Nome do Projeto
Avaliação clínica, metabólica e endócrina de felinos acima do peso em tratamento com dieta hipocalórica, submetidos ou não a atividade física
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
17/10/2022 - 16/10/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
A obesidade é frequente na rotina clínica, sendo a má condição nutricional mais comum e importante, pois pode predispor as comorbidades, além de reduzir a qualidade e expectativa de vida dos animais. O objetivo deste estudo é verificar as alterações clínicas, metabólicas, endócrinas de felinos acima do peso e verificar o efeito da dieta e exercícios físicos na redução do peso. Os pacientes serão atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFPel e deverão ser domiciliados, castrados, adultos, dóceis e acima do peso. Os tutores irão autorizar a participação por intermédio do termo de consentimento livre esclarecido e serão convidados a responder um questionário contendo vinte questões objetivas relacionadas ao manejo nutricional e ambiental desses animais. Posteriormente, será realizado anamnese, exame físico geral e aferição da pressão arterial sistólica. Em seguida, será realizada a avaliação nutricional por intermédio da análise do peso, escore de condição corporal, índice de massa muscular e medidas morfométricas (Circunferência abdominal e torácica, estatura e comprimento da patela-calcâneo). Após será realizada coleta de amostras sanguíneas e serão avaliados os seguintes parâmetros: hemograma, creatinina, ureia, fosfatase alcalina, alanina aminotransferase, gama-glutamiltranspeptidase, albumina, frutosamina, glicose, colesterol total, triglicerídeos, e alíquotas de soro serão criopreservadas para posterior mensuração de leptina e adiponectina. Feitos esses procedimentos, os felinos serão distribuídos em dois grupos de forma aleatória simples por intermédio de sorteio: o grupo A receberá a prescrição de dieta para perda de peso e indicação de exercícios físicos e o grupo B receberá apenas indicação de dieta hipocalórica, totalizando 15 animais por grupo. Logo, todos os felinos do grupo A receberão um planejamento nutricional e um protocolo de exercícios físicos, em que serão instituídas atividades físicas, mensalmente, de maneira gradativa de cinco, dez, quinze e vinte minutos. Os exercícios serão trocados mensalmente e haverá um cuidado para adaptar os animais as atividades propostas. As atividades físicas serão realizadas por intermédio de enriquecimento ambiental (físico, cognitivo, social, sensorial e alimentar). Os animais serão acompanhados mensalmente, totalizando cinco avaliações em 120 dias, no HCV-UFPel, onde serão verificados peso, medidas morfométricas, pressão arterial sistólica, introdução de novos exercícios e ajuste na dieta se necessário.

Objetivo Geral

Verificar as alterações clínicas, metabólicas, endócrinas de felinos acima do peso e verificar o efeito da dieta e exercícios físicos na redução do peso

Justificativa

É de grande relevância realizar estudos nessa área, pois a prevalência de gatos acima do peso é significativa na rotina clínica. O acúmulo excessivo de tecido adiposo é considerado um distúrbio nutricional e pode proporcionar efeitos mecânicos, metabólicos e endócrinos ao organismo, desse modo, sendo de suma importância a realização do tratamento. Portanto, pretende-se esclarecer algumas lacunas ainda não descritas sobre o tema, além de auxiliar na conduta clínica dos médicos veterinários e promover melhora na condição clínica, qualidade de vida e bem-estar aos felinos.

Metodologia

Serão incluídos gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV-UFPel), distribuídos em dois grupos: o grupo A receberá a prescrição de dieta hipocalórica e indicação de exercícios físicos e o grupo B receberá apenas indicação de dieta hipocalórica, totalizando 15 animais por grupo. Os tutores serão convidados a responder um questionário contendo 20 questões. A próxima etapa do atendimento será a realização do exame físico, aferição de pressão arterial sistólica, cinco vezes, no membro torácico direito pelo método não-invasivo de Doppler vascular portátil para obtenção do valor médio mensuração das medidas morfométricas (circunferência torácica, distância entre a patela e a tuberosidade calcânea, circunferência abdominal) para posteriormente dispor os valores nas fórmulas de índice de massa corporal felina (IMCF) e cálculo do peso ideal. Após será realizada a coleta de amostra sanguínea para a seguintes análises: hemograma, glicose, colesterol total, triglicerídeos, alanina aminotransferase (ALT), gama-glutamiltranspeptidase(GGT), creatinina, ureia e fosfatase alcalina (FA) e alíquotas de soro serão armazenadas para posterior mensuração de leptina e adiponectina. Após as avaliações será instituído um planejamento nutricional para os gatos de ambos os grupos. Logo, os felinos do grupo A receberão um planejamento nutricional e um protocolo de exercícios físicos, em que serão instituídas atividades físicas, mensalmente, de maneira gradativa de cinco, dez, quinze e vinte minutos. Os exercícios serão trocados mensalmente, logo haverá um cuidado para adaptar os animais as atividades propostas. As atividades físicas serão realizadas por intermédio de enriquecimento ambiental (físico, cognitivo, social, sensorial e alimentar). O acompanhamento consistirá de retornos mensais, totalizando cinco avaliações em 120 dias, no HCV-UFPel, onde serão verificados peso, medidas morfométricas, pressão arterial sistólica, introdução de novos exercícios e ajuste na dieta se necessário. No fim do período experimental (120 dias de acompanhamento), serão realizadas todas as avaliações iniciais como, aferição da pressão arterial e medidas morfométricas, classificação do ECC e IMM, avaliação do peso e coleta de amostra sanguínea. Os dados serão tabelados e analisados pelo programa estatístico GraphPadPrism 8.0.

Indicadores, Metas e Resultados

- Orientar os tutores sobre o manejo nutricional a partir da identificação dos fatores de risco após a análise do questionário;
- Realizar o acompanhamento dos pacientes analisando os efeitos da dieta, exercícios físicos e também incentivar e motivar os tutores, a partir dos resultados alcançados;
- Acompanhar os pacientes mensalmente por quatro meses, com o intuito de verificar: a evolução da perda de peso e medidas morfométricas;
- Avaliar os valores de PAS mensalmente para verificar se há aumento de PAS nos animais estudados;
- Analisar as concentrações de leptina e adiponectina após a perda de peso;
- Compreender a influência do tempo de atividade física no processo de perda de peso e na condição clínica dos pacientes.
- A partir da elaboração do projeto espera-se identificar e minimizar os fatores de risco da população estudada, assim como realizar o acompanhamento e verificar a perda de peso, das medidas morfométricas e também analisar se há aumento da PAS nos felinos estudados.
- Pretende-se verificar a influência positiva dos exercícios físicos durante a perda de peso e também na condição clínica do paciente. Além disso, espera-se analisar as concentrações de leptina e adiponectina após a perda de peso, assim como em outros parâmetros avaliados como, por exemplo, colesterol total. Em geral, espera-se promover melhora na condição clínica, qualidade de vida e bem-estar dos pacientes.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA RAQUEL MANO MEINERZ1
ANTONIELLI DOS SANTOS RADTKE
CAMILA MOURA DE LIMA
CAROLINE XAVIER GRALA
CLÁUDIA BEATRIZ DE MELLO MENDES
DANIELA MADEIRA LEITE
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN1
MARCIA DE OLIVEIRA NOBRE2
MARIANA CRISTINA HOEPPNER RONDELLI3
MARIANA TIMM KROLOW
MARTIELO IVAN GEHRCKE1
MIRIANE MENDES PEREIRA
PÉTER DE LIMA WACHHOLZ
RISCIELA SALARDI ALVES DE BRITO
SERGIANE BAES PEREIRA
SERGIO JORGE1

Página gerada em 25/04/2024 05:58:18 (consulta levou 0.182533s)