Nome do Projeto
Atendimento Ortopédico a Acadêmicos de Medicina
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
17/07/2023 - 12/04/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
Mobilidade é vida, e desfrutar da vida com plena capacidade de movimento sem dor, é fundamental para o desenvolvimento humano ideal. Dessa forma, a saúde do ponto de vista ortopédico está diretamente relacionada à qualidade de vida, o que significa que o indivíduo deve apresentar uma boa capacidade musculoesquelética para que possa desempenhar o seu papel na comunidade. Problemas ortopédicos implicam no comprometimento das funções esqueléticas, o que pode levar a restrições ocupacionais, econômicas, sociais e psicológicas. Considerando a necessidade da valorização do autocuidado em saúde para profissionais da área, considerando que muitos acadêmicos do curso de Medicina provenientes de Pelotas ou de outras localidades, muitas vezes têm condições precárias de acesso a serviços de saúde quando necessitam cuidados ortopédicos, considerando ainda, que ao passar na disciplina de Ortopedia e Traumatologia muitos alunos detectam suas próprias dificuldades e solicitam ajuda médica especializada aos professores, percebe-se que o amparo destes estudantes é fundamental dentro do ambiente da Faculdade de Medicina. Assim, o projeto de extensão “Atendimento Ortopédico a Acadêmicos de Medicina” agrega o aprendizado de Ortopedia com o atendimento realizado pelos próprios alunos em conjunto com o professor. A ideia vislumbra oportunizar aos nossos estudantes, além de tratamento médico especializado, um aprendizado técnico empático e o desenvolvimento de profissionais socialmente responsáveis e comprometidos com a saúde global.

Objetivo Geral

Aprofundar conhecimentos teóricos e práticos em Ortopedia através de atendimento médico especializado entre os próprios estudantes.

Justificativa

As atividades contribuirão para a sedimentação do conhecimento ortopédico dos envolvidos e proporcionará maior engajamento docente/discente, o que enriquecerá o currículo do graduando e sedimentará os aprendizados para a futura vida profissional dos estudantes. É necessário aprofundar os conhecimentos teórico-práticos de forma empática a fim de proporcionar aos alunos um melhor entendimento sobre a saúde ortopédica.
Constatando a necessidade propiciar o atendimento ortopédico aos acadêmicos de Medicina da UFPel e a importância de estimular o cuidado musculoesquelético, criou-se esse projeto que leva de maneira gratuita apoio aos nossos estudantes. Visamos também, melhor rendimento e aprendizado acadêmico, contribuindo assim para a vida profissional dos envolvidos.

Metodologia

Atendimento ambulatorial.

Indicadores, Metas e Resultados

O nosso principal indicador de sucesso do projeto será́ a adesão dos alunos, tanto como pacientes, quanto como “médicos”. Nossas metas e resultados esperados são:
• Auxiliar na busca da saúde, da motivação e da participação dos alunos;
• Ampliar a qualificação acadêmica;
• Facilitar o acesso à Ortopedia;
• Atendimento de acadêmicos que necessitam de cuidados ortopédicos.
Esperamos que os assuntos abordados auxiliem na elaboração de conceitos de qualidade de vida, ergonomia, prevenção de lesões e saúde musculoesquelética, além de auxiliar na qualificação acadêmica facilitando o acesso à especialidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JOAO GABRIEL FAYYAD SANTOS
LUIZ FABIANO GOMES GULARTE6
SABRINA OLIVEIRA DA COSTA1

Página gerada em 26/02/2024 03:55:48 (consulta levou 0.112977s)