Nome do Projeto
Núcleo de Estudos e Tratamento dos Traumatismos Alvelodentários na Dentição Decídua- NETRAD
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
18/04/2022 - 31/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Infância e adolescência
Resumo
O Núcleo de Estudos e Tratamento dos Traumatismos Alveolodentários na Dentição Decídua (NETRAD) propicia um aperfeiçoamento do estudante de Odontologia no atendimento do paciente infantil, aprimorando seu conhecimento sobre o tratamento de traumatismos alveolodentários na dentição e suas sequelas na dentição permanente. Contribuirá, desta forma, para a formação geral do futuro profissional, sobretudo porque muitas vezes será necessário o tratamento multidisciplinar para o restabelecimento completo da saúde bucal dos pacientes atendidos no NETRAD.

Objetivo Geral

Realizar o tratamento de pacientes com traumatismo em dentes decíduos, desde o atendimento imediato até a proservação e documentação completa do caso. Também é previsto que seja feito todo o atendimento odontológico de que os pacientes precisam e o acompanhamento da erupção dos dentes sucessores permanentes, por acadêmicos de graduação e pós-graduação.

Justificativa

Os traumatismos alveolodentários apresentam alta prevalência na dentição decídua. Além da relevância epidemiológica, merecem atenção pelo alto potencial que tem de levar a seqüelas, com manifestações clínicas e radiográficas não apenas na dentição decídua como também na dentição permanente. Assim, justifica-se um projeto que qualifique os acadêmicos para realizar a atenção odontológica a crianças durante o atendimento de emergência e adotar uma correta e eficiente conduta clínica frente aos traumatismos alveolodentários.

Metodologia

Este projeto fará o atendimento de pacientes com traumatismo em dentes decíduos, com o acompanhamento até erupção dos sucessores permanentes.
Crianças provenientes de Pelotas ou cidades vizinhas, que sofreram traumatismo alveolodentário na dentição decídua, poderão ser encaminhadas para este local pela Residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, os quais atuam no Pronto-Socorro Municipal de Pelotas, ou por profissionais liberais, por profissionais das Unidades Básicas de Saúde de Pelotas ou região, ou ainda através de demanda espontânea. O atendimento odontológico será realizado por alunos da graduação e pós-graduação em Odontologia.
Na primeira consulta deverá ser realizado o preenchimento da ficha clínica contendo anamnese (histórico familiar, médico e odontológico), exame físico, radiográfico e registro fotográfico. A anamnese específica sobre a história do traumatismo encontra-se na ficha clínica (Anexo A). O exame radiográfico será realizado após o exame e nas consultas subseqüentes, seguindo um protocolo para acompanhamento, conforme o tipo de traumatismo. Após a formulação do diagnóstico, será feito o planejamento do tratamento, execução do tratamento imediato e definição da proservação. O paciente receberá os atendimentos imediatos e será mantido em acompanhamento até a erupção dos sucessores dos dentes traumatizados. Além do atendimento da situação de traumatismo, os pacientes receberão atendimento integral das demais necessidades, conforme protocolo da Unidade de Clínica Infantil. Havendo necessidade, para casos específicos, será realizado o manejo interdisciplinar para tratamento. Será feita a discussão (mensal) de casos clínicos, com apresentação pelos acadêmicos, bem como o preparo de casos clínicos para apresentação em congressos e produção de artigos científicos a serem publicados em periódicos nacionais e internacionais.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores e metas:
- Atendimento à população: Todos pacientes encaminhados pela prefeitura de Pelotas, PS municipal e cidades vizinhas serão acolhidos. Ainda, pacientes em acompanhamento serão atendidos nos atendimentos semanais, considerando-se como "alta" aqueles com dentes permanentes erupcionados.
- Participação de acadêmicos: alunos de graduação e pós-graduação participarão, podendo alternar a cada semestre, conforme disponibilidade de horário dos mesmos.
Espera-se com esse projeto:
- Reforçar a aprendizagem dos procedimentos técnico-científicos necessários para restabelecer e manter a saúde bucal de crianças com história de traumatismo alveolodentário na dentição decídua;
- Permitir ao aluno a aplicação de técnicas para o tratamento imediato e mediato das situações de traumatismo alveolodentário;
- aperfeiçoar a aplicação de técnicas de adaptação de comportamento, especialmente em situações de urgência;
- aprimorar o emprego de técnicas radiográficas aplicáveis em crianças;
- treinar a identificação de seqüelas nos dentes decíduos traumatizados e seus sucessores permanentes.
- realizar estudos sobre a prevalência e distribuição dos traumatismos alveolodentários de acordo com diferentes variáveis individuais e contextuais, bem como identificar e verificar a prevalência das seqüelas nos dentes traumatizados e seus sucessores.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA KAROLINA HAMMES DE AMORIM
CAROLINA MODERNEL SOARES
FERNANDA VIEIRA ALMEIDA
GIULIA TARQUINIO DEMARCO
LARISSA FONSECA MULLER
MARILIA LEAO GOETTEMS4
MURIEL DENISSE RIVERA LOPÉZ
VANESSA POLINA PEREIRA DA COSTA4

Página gerada em 10/08/2022 03:09:39 (consulta levou 0.170167s)