Nome do Projeto
III Congresso Internacional Punição e Controle Social: Workshop Justiça Criminal e Questões Sociais no Sul Global
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
24/11/2021 - 26/11/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Direitos Humanos e Justiça / Cultura
Linha de Extensão
Direitos individuais e coletivos
Resumo
O III Congresso Internacional Punição e Controle Social – Workshop Justiça Criminal e Questões Sociais no Sul Global pretende reunir profissionais, docentes e pesquisadoras e pesquisadores sobre a justiça criminal e as questões sociais e humanas em experiências históricas e perspectivas a partir do sul global. A proposta é unir contribuições na tentativa de prosseguir no debate sobre a conjectura da justiça criminal (e seus atores) na contemporaneidade, como também no reflexo às questões sociais diante das desigualdades, vulnerações e violências que envolvem diferentes jurisdições e contextos, no âmbito da América Latina e África, mas também em outras dimensões d(e)o Sul.

Objetivo Geral

Busca reunir pesquisadores e profissionais em torno do workshop Justiça Criminal e Questões Sociais no Sul Global, como também aprofundar a problemática em torno da justiça criminal e dos direitos humanos.

Justificativa

O desenvolvimento de espaços produtivos para o estudo e a pesquisa sobre tal problemática permite aprofundar uma perspectiva comparada com certa coesão cultural. Isso porque as nações latino-americanas e africanas apresentam traços característicos que permitem esse estudo comparativo, seja desde um enfoque geográfico regional ou a partir dos vários pontos de semelhança existentes entre elas (experiência colonial, língua – espanhol e português –, sujeição aos interesses econômicos das grandes potências etc.). Aproximando-se da realidade social, é possível trazer ao ambiente acadêmico e científico a discussão de técnicas e a solidificação de parcerias que contemplem as reais demandas da sociedade e, a partir da compreensão das mesmas, compor mecanismos capazes de promover a transformação social.

Metodologia

Os grupos de trabalho estão estruturados a partir da interseção entre justiça criminal e questões sociais, assim indicados:

Justiça criminal e direitos humanos
Justiça criminal e atores
Justiça criminal e memória
Justiça criminal e perspectivas interdisciplinares

Também serão realizadas mesas e conferências com palestrantes nacionais e estrangeiros.

Indicadores, Metas e Resultados

O evento busca aproximar perspectivas internacionais com dimensões correlatas, como o enfrentamento da violência, a desigualdade social e o desrespeito aos direitos humanos. Além disso, propicia relações acadêmicas, científicas e interinstitucionais entres países a partir do Sul-Sul, imprescindível para refletir sobre políticas públicas regionais e locais tendo como base as vivências e experiências próximas e com impacto social, político e jurídico na comunidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDERSON ALEXANDRE DIAS SANTOS
BRUNA HOISLER SALLET
BRUNO ROTTA ALMEIDA25
ERLANE ALVES DOS SANTOS
MARINA MOZZILLO DE MOURA
MARINA RODRIGUES CABRAL
Mariana Dantas de Oliveira Silva
RAFAELA BELTRAMI MOREIRA
RAFAELA PERES CASTANHO
Rafaella Soares Fraga
THAIS BONATO GOMES
VIVIAN DINIZ DE CARVALHO

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 15.513,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339039 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa JurídicaR$ 15.513,00

Página gerada em 30/06/2022 14:33:38 (consulta levou 0.070820s)