Nome do Projeto
Síntese e avaliação da atividade biológica de compostos organocalcogenados e derivados naturais
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
10/04/2022 - 09/04/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
Nos últimos anos a síntese de intermediários sintéticos e a obtenção e/ou funcionalização de compostos heterocíclicos continuaram a se destacar como áreas centrais da pesquisa em síntese orgânica. Isto está diretamente relacionado a aplicabilidade destes materiais no que diz respeito ao desenvolvimento de moléculas bioativas, terapêuticas e/ou tecnológicas. Nosso país ainda apresenta uma elevada dependência no que diz respeito a importação de insumos para as indústrias químicas e farmacêuticas, entretanto, um investimento pronunciado na área de síntese orgânica poderia contribuir significativamente para minimizar estes efeitos. Dentre as diversas moléculas orgânicas, os compostos nitrogenados e aqueles que contêm um grupo organocalcogênio em sua estrutura merecem destaque em razão de seu potencial sintético e por apresentarem um amplo espectro de atividades biológicas. Outro ponto relevante é a crescente necessidade do uso de matérias-primas derivadas de fontes renováveis nos diversos segmentos da indústria, com intuito de reduzir os prejuízos causados ao meio ambiente em razão dos processos químicos, o que tem apontado o uso da biomassa como uma alternativa bastante plausível, podendo esta ser convertida em substâncias importantes para os mais diversos segmentos da indústria. Nesse sentido, os óleos essenciais têm sido apontados como matérias-primas importantes, podendo ser utilizados para obtenção de diversos compostos com maior valor agregado. Além disso, estes já são amplamente utilizados na indústria em sua forma in natura, dentre as quais destacam-se as indústrias de perfumaria, cosméticos, fármacos, agroquímicos e de alimentos, bem como são reconhecidos na literatura em razão das diversas propriedades biológicas a que podem lhe ser atribuídas. Nesse contexto, espera-se desenvolver novas moléculas e/ou novas metodologias mais limpas para a obtenção de compostos organocalcogênios, bem como a obtenção de novos derivados semissintéticos obtidos a partir de óleos essenciais. Aliado a isso, e considerando a busca por medicamentos mais seguros, eficazes e que apresentem menos efeitos adversos para o tratamento da depressão, os quais possam vir a se tornar uma alternativa terapêutica no combate ou controle do humor, o presente projeto também visa avaliar a atividade do óleo essencial das flores de Tagetes minuta na modulação do comportamento tipo-depressivo em camundongos.

Objetivo Geral

O projeto visa desenvolver metodologias para a obtenção de novos intermediários sintéticos e compostos heterocíclicos funcionalizados com um grupo organocalcogênio a partir do uso de fontes alternativas de energia, uso de solventes verdes como o etanol e o glicerol, bem como a partir do uso de catalisadores. Além disso, também será explorado o potencial biológico de óleos essenciais e o desenvolvimento de metodologias para a obtenção de novos derivados semissintéticos obtidos a partir destes substratos. É importante destacar ainda que as moléculas obtidas serão exploradas quanto ao seu potencial farmacológico frente a sua possível ação antioxidante, antinociceptiva, antidepressiva e/ou anti-inflamatória.

Justificativa

O presente projeto se justifica pelos seguintes pontos principais:
1. Ampliar os conhecimentos científicos na área da química sustentável, através da geração de novos protocolos mais limpos;
2. O desenvolvimento de metodologias sintéticas eficientes e seletivas para a obtenção de compostos heterocíclos com potencial atividade farmacológica;
3. Ampliar o conhecimento científico quanto as aplicações farmacológicas de óleos essenciais obtidos na região;
4. Ampliar o número de novos compostos organocalcogênios semissintéticos com potencial atividade biológica, obtidos de fonte renovável;
5. Contribuir para a geração de propriedade intelectual, relacionados a novos compostos sintéticos e semissintéticos bioativos;
6. Fortalecimento do Grupo de Pesquisa em Síntese Orgânica (LASOL) da UFPel;
7. Colaborar para a consolidação do programa de Pós-Graduação em Química da Universidade Federal de Pelotas - PPGQ.

Metodologia

Com base na literatura, serão empregadas estratégias sintéticas para a obtenção das moléculas de interesse a partir do uso de fontes alternativas de energia e/ou aquecimento convencional, uso de solventes verdes, bem como a partir do uso de catalisadores e/ou aditivos. Os materiais de partida serão obtidos de fonte comercial ou então, sintetizados em nosso laboratório de pesquisa quando se fizer necessário. Já os solventes serão utilizados após uma etapa prévia de purificação e/ou secagem. O óleo essencial das flores de Tagetes minuta servirá como substrato para transformações químicas bem como terá seu potencial farmacológico avaliado de acordo com metodologias previamente reportadas. Os testes de atividade biológica serão desenvolvidos em colaboração com outros grupos de pesquisa.

Indicadores, Metas e Resultados

A principal meta do projeto é o desenvolvimento de metodologias sintéticas eficientes que permitam a obtenção dos compostos de interesse, bem como avaliar o potencial biológico das moléculas sintetizadas. Os principais indicadores que serão utilizados são: i) publicação de artigos científicos; ii) apresentação de trabalhos em congressos e eventos científicos; iii) desenvolvimento de novas parcerias com diferentes grupos de pesquisa; e iv) contribuir para a formação de recursos humanos qualificados em nível de graduação e pós-graduação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALECIA FERREIRA DA SILVA
DANIELA HARTWIG DE OLIVEIRA8
DIEGO DA SILVA ALVES1
EDER JOAO LENARDAO1
GELSON PERIN1
LAUREN CAMPOS HARTWIG SPECHT
LIVIA CONCEICAO LIMA VALENTE
LUCIELLI SAVEGNAGO2
MÁRCIO SANTOS DA SILVA1
NICOLE CRISTINA MARTINS ROCHA
PÂMELA PINTO POTENZA NUNES
RAQUEL GUIMARAES JACOB2

Página gerada em 30/06/2022 07:35:35 (consulta levou 0.102718s)