Nome do Projeto
Ambulatório de Doença Inflamatória Intestinal
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
06/09/2021 - 06/09/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
O ambulatório de doença inflamatória intestinal (DII) tem como objetivo o atendimento de pacientes portadores de doença inflamatória intestinal (CROHN e RCUI). Os pacientes serão atendidos por estudantes da graduação e da pós graduação e após o caso clinico será discutido e revisado pelo professor responsável pelos atendimentos no dia. Será traçado um plano diagnóstico e terapêutico para melhor atender a necessidade do paciente. e também será aprofundado a discussão dos assuntos com os alunos através de revisão de artigos e seminários.

Objetivo Geral

Atendimento aos pacientes com DII da cidade de Pelotas e municípios vizinhos com o objetivo de atenção e cuidado com a saúde do paciente.
Atividades acadêmicas com alunos da graduação e pós graduação contemplando ensino e extensão

Justificativa

A Doença de CROHN e a Retocolite Ulcerativa (RCUI) são patologias autoimunes que acometem individuos jovens e adultos podendo causar uma série de complicações graves causando sintomas importantes como baixa qualidade de vida e até intercorrencias mais sérias como infecções, necessidade de cirurgias, disturbios psiquiatricos, megacolon toxico, neoplasias e culminando com o óbito destes pacientes. Estas patologias também aumentam o risco para neoplasia colorretal. O propósito de um ambulatório focado no atendimento destes pacientes proporciona um atendimento especializado, onde conseguimos fazer um melhor vinculo médico paciente e uma monitorização adequada da doença.

Metodologia

Os pacientes serão encaminhados pela secretária de saúde do município de Pelotas e municípios vizinhos,
e também encaminhados pacientes provenientes de internação no hospital escola HE UFPEL para seguir acompanhamento ambulatorial na área de gastroenterologia e também pacientes encaminhados por outras equipes do hospital escola ou ambulatório de outros serviços da cidade para avaliação e acompanhamento. O ambulatório funciona nas segundas feiras a tarde.
Os pacientes serão atendidos por estudantes da graduação e da pós graduação e após o caso clinico será discutido e revisado pelo professor responsável pelos atendimentos no dia. Será traçado um plano diagnóstico e terapêutico para melhor atender a necessidade do paciente. e também será aprofundado a discussão dos assuntos com os alunos através de revisão de artigos e seminários.

Indicadores, Metas e Resultados

Atendimento aos pacientes com doença de Crohn e RCUI é esperado o atendimento de 50 pacientes ao mês
Será desenvolvido projetos de pesquisa para avaliar a saúde mental destes pacientes
Temos objetivo de agregar atendimento psicológico e nutricional a estes pacientes junto ao nosso ambulatório

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE BORGES DE CASTRO
DANIELA MUNOZ NOGUEIRA
ELZA CRISTINA MIRANDA DA CUNHA BUENO4
JOÃO HÉLIO ALVES MARCIANO NETO
ORION CAMPELLO TELLES

Página gerada em 23/01/2022 06:02:34 (consulta levou 0.068697s)