Nome do Projeto
Atendimento psicológico e promoção de saúde no hospital
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/06/2017 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Saúde
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
A situação de adoecimento representa uma ruptura do estado equilibrado do indivíduo e gera uma série de repercussões em sua vida, tanto do ponto de vista físico quanto emocional, que podem ser agravadas por longos períodos de internação hospitalar. Os serviços da psicologia são fundamentais para a promoção de saúde dos pacientes em hospital. Com base nisso, o principal objetivo deste projeto de extensão é propiciar a melhora da qualidade de vida e promoção de saúde dos pacientes crônicos internados no Hospital Escola da UFPel. As atividades realizadas serão o acolhimento humanizado aos pacientes; triagem psicológica; e acompanhamento de pacientes crônicos e de seus familiares durante a internação hospitalar. A partir da realização dessas atividades, a equipe espera promover a melhoria da qualidade de vida dos pacientes, o que pode ter impactos positivos significativos sobre a evolução de seu tratamento.

Objetivo Geral

O objetivo geral deste projeto de extensão é propiciar a melhora da qualidade de vida e promoção de saúde dos pacientes crônicos internados no Hospital Escola. Os objetivos específicos são: (a) oferecer acolhimento humanizado aos pacientes; (b) realizar triagem psicológica; (c) acompanhar a evolução de aspectos emocionais de pacientes crônicos e de seus familiares durante a internação hospitalar; (d) realizar intervenções que visem à promoção de saúde desses pacientes.

Justificativa

A situação de adoecimento representa uma ruptura do estado equilibrado do indivíduo. A condição de vulnerabilidade e a mortalidade humanas são lembradas de forma objetiva com o aparecimento de uma patologia. Frente a esta situação de crise, desencadeiam-se repercussões emocionais como ansiedade, medo, angústia, tristeza entre outros sentimentos (Figueiredo; Giglio; Botega, 2006). Conforme Simonetti (2004), a psicologia hospitalar é a área que se propõe a entender e tratar os aspectos psicológicos relacionados com o adoecimento. Dessa forma, a atuação da psicologia em uma instituição hospitalar visa apreender e compreender os sentimentos, desejos, fantasias, crenças, pensamentos e comportamentos dos pacientes a fim de entender como esses aspectos se mostram com a nova realidade, isto é, a doença física. Trata-se, portanto, de fundamentar a prática com base no modelo biopsicossocial da psicologia da saúde e, assim, oferecer uma melhor qualidade de vida e promoção de saúde aos pacientes internados.

Metodologia

Alunos de graduação do curso de Psicologia da UFPel proporcionarão um acolhimento humanizado aos pacientes crônicos internados no hospital, além de realizar triagem psicológica e acompanhamento dos pacientes e de seus familiares durante a internação hospitalar. Os estudantes preencherão diários de campo, relatando suas atividades. Como os alunos ainda estão em formação, serão realizadas supervisões locais e também acadêmicas para orientá-los e acompanhar a sua evolução.

Indicadores, Metas e Resultados

A avaliação dos resultados será realizada de maneira qualitativa, a partir da percepção dos estudantes e de suas supervisoras, bem como dos pacientes e de seus familiares, e da equipe multidisciplinar de atendimento. Em uma estimativa inicial, que poderá sofrer alterações no decorrer da implementação do projeto, cada aluno atenderá cerca de 40 pacientes, totalizando 200 pessoas. Os resultados esperados estão relacionados à melhora da qualidade de vida dos pacientes atendidos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AIRI MACIAS SACCO5
AMANDA DE ALMEIDA SCHIAVON
BRUNA APARECIDA KAPPER
JANINE PESTANA CARVALHO
KEILA SAMPAIO ORTIZ
MÁRCIO ANDRÉ DA SILVA TORRES
NATÁLIA SILVEIRA NALÉRIO
RENICE EISFELD MACHADO
ROBERTA DA CUNHA DUTRA
TAIS MANJOURANY LEIVAS

Página gerada em 28/06/2022 15:02:17 (consulta levou 0.073403s)