Nome do Projeto
Estímulo da Cooperação Empresarial para Implantação de Projetos de Inovação Aberta no Ecossistema de Inovação da Região Sul do RS
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
06/12/2021 - 28/04/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Desenvolvimento regional
Resumo
O projeto visa disseminar a cultura da inovação aberta entre os atores do ecossistema de inovação da região Sul do Rio Grande do Sul, por meio de treinamentos, capacitações e ambientes de co-criação, para estabelecer uma rede colaborativa de parceiros, visando agregar valor em produtos e serviços, oportunizando o surgimento de novos empreendimentos e oportunidades de negócio. Adicionalmente, a proposta visa incrementar o gerenciamento de projetos, através da capacitação, implantação e monitoramento de práticas que propiciem a inovação aberta.

Objetivo Geral

Disseminar a cultura da inovação aberta entre os atores do ecossistema de inovação da região Sul do Rio Grande do Sul para estabelecer uma rede colaborativa de parceiros, visando agregar valor em produtos e serviços, oportunizando o surgimento de novos empreendimentos e oportunidades de negócio.

Objetivos Específicos
- Promover a criação de empresas da nova economia e fortalecer os setores econômico tradicionais com implementação de produtos, processos e serviços mais inovadores;
- Fomentar a pesquisa e extensão de base tecnológica, com foco na vocação regional e nas tecnologias portadoras de futuro, nas ICTs da região sul;
- Fortalecer a capacitação e qualificação dos atores de inovação das diferentes áreas;
- Propor uma metodologia para gestão e acompanhamento de projetos de inovação aberta.

Justificativa

A região sul do Rio Grande do Sul é composta por 23 municípios, com forte presença do agronegócio, comércio e serviços como vetores do seu desenvolvimento econômico. No setor industrial, pode-se citar empresas de alimentos, saúde, fertilizantes, automação, entre outras. Destaca-se, também, a marcante presença do Superporto do Rio Grande, único porto marítimo do RS e último porto da região sul do Brasil. Na área acadêmica, a região é reconhecida por ter excelentes universidades e institutos federais de educação, com excelência no ensino, pesquisa e extensão nas mais diversas áreas do conhecimento. Isto posto, percebe-se que cada um dos atores da tríplice hélice (governo/empresas/academia) está bem constituído na região mas, para que a inovação possa se consolidar nas suas mais diferentes formas, é preciso um exercício de articulação que possa coordenar as ações desses atores numa visão comum de desenvolvimento econômico e social.

O Comitê Local, estabelecido no âmbito do Programa INOVA RS, é composto por diversas instituições: Associação dos Municípios da Região Sul (AZONASUL), Prefeitura Municipal do Rio Grande, Prefeitura Municipal de Pelotas, Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Universidade Católica de Pelotas (UCPEL), Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul), SEBRAE Regional, os Parques Tecnológicos OCEANTEC e Pelotas Parque Tecnológico.

Diante do exposto, faz parte deste projeto captar recursos humanos para apoiar e operacionalizar as iniciativas e projetos de inovação aberta da região, no âmbito do Programa Startup Lab, auxiliando o comitê local no desenvolvimento e acompanhamento das ações. Destaca-se que os projetos apoiados estarão alinhados com a visão de futuro estabelecida pelo Comitê Local, priorizando as áreas de biotecnologia, automação e inteligência artificial nos setores do agronegócio, economia do mar e saúde.

Ao promover esforços para dinamizar a inovação aberta na região, pretende-se estabelecer uma rede colaborativa para diversificar a matriz produtiva com surgimento de produtos, serviços e empresas da nova economia como, também, aproximar os setores da economia tradicional da transformação digital. Por fim, evidencia-se que é necessário estimular uma mudança cultural regional frente às questões de empreendedorismo e inovação para propiciar o desenvolvimento tecnológico, econômico e social. Este é o grande desafio para este ecossistema regional de inovação.

Metodologia

A base conceitual e ferramental para o gerenciamento do projeto utilizará uma metodologia de gestão ágil (BERG, et. al., 2021) (TURNER, 2021), apoiada pelo aplicativo Notion (NOTION, 2021) como plataforma de gestão e tendo como background o SCRUM (SUTHERLAND, 2020) (RUBIN, 2017) (DUARTE, 2016), controle e compartilhamento das informações do projeto. Premissas básicas para o gerenciamento:

- Definição de lista detalhada de tarefas relacionadas a cada ação;
- Realização de reuniões diárias de acompanhamento;
- Condução da realização das tarefas através de sprints semanais;
- Sprint review a cada final de sprint;
- Trabalho visível de forma física (ambiente de trabalho) e virtual (Notion);
- Ferramenta Kanban para controle de tarefas programadas, em andamento, em atraso e realizadas (Notion);
- Registro de lições aprendidas após entrega de cada sprint do projeto;
- Gerenciamento e controle semanal dos projetos de inovação aberta em execução;
- Monitoramento do andamento do projeto por meio de indicadores de desempenho.

Indicadores, Metas e Resultados

Estabelecem-se como metas do projeto o seguinte:
- Capacitar até 50 atores do ecossistema, identificados pelo mapeamento realizado pelo Comitê Local, no âmbito do Programa INOVA RS;
- Viabilizar a execução de até 10 projetos de inovação aberta, nas áreas de biotecnologia, automação e inteligência artificial nos setores do agronegócio, economia do mar e saúde;
- Buscar a parceria com a IES para viabilizar a execução de até 10 projetos, visando a transferência de tecnologia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DARA DE MORAES BLOIS
FELIPE DE SOUZA MARQUES4
TATHIANA ANDRESSA MOREIRA

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado Rio Grande do SulR$ 111.715,20Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 2.555,20
339014 - Diária Pessoa CivilR$ 12.160,00
339004 - Contratação por Tempo DeterminadoR$ 90.000,00
449052 - Equipamentos e Material PermanenteR$ 7.000,00

Página gerada em 02/07/2022 14:02:49 (consulta levou 0.062139s)