Nome do Projeto
Ensino da prática sustentável de vermicompostagem no tratamento de resíduos sólidos orgânicos em escolas de ensino fundamental.
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/05/2017 - 29/08/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Educação
Linha de Extensão
Resíduos sólidos
Resumo
O projeto intitulado “Ensino da prática sustentável de vermicompostagem no tratamento de resíduos sólidos orgânicos em escolas de ensino fundamental” visa ensinar, em escolas de ensino fundamental, a técnica de vermicompostagem para o tratamento adequado dos resíduos sólidos orgânicos. O projeto será desenvolvido junto aos alunos dos últimos anos do ensino fundamental de escolas públicas do município de Pelotas. Neste projeto, serão elaborados materiais educativos, ministrado cursos teórico e prático sobre a prática de vermicompostagem.

Objetivo Geral

Ensinar, em escolas de ensino fundamental, a prática da separação, coleta, destino e o tratamento adequado dos resíduos domésticos através da técnica de vermicompostagem dos resíduos sólidos orgânicos.

Justificativa

O projeto proposto visa contribuir no processo de conscientização ambiental quanto a importância do correto gerenciamento dos resíduos gerados e promover o ensino de práticas sustentáveis no gerenciamento e tratamento dos resíduos sólidos gerados pela população, através de cursos e oficinas sobre vermicompostagem visando a reciclagem de resíduos orgânicos. O ensino destas práticas se faz de extrema importância e necessidade visto que em 2010, foi promulgada a Lei Federal n.12.305, que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a qual prevê uma série de ações que buscam solucionar o problema do manejo dos resíduos sólidos no Brasil. A adoção de todas as práticas estabelecidas se torna difícil se depender somente por parte da municipalidade. Neste contexto, a universidade tem papel importante no auxílio ao alcance deste objetivo. A inserção de alunos junto a comunidade traz inúmeros benefícios para ambos. A universidade tem papel importante na difusão de conhecimento. Com a execução do projeto os alunos poderão aprofundar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, promover a busca por novos conhecimentos de forma interdisciplinar através de suas ações, promover a integração universidade-comunidade, promover a difusão de conhecimento à comunidade, e fortalecer a sua formação cidadã e profissional através do enriquecimento da vida acadêmica, ampliação do horizonte científico, aperfeiçoamento do espírito crítico e reflexivo e integração universidade-comunidade. O conhecimento da forma correta de gerenciamento dos resíduos sólidos gerados é importante de ser aplicado nas escolas por ajudar o educando a perceber que suas atitudes diárias fazem a diferença para o lugar onde moramos e que ao separar os resíduos e fazer a vermicompostagem estará contribuindo para diminuir o impacto ambiental provocado pelos lixões. Os projetos de extensão oportunizam aos graduandos prestarem serviços que beneficiam as comunidades, promovem a sua reflexão sobre os problemas sociais existentes e preparação profissional para o mercado. Como consequência, a realização de projetos de extensão fortalecem o curso de graduação visto que contribuem de forma significativa na formação e capacitação do aluno, que aprimora de forma significativa os conhecimentos adquiridos em sala de aula além de promover crescimento pessoal.

Metodologia

Os bolsistas irão desenvolver material técnico a respeito da gestão dos resíduos sólidos; elaborar e ministrar palestras de manejo correto dos resíduos com ênfase na separação; ministrar palestras ensinando a fazer a vermicompostagem na escola e em casa; realizar a manutenção dos minhocários, realizar palestra expondo os resultados do trabalho para a comunidade escolar; aplicar questionário com os alunos com o objetivo de fazer um levantamento do conhecimento adquirido por eles.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto propõe trabalhar com alunos do sexto e sétimo ano de escolas públicas, atingindo aproximadamente 200 alunos.

Este projeto pretende possibilitar aos estudantes universitários aprofundar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, promover a busca por novos conhecimentos de forma interdisciplinar através de suas ações, promover a integração universidade-comunidade, promover a difusão de conhecimento à comunidade, conscientizar os alunos da importância do correto gerenciamento dos resíduos sólidos e fortalecer a sua formação cidadã e profissional através do enriquecimento da vida acadêmica, ampliação do horizonte científico, e integração universidade-comunidade.

Os resultados do projeto serão avaliados quanto ao grau de aprendizagem dos alunos os quais serão avaliados através de debates e questionários.



Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA GONCALVES DA SILVA MANETTI2
AMANDA PACHECO
DANIELA CERBARO
DANIELA MEDEIROS DA ROSA
GABRIELA TOMBINI PONZI
MARCELO FERREIRA PEDRA JUNIOR
MARIA DAISI DA FONSECA PRIETSCH
VANESSA SACRAMENTO CERQUEIRA4

Página gerada em 22/01/2020 15:46:12 (consulta levou 0.226106s)