Nome do Projeto
Manutenção da estação da RBMC na UFPel
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/03/2022 - 01/01/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Trabalho
Linha de Extensão
Desenvolvimento regional
Resumo
A Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo (RBMC) fornece o arcabouço necessário para o posicionamento relativo na superfície física da Terra utilizando navegação baseada no conhecimento à priori da localização de Satélites Artificiais. A RBMC consiste numa série de receptores GNSS (Global Navigation Satellite System) distribuídos sobre o planeta cujas coordenadas são ajustadas e as respectivas realizações consistem em posições fiduciais que são tomadas como referência para obtenção de coordenadas vinculadas aos Sistemas Geográficos Nacionais. Um desses receptores (RSPE) está localizado sobre o prédio do Instituto de Física e Matemática da Universidade Federal de Pelotas com uma série histórica de mais de dez anos de observações.

Objetivo Geral

Disponibilizar à comunidade correções diferenciais para o posicionamento relativo GNSS mantendo e melhorando a estrutura construída na UFPel via convênio com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Justificativa

A RBMC serve a todos os usuários do cadastro urbano, cadastro rural, cadastro ambiental e aos demais que se valem de sistemas de navegação GNSS como forma de obtenção de coordenadas geodésicas. Além disso, é parâmetro de validação e diagnóstico para diversas aplicações geodinâmicas e geofísicas, sendo a mais facilmente perceptível a materialização de um ponto SIRGAS na cidade de Pelotas/RS e análise de movimentações da crosta em caráter regional.
Fica evidenciada a importância desse serviço também pelo número de downloads anuais dos dados:

Ano Downloads
2017 18.307
2018 22.148
2019 22.749
2020 28.594
2021 15.820

De onde acredita-se que a RBMC talvez esteja entre os trabalhos de extensão mais abrangentes e contínuos realizados pelo acordo de cooperação IBGE/UFPel.

Metodologia

1 - Manter a estação GNSS em sala específica do Instituto de Física e Matemática. A estação faz as observáveis cujos resultados são enviados remotamente ao centro de processamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são disponibilizados à comunidade via o Portal de Geociências do IBGE.

Indicadores, Metas e Resultados

Número de acessos aos dados da RSPE.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FELIPE ELIAS TELECHI DE FREITAS
FIORAVANTE JAEKEL DOS SANTOS1
Guiderlan Lemos Mantovani
MILENA SILVEIRA SILVEIRA
PEDRO RODRIGUES BRISOLARA DA CUNHA
RODRIGO RIZZI1
ROGERS ADEMIR DRUNN PEREIRA2
SERGIO LEAL FERNANDES1
SUELEN CRISTINA MOVIO HUINCA1

Página gerada em 07/08/2022 22:50:35 (consulta levou 0.100506s)