos sobre a SFSR e as cadeias de suprimentos socialmente responsáveis; além de identificar se há diferença entre o comportamento do gestor do Brasil e do Reino Unido. Indiretamente, esta proposta visa estimular empresas a implementarem compras socialmente responsáveis e se engajarem no desenvolvimento de cadeias de suprimentos socialmente responsáveis; conscientizar o cenário público sobre a relevância de implementar políticas públicas de fomento ao desenvolvimento de compras socialmente responsáveis e de cadeias de suprimentos socialmente responsáveis; e, alertar as organizações que essas práticas podem contribuir para a sua competitividade.

Objetivo Geral

Esta pesquisa tem como objetivo identificar se a pressão dos stakeholders, compliance e reputação afetam a seleção de um fornecedor socialmente responsável (SFSR).

Justificativa

e) Relevância e Impacto do Projeto para o Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação
Este projeto busca superar basicamente dois desafios científicos. O primeiro está relacionado à sustentabilidade e a cadeia de suprimentos socialmente responsável (CSSR). A CSSR apresenta uma literatura recente, uma vez que os estudos nesta área têm crescido consideravelmente desde 2010, mas o aumento tem se dado na amplitude das áreas investigadas constituindo-se de muitos artigos conceituais e de revisões, mas as pesquisas em profundidade ainda são incipientes (Tang, 2018; Sodhi & Tang, 2018). Mais especificamente, este projeto busca contribuir para um dos importantes tópicos da CSSR, que é a seleção de fornecedores socialmente responsáveis.
Adicionalmente, mas não menos importante, superar a barreira dos poucos estudos que abordam a dimensão social da sustentabilidade. Embora o tema sustentabilidade já tenha sido amplamente divulgado nos aspectos ambientais e econômicos, e estes já sejam dimensões bem estabelecidas, ainda há necessidade de avanços quando o aspecto a ser analisado é a sustentabilidade social (Tang, 2018). Seuring e Müller (2008) constataram que CSSR era uma área nascente na gestão de operações. Mesmo que tenha se passado alguns anos a dimensão social é carente no que tange as agendas acadêmicas e corporativas (Meehan & Bryde, 2014; Yamar & Seuring, 2017; Tang, 2018; Shafiq, Ahmed, & Mahmoodi, 2020).
Nesse sentido, tem-se um vasto campo de atuação a ser explorado tanto teórico quanto empírico, o qual perpassa pela conscientização de organizações e comunidades em geral com relação ao seu papel social e sobre a implementação de práticas socialmente responsáveis às quais podem beneficiar todos os atores envolvidos ao longo da cadeia, principalmente no que tange a relação com países emergentes (Sodhi & Tang, 2014; Yamar & Seuring, 2017). Os resultados relacionados a esse tipo de ação os quais envolvem a criação de valor para produtores e distribuidores, os valores econômicos e sociais da tecnologia da informação e da inovação, além das normas éticas da cadeia de suprimentos socialmente responsável são aspectos que devem ser considerados pelos futuros estudos (Tang, 2018).
A relação comprador-fornecedor está inserida nesse processo, uma vez que é fundamental nesses processos desenvolver fornecedores alinhados aos princípios da responsabilidade social corporativa, os quais contribuam com uma política social e inclusiva, respeitem e priorizem as relações com empresas menos favorecidas buscando contribuir para o seu desenvolvimento econômico e social, assim prevalecendo à relação do tipo ganha-ganha (Sodhi & Tang, 2014; Tang, 2018). Diante disso, a intenção das organizações em implementarem compras socialmente responsáveis é relevante para o desempenho das empresas, uma vez que a gestão de questões sociais é uma forma potencial de reduzir os riscos (Klassen & Vereecke, 2012) e melhorar o desempenho de compradores e fornecedores dentro da cadeia de suprimentos (Hoejmose, Brammer, & Millington, 2013).
Para isso busca-se verificar se três variáveis chaves, pressão dos stakeholders, compliance e a reputação afetam a decisão do comprador em selecionar um fornecedor socialmente responsável. Essas variáveis são relevantes porque seus elementos de alguma forma se apresentam na relação comprador-fornecedor. A pressão dos stakeholders por atuar e influenciar o fornecedor por meio de diversas ações para que este implemente e atue de forma socialmente responsável. Neste âmbito, podemos citar compradores organizacionais, consumidor final, linhas de crédito de instituições financeiras e órgãos de fomento, além de incentivos fiscais, todos esses pressionando a empresa para que atue de forma socialmente responsável.
Por outro lado, temos o compliance, uma empresa que apresente um programa de compliance ativo e bem estruturado conseguirá reduzir as fraudes nos processos, e poderá identificar na sua cadeia de suprimentos problemas relacionados ao trabalho infantil, exploração de trabalhadores, más condições de trabalho, bem como rastrear a procedência da matéria-prima. Infelizmente, problemas relacionados às más condições de trabalho e exploração de trabalhadores se apresentam com muita frequência na cadeia têxtil mundial. E, temos a reputação, a qual reflete a imagem da empresa, bem como as práticas realizadas por ela. É sabido que quando a empresa está adotando princípios socialmente responsáveis, a associação entre empresas na cadeia de suprimentos pode melhorar ou prejudicar a reputação da empresa (Sodhi & Tang, 2019). Nesse sentido, o foco de pesquisa será a boa ou má reputação com relação à realização de práticas sociais.
Diante disso, espera-se que o presente projeto contribua para a formação de recursos humanos, por meio da inserção de alunos de iniciação científica, especialização e mestrado acadêmico e profissional. Além de contribuir com um olhar humanizado dos processos de gestão na cadeia de suprimentos. Desta forma contribuindo para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação, uma vez que a temática a ser abordada é relevante e inovadora no meio acadêmico e empírico.

Metodologia

A decisão metodológica busca contribuir para a superação dos desafios de pesquisa, uma vez que será realizada uma pesquisa quantitativo-descritiva, por meio da realização de um experimento, o qual se utilizará de duas abordagens (between e within subjects). Nesta pesquisa as variáveis independentes, as quais são manipuladas, aceitam duas variações (com e sem). Nesse tipo de enfoque, os experimentos visam, por meio de uma manipulação intencional da variável independente, analisar o efeito e resultados na variável dependente (Sampiere, Collado, & Lucio, 2013).
Diante disso, este projeto busca analisar o efeito da Pressão dos Stakeholders e dos Programas de Compliance (variáveis independentes manipuladas) na Seleção de um Fornecedor Socialmente Responsável (SFSR), e o efeito da Reputação (variável independente) na Seleção de um Fornecedor Socialmente Responsável (SFSR) (variável dependente) com gestores do Brasil e do Reino Unido.
A escolha de dois públicos distintos se dá em virtude de tentar identificar se há semelhanças entre o comportamento dos gestores. A escolha do Brasil, tem como objetivo compreender como o gestor brasileiro está alinhado a seleção de um fornecedor socialmente responsável e como as variáveis manipuladas irão afetar a sua decisão. Já a escolha do Reino Unido, se deu por ser uma região europeia onde as preocupações com as questões sociais e ambientais são muito fortes e bastante disseminadas. Desta forma, esta comparação entre os gestores dos dois locais se torna intrigante.
Os experimentos por serem considerados uma estratégia de pesquisa inovadora na área de gestão de operações, a metodologia adotada é uma forma de apoio à transposição dos desafios científicos a serem enfrentados nesta pesquisa. Nesse sentido, o experimento baseado em cenário é adequado para entender como e porque os gestores lidam, formam seus julgamentos e preferências quando submetidos a situações complexas (Rungtusanatham, Wallin, & Eckerd, 2011). Além disso, a utilização das duas abordagens (between e within) auxilia o processo de compreensão das manipulações e mostra aos pesquisadores o quanto uma manipulação combinada pode afetar o resultado. Outro fator importante é a realização de 2 experimentos, um com gestores do Brasil e outro com gestores do Reino Unido. Isso faz com que seja possível comparar como as manipulações das variáveis afetam os gestores.

Operacionalização da Pesquisa
A coleta de dados será realizada com gestores do Brasil e do Reino Unido cadastrados na plataforma de crowndsourcing Pollfish.com, os quais serão atribuídos as diferentes combinações de vinheta de forma aleatória. Na etapa between subjects, cada respondente receberá um texto contendo o cenário da pesquisa, uma variação (com ou sem) das variáveis manipuladas, as quais estão descritas no apêndice A . Após a leitura, imediatamente os gestores serão questionados quanto a sua decisão de selecionar um fornecedor socialmente responsável. Posteriormente, na etapa within, o sujeito receberá a manipulação de reputação (fornecedor com boa reputação/ sem boa reputação), e será apresentado novamente a decisão de selecionar um fornecedor socialmente responsável, desta forma será possível comparar os resultados antes e depois da manipulação da variável reputação. Adicionalmente serão apresentadas questões relacionadas à checagem do experimento (realismo, manipulação e atenção), além de questões de caracterização do sujeito. Todas as perguntas apresentadas serão mensuradas por meio de escala do tipo likert de 7 pontos, exceto as 2 questões que verificam a atenção do sujeito.

Desenvolvimento das Vinhetas
Versões variadas de uma vinheta descritiva são implementadas visando à transmissão de informações escritas sobre níveis específicos de fatores de interesse a fim de influenciar julgamentos, preferências ou decisões (Rungtusanatham et al., 2011). Esta proposta de pesquisa utilizará como cenário uma prática organizacional, onde serão aplicados às manipulações das variáveis independentes. Pressão dos stakeholders e compliance serão mensuradas na seleção de um fornecedor socialmente responsável, e imediatamente após essa primeira decisão o sujeito receberá a manipulação da variável reputação e tomará novamente a decisão de selecionar um fornecedor socialmente responsável. Desta forma será analisado o efeito isolado da primeira parte do experimento (between), bem como a comparação com a segunda parte do experimento (within). Além de ser realizado com gestores do Brasil e do Reino Unido. Assim, aumentando a complexidade e robustez do estudo, bem como de seus possíveis resultados.
O pré-teste auxilia a assegurar que as vinhetas são válidas, completas e efetivas, que simulam uma situação real do cotidiano organizacional (Rungtusanatham et al., 2011). Nesse sentido, buscar-se-á a validação das vinhetas desenvolvidas nesse projeto, primeiramente por pesquisadores da área de operações e posteriormente por profissionais que vivenciam o cotidiano das atividades no setor analisado. Essas validações são importantes na medida em que possibilitam ao pesquisador um feedback sobre: (i) o cenário construído, uma vez que avaliam o realismo do cenário, (ii) a compreensão das manipulações, uma vez que são apresentadas ao sujeito pelo menos 2 questões sobre cada uma das manipulações, assim sendo possível verificar se o sujeito realmente entendeu as manipulações realizadas, e (iii) se o sujeito teve atenção ao responder a pesquisa, por meio de 2 questões de atenção.
A validação por meio do pré-teste, o qual está previsto para ocorrer em 2021, será realizada por meio de ferramentas virtuais. Esta coleta servirá para verificar a adequação do modelo de pesquisa, vinhetas e questionário. Buscando atender aos critérios de aleatoriedade, será distribuído o instrumento simulado, com distribuição aleatória das vinhetas. Assim seguindo os critérios de Random Assingment, os quais são importantes para a qualidade do experimento, uma vez que possibilitam a cada respondente a chance de pertencer a qualquer um dos grupos. Isso é realizado pela aleatoriedade na distribuição das combinações das vinhetas, as quais são realizadas com a ajuda do software SurveyMonkey. Adicionalmente serão incluídas informações demográficas, dentre as quais são: idade, gênero, escolaridade, área de formação, cargo atual, experiência em gestão (anos), e função desempenhada.
A aplicação do pré-teste permitirá identificar ajustes necessários, permitindo a posterior aplicação do experimento, como realizado por Hora e Klassen (2013) e Bittar (2018).

Como o experimento será conduzido
A aplicação da pesquisa se dará por meio de coleta individual com gestores do Brasil e do Reino Unido. Para reduzir as discrepâncias na coleta dos dados, será utilizada a plataforma Pollfish.com. Esta plataforma se assemelha a plataforma Prolific, a qual tem sido utilizada por pesquisas publicadas nos principais Journals da área de operações (ex. Nunes, Park, & Paiva, 2020; Duhadway, Carnovale, & Kannan, 2018), e se diferencia da plataforma M-turk, devido aos altos critérios de validação adotados (Duhadway, Carnovale, & Kannan, 2018; Palan & Schitter, 2018). Esta plataforma foi escolhida porque somente ela possibilitará a coleta de dados com gestores do Brasil e do Reino Unido.
Para a randomização das vinhetas será utilizado o SurveyMonkey. Desta forma, será apresentada uma combinação aleatória da vinheta correspondente e logo após a leitura da vinheta será solicitado ao sujeito que responda a variável dependente (etapa between subjects). Por se tratar de um experimento com abordagens distintas (between e within), o sujeito será apresentado a mais uma manipulação e responderá novamente a variável dependente (etapa within subjects). A utilização dessas duas abordagens se deu para que fosse possível identificar o efeito isolado da reputação na variável dependente, uma vez que se as três variáveis fossem manipuladas juntas poderia apresentar alguma “contaminação no efeito” devido à combinação das variáveis.
De acordo com a quantidade de variáveis manipuladas sabe-se que serão necessários em torno de 400 sujeitos para a realização de toda a pesquisa, sendo aproximadamente 200 gestores do Brasil e 200 do Reino Unido). Por isso, a busca de uma plataforma confiável torna-se imprescindível para o alcance dos respondentes necessários.

Técnicas de Análise de Dados
Após a coleta de dados será utilizada a análise de regressão por meio da ferramenta Process, a fim de verificar o efeito das manipulações na variável dependente (Hayes, 2018). Esta técnica tem como objetivo analisar o efeito entre uma ou mais variáveis independentes na variável dependente (Hair et al., 2005; Ho, 2006).
A Análise Variância (Anova) será utilizada para verificar a diferença entre os grupos de gestores do Brasil e do Reino Unido, além de ser utilizada nas questões referentes à checagem do experimento (questões de realismo, manipulação e atenção). A Anova é utilizada quando se pretende identificar se as médias entre dois ou mais grupos se diferem (Hair et al., 2005; Ho, 2006), sendo ideal para esta etapa do estudo.
Primeiro será verificado individualmente se o efeito de cada variável independente é estatisticamente significante. Por exemplo, se o grupo em que a manipulação com a presença de compliance apresenta, de maneira estatisticamente significante, maior possibilidade de Selecionar o Fornecedor do que o grupo com a manipulação sem a presença de compliance.

Indicadores, Metas e Resultados

Diante do objetivo central desta proposta, o qual é Identificar se a pressão dos stakeholders, compliance e reputação afetam a seleção de um fornecedor socialmente responsável, este projeto de pesquisa tem como foco gerar metas e contribuições tanto para o ambiente acadêmico quanto para o ambiente empírico. Diante disso, têm-se como meta acadêmica a publicação desta pesquisa no formato de artigos científicos, tendo como principais objetivos a divulgação do trabalho e o avanço no estado da arte. Desta forma, almeja-se que esta pesquisa gere publicações em periódicos nacionais e internacionais com alto fator de impacto. Versões preliminares desta pesquisa serão apresentadas em eventos nacionais e internacionais, com o objetivo de divulgar a pesquisa e qualificar as futuras publicações em periódico.
A meta empírica permeia a conscientização de gestores da área de compras sobre a relevância das compras socialmente responsáveis, as quais contribuem para o desenvolvimento local, regional e competitividade. Para isso, os resultados da pesquisa serão compartilhados com comitês organizadores de eventos nacionais para que esses se apropriem das informações, possam incorporá-las em suas práticas profissionais e disseminem com outros profissionais.
Esta pesquisa produzirá produtos direcionados ao contexto acadêmico, como a produção de artigos, dissertações e relatórios de pesquisa de iniciação científica, a serem publicados em periódicos nacionais e internacionais com impacto na área de administração. Para o contexto empresarial, os produtos originados desta pesquisa serão o desenvolvimento de um hotsite que terá como propósito disseminar as características das compras socialmente responsáveis e estimular essa prática dentro do cenário brasileiro, além de workshops direcionados a gestores da área de compras, o qual terá como objetivo a divulgação da temática. Vale ressaltar que os resultados comparados entre os gestores do Brasil e do Reino Unido serão contemplados nos produtos originados da pesquisa.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
IRENE ALEXANDRA LIPARELLO GARCIA
PEDRO AUGUSTO NUNES MARCHAND
ROSANA DA ROSA PORTELLA TONDOLO5
VILMAR ANTONIO GONCALVES TONDOLO2

Página gerada em 17/08/2022 13:48:15 (consulta levou 0.077738s)