Nome do Projeto
A inclusão digital em escolas públicas
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/09/2023 - 01/09/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Metodologias e estratégias de ensino/aprendizagem
Resumo
Para o estudo do espaço geográfico torna-se necessário a junção de várias informações e conhecimentos, bem como suas interrelações, as quais podem ser trabalhadas e manipuladas com o auxílio das novas tecnologias digitais. Sendo assim, este projeto visa realizar a inclusão digital a partir de mapeamentos e uso de ferramentais computacionais, como web sig, google Earth, sistemas de visualização de imagens orbitais e suborbitais, entre outros, que criem novas possibilidades didáticas instigando o aluno a participar ativamente no seu processo de aprendizagem. Com isto a Universidade esta cumprindo com um dos seus fundamentos que é a Extensão Universitária e, portanto, revigorando o seu processo ensino aprendizagem.

Objetivo Geral

Proporcionar a comunidade escolar municipal de Pelotas os conhecimentos das atuais tecnologias digitais de mapeamento e de seu uso prático na educação.

Justificativa

A revolução causada pelos meios técnico-científico-informacionais vem causando profundas mudanças nos processos de ensino-aprendizagem. Cada vez mais as mídias digitais estão disponíveis para os diversos usuários interessados, sendo que por vezes, cabe ao professor se utilizar destas ferramentas como material de auxilio no processo educativo. Sendo assim, este projeto se justifica pelo uso de ferramentas espaciais digitais como material que corrobora na assimilação de conhecimentos de maneira atualizada, intuitiva e interdisciplinar. E também por serem métodos de ensino mais atrativos perante a alunos cada vez mais envolvidos em tecnologias digitais. Portanto, pretende-se com o projeto proporcionar uma formação continuada aos professores de escolas públicas do município de Pelotas e consequentemente aos alunos das mesmas, fomentando o papel da UFPel como agente de extensão universitária na sua região de atuação.

Metodologia

A metodologia a ser empregada visa treinar e atualizar a comunidade escolar no uso das ferramentas digitais de mapeamento, através de aulas expositivas e práticas em ambiente computacional. Serão exemplificadas as ferramentas de diversos sistemas de mapeamento e visualização de imagens digitais terrestres, através de atividades lúdicas e profissionalizantes, proporcionando aos diferentes níveis acadêmicos o conhecimento
das geotecnologias. Também serão distribuídas apostilas de treinamento visando a formação continuada dos professores e fornecendo para estes material didático para a divulgação das ferramentas de mapeamento digital.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto visa o compartilhamento de tecnologias de inclusão digital em escolas públicas, onde que
anualmente a meta do projeto é difundir os conhecimentos em no mínimo 5 escolas, com uma média de 300 alunos e 12 professores. Com o intuito de avaliar as etapas do projeto, serão aplicados questionários antes e depois das oficinas de inclusão digital, gerando assim indicadores de inclusão digital e de suporte ao melhoramento do projeto. Esse processo resulta em uma evolução contínua das atividades e do projeto. Por fim, os resultados esperados tangem a assimilação dos conhecimentos de inclusão digital na rotina de ensino dos professores das escolas públicas contempladas e o aumento da assiduidade dos alunos nas competências desenvolvidas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE FELIPE BRUCH2
ANA CAROLINA BOTELHO POSTIGLIONE
DANIEL BAYER DA SILVA4
FELIPE MARTINS MARQUES DA SILVA10
IGOR WILLRICH LULIER
ISABEL CORDEIRO BORGES
MARCIANO CARNEIRO2
RICARDO GIUMELLI MARQUEZAN10

Página gerada em 05/03/2024 08:40:46 (consulta levou 0.182440s)