Nome do Projeto
Estudo clínico observacional descritivo de próteses dentárias
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/05/2023 - 01/03/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
A ausência dentária acaba levando a necessidade de confecção de próteses, fixas ou removíveis, com o intuito de devolver ao paciente condição estética e funcional satisfatória. Ao longo dos anos estudos tem mostrado que esses tratamentos protéticos conseguem devolver boas condições clínicas aos pacientes no curto prazo, sendo alternativas de tratamento. No entanto, o que se espera dos tratamentos dentários é que eles possam sobreviver o máximo possível, mantendos condições estéticas e funcionais satisfatórias aos pacientes ao longo dos anos. Dessa forma, visando ter conhecimento sobre a qualidade dos tratamentos protéticos realizados na clínica do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Odontologia, esse estudo objetiva, através de um estudo clínico observacional descritivo, rechamar os pacientes que tiveram seus tratamentos protéticos finalizados entre 2015-2022, com o intuito de avaliar a condição clínica dos pacientes submetidos a tais tratamentos.

Objetivo Geral

Avaliar as taxas de sucesso e sobrevivência dos elementos dentários submetidos a diferentes tipos de tratamentos protéticos entre 2015 e 2022.

Justificativa

Essa análise permitirá identificar quais tratamentos apresentam maior longevidade aos dentes remanescentes e assim orientar o clínico na escolha de quais tratamento geram maiores benefícios aos pacientes.

Metodologia

Será um estudo clínico prospectivo longitudinal com pacientes atendidos na Clínica de Reabilitação Oral, Disciplina do Programa de Pós-Graduação em Clínica Odontologica da UFPel, durante o período de julho de 2015 a abril de 2022. Todas as restaurações indiretas foram realizadas por alunos de pós-graduação e todas as etapas laboratoriais foram confeccionadas pelo mesmo laboratório protético. O acompanhamento desses pacientes já havia sido previsto e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas (parecer CAAE 71718317.0.1001.5317). Os pacientes serão rechamados anualmente, até o ano de 2026, sendo realizadas avaliações clínicas e radiográficas de todos pacientes.

Critérios de inclusão e exclusão
Para serem incluídos no estudo, os pacientes devem ter recebido restaurações indiretas livres de metal (coroas, facetas ou próteses parciais fixas), terem retornado para pelo menos uma reavaliação clínica e terem aceito fazer parte do estudo.

Desfechos primários e secundários
O desfecho principal avaliado será a taxa de sobrevivência das restaurações. Será considerado como sobrevivência as restaurações que no momento da reavaliação apresentem-se em boca, mesmo que com falhas pequenas passíveis de reparo, como lascamento da cerâmica de cobertura. Os desfechos secundários avaliados, taxas de sucesso, serão os preconizados por Hickel et al., 2007, de acordo com os critérios da FDI.

Variáveis preditoras e avaliação clínica
As possíveis variáveis preditoras serão obtidas por meio da coleta de dados dos prontuários, sendo estas especificas aos elementos dentais bem como relacionadas ao paciente. As variáveis relacionadas aos dentes serão: quantidade de remanescente dentário; tipo de substrato coronário (dente natural (DN)/ resina composta (RC)/ núcleo metálico fundido, (NM)/ pino fibra de vidro (PF) + RC, DN + PFV + RC, DN + RC); presença e tipo de retentor intrarradicular; cimento utilizado para a cimentação da prótese dentária; tipo de antagonista; tipo de material cerâmico; tipo de perfil gengival e espessura do perfil gengiva. As variáveis relaciondas aos pacientes serão: sexo; idade; presença de hábito parafuncional; escolaridade; renda. Para as reavaliações serão realizados exames clínicos e radiográficos por dois avaliadores, previamente treinados para os desfechos.

Análise dos dados
Os dados clínicos das reavaliações serão anotados em prontuários físicos e depois transportados para uma planilha eletrônica utilizando o programa computacional Excel (Microsoft), com verificações apropriadas para erros. As taxas de sobrevivência e sucesso serão avaliadas através do teste de Kaplan-Meier, bem como serão realizadas análises descritivas das características da amostra. Para essas análises, foi utilizado o software SPSS® 22 for Mac® software (SPSS® Inc., Chicago, IL, EUA).

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se observar que os tratamentos tenham alcançado boas taxas de sobrevivência e sucesso após o período de acompanhamento.
Também espera-se identificar que algumas variáveis, como presença de retentor, perfil gengival fino e pouca quantidade de remanescente, influenciam negativamente as taxas de sobrevivência dos tratamentos protéticos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CESAR DALMOLIN BERGOLI2
DANIEL HUTTNER BORK
LUIZ ALEXANDRE CHISINI1
VINICIUS PEREIRA BALONEQUE

Página gerada em 28/02/2024 22:02:54 (consulta levou 0.118942s)