Nome do Projeto
Análise e prognóstico da qualidade do ar no estado do Rio Grande do Sul
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
18/10/2021 - 18/10/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
As emissões de gases traço tóxicos para a troposfera e os produtos de sua oxidação representam um risco direto a saúde. Portanto, o estudo da qualidade do ar no Brasil é de extrema relevância, principalmente considerando o potencial de sua contribuição relativa no continente Sul-Americano. No entanto, devido a sua extensão territorial, torna-se notória a necessidade de estudos mais regionalizados, principalmente em setores economicamente importantes, como é o caso do estado do Rio Grande do Sul, onde essa tendência até então incipiente exige a utilização de ferramentas numéricas com alto grau de complexidade e detalhadas informações observacionais, as quais nem sempre estão disponíveis e/ou organizadas. Nesse contexto, propõem-se o estudo e prognóstico da qualidade do ar no estado do Rio Grande do Sul, com a integração das informações dos inventários de emissões existentes no estado e elaborados no âmbito desse projeto, dados disponíveis de superfície, dados de sensoriamento remoto e modelagem numérica.

Objetivo Geral

O projeto contemplará a integração das informações dos inventários de emissões existentes no estado e elaborados no âmbito desse projeto, dados disponíveis de superfície, dados de sensoriamento remoto e modelagem numérica, objetivando a caracterização regional da qualidade do ar no estado do Rio Grande do Sul.
Objetivos específicos:
(1) Estudo da exposição ao Material Particulado em Pelotas/RS;
(2) Elaboração e atualização de inventários de emissões de gases traço e estufa no estado do Rio Grande do Sul;
(3) Estudos de modelagem da qualidade do ar com o sistema CCATT-BRAMS

Justificativa

Estudos de poluição atmosférica são relevantes pois os poluentes afetam diretamente a saúde da população exposta. O Grupo de estudos em Poluição Atmosférica, da FAMET, possui experiência na análise e prognóstico da qualidade do ar em todo o estado do Rio Grande do Sul, com ênfase na região sul, carente de uma rede de monitoramento em qualidade do ar.

Metodologia

Integração das informações dos inventários de emissões existentes no estado e elaborados no âmbito desse projeto, dados disponíveis de superfície através de campanhas de monitoramento, dados de sensoriamento remoto e modelagem numérica.

Indicadores, Metas e Resultados

Pretende-se avaliar (através de diagnóstico e prognóstico) e propor soluções para a diminuição da concentração de poluentes no Rio Grande do Sul, através da integração das informações dos inventários de emissões existentes no estado e elaborados no âmbito desse projeto, dados disponíveis de superfície, dados de sensoriamento remoto e modelagem numérica.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CALEB SCHMITT FARIAS
JONAS DA COSTA CARVALHO2
MARCELO FELIX ALONSO3

Página gerada em 27/02/2024 14:29:02 (consulta levou 0.153761s)