Nome do Projeto
Pró-Bicho Pelotas
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/01/2017 - 31/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Eixo Temático (Principal - Afim)
Cultura / Meio ambiente
Linha de Extensão
Artes visuais
Resumo
Obtenção, tratamento e veiculação nas redes sociais de imagens fotográficas de animais resgatados e sem raça definida com o objetivo de auxiliar no encontro de lares. Prestação de serviço gratuito, na cidade de Pelotas e Região, para ONGs, Prefeituras, grupos de proteção animal, protetores independentes e qualquer membro da comunidade que tenha resgatado um animal.

Objetivo Geral

Auxiliar ONGs, Prefeituras, grupos de proteção animal, protetores independentes e qualquer membro da comunidade no encaminhamento para adoção de animais.

Justificativa

Pelotas possui um grande números de animais errantes. Além disso, contribui para o aumento dessa população de rua, o abandono, aliado a falta de castração desses animais.
São inúmeros os grupos atuantes em Pelotas e Região e que buscam soluções para o problema: ONG SOS Animais Pelotas, Grupo Amigos do Lixão, Grupo 1 real para Castração, ONG A4 - Associação dos Amigos de 4 patas do Capão do Leão, etc.
Desde 2012, o Projeto Pró-Bicho Pelotas vem atuando na obtenção, no tratamento e na veiculação de álbuns fotográficos de animais resgatados por esses grupos e por protetores independentes , com o objetivo de aumentar as chances de adoção através de imagens produzidas em estúdio. As fotos com iluminação adequada e cujo enfoque é o animal que está para adoção, auxiliam na divulgação deste e aumentam suas chances de conseguir um lar.
Ao longo da realização do projeto, já atendemos o Canil Municipal de Pelotas, a ONG A4 em Capão do Leão, o Canil Municipal de Arroio Grande e diversos protetores de Pelotas e Região. Até o final de 2016 foram fotografados 1.355 animais e destes, 860 foram adotados, totalizando 63,46% em 5 anos de projeto.
Além das fotos produzidas pelo projeto, também são veiculados posts de adoção com imagens realizadas por outras pessoas, pedidos de ajuda para tratamento de animais resgatados e pedidos de ajuda para localização de animais perdidos ou desaparecidos.

Metodologia

As sessões fotográficas ocorrem aos sábados no Centro de Artes.
Quando o protetor, ou a ONG, possui muitos animais albergados, nos deslocamos até o local e improvisamos um estúdio fotográfico.
As sessões fotográficas são agendadas através do email (probichopelotas@gmail.com) e através da página do projeto (www.facebook.com/probichopelotas).
As fotos, o tratamento de imagem e a divulgação na página do projeto são totalmente gratuitos.
Cada sessão de fotos (que pode ser de 1 animal adulto ou uma ninhada de filhotes) tem duração de meia hora. São obtidas cerca de 200 fotos em cada sessão e destas, são selecionadas entre 8 e 10 imagens que serão tratadas em softwares de edição de imagem. O tratamento consiste em ajustes de brilho e contraste e "limpeza" do fundo infinito utilizado, na medida em que muitas vezes ficam pelos soltos e pequenas sujeiras que atrapalham na leitura da imagem. Não são modificadas as características do animal.
É criado um álbum na página do projeto e nele são colocadas as imagens, a descrição do animal (nome, sexo, idade, se possui vacina, vermifugo e é castrado) e os contatos da pessoa responsável por ele.
Quando o animal é adotado, o protetor avisa a equipe do projeto e o álbum é atualizado com a inserção da palavra [ADOTADO] entre colchetes e com letras maiúsculas.
Além de compartilharmos os animais fotografados pelo projeto, compartilhamos muitos pedidos de ajuda para resgatados, auxílio para tratamentos e pedidos de divulgação de animais perdidos, desaparecidos ou encontrados.

Indicadores, Metas e Resultados

2012 - 141 fotografados - 94 adotados - 65% de êxito
2013 - 283 fotografados - 136 adotados - 48,39% de êxito
2014 - 243 fotografados - 160 adotados - 66% de êxito
2015 - 320 fotografados - 184 adotados - 57,5% de êxito
2016 - 368 fotografados - 286 adotados - 77,9% de êxito

Ao longo dos 5 anos, ampliamos nosso atendimento. Em 2017, pretendemos ampliar mais a abrangência do projeto.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNO PERES FIGUEIRÔA
GIULIA TAVARES RIZZATO DE SOUZA
JULIANA CORREA HERMES ANGELI4
MARTHA LETÍCIA MACHADO DWORAKOWSKI
VERONICA SOARES ROSA

Página gerada em 24/10/2021 06:12:46 (consulta levou 0.087095s)