Nome do Projeto
Impactos agudo e crônico de um programa multicomponente de atividade física no perfil do doente renal crônico pré-dialítico
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
16/08/2023 - 15/08/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
Introdução: A doença renal crônica (DRC) é um problema de saúde pública com abrangência mundial, conceituada como lesão renal superior a três meses ou redução da taxa de filtração glomerular, sendo que ambos fatores estão associados e contribuem para redução de capacidade funcional. Segundo dados recentes, estudos têm sido conduzidos visando minimizar os impactos da DRC, inclusive intervenções com mudanças no estilo de vida. Assim, programas de atividade física têm sido propostos para melhorar a qualidade de vida e capacidade funcional de pacientes renais crônicos, entretanto, protocolos de treino envolvendo DRC em estágio pré-dialítico têm sido pouco relatados na literatura científica. Objetivo: Descrever o perfil sociodemográfico de pacientes renais crônicos pré-dialíticos, bem como investigar os efeitos de programa de exercício físico multicomponente na capacidade funcional, aptidão física, parâmetros metabólicos e na qualidade de vida. Materiais e métodos: Serão conduzidos quatro estudos, independentes, porém interligados, a saber: 1) pesquisa transversal, 2) estudo experimental (impacto agudo da intervenção), e 3) estudo experimental do tipo ensaio clínico randomizado. Para a revisão sistemática e para os estudos experimentais será considerado o Programa Multicomponente ViviFrail®. Para os estudos, irão compor a amostra participantes do banco de dados de pessoas com DRC do Hospital São Francisco. Para dados do estudo transversal, utilizaremos como base aspectos sociodemográficos e parâmetros clínicos dos pacientes extraídos do banco “Nephrosys” disponibilizado pelo hospital. No estudo agudo, consideraremos coleta de dados das seguintes variáveis: antropométricas, psicofisiológicas, aptidão física e capacidade funcional. Para configuração dos dados para intervenção, consideraremos as variáveis: antropométricas, psicofisiológicas, aptidão física e capacidade funcional nos períodos pré e pós intervenção.

Objetivo Geral

Descrever o perfil sociodemográfico de pacientes renais crônicos pré-dialíticos, bem como investigar os efeitos de programa de exercício físico multicomponente na capacidade funcional, aptidão física, parâmetros metabólicos e na qualidade de vida.

Justificativa

Considerando o fato de que pacientes com doença renal crônica (DCR) sofrem maior impacto do processo de envelhecimento, programas de exercícios precisam propor adaptações ao treinamento enfatizando o nível de capacidade funcional, de acordo com a individualidade da pessoa e estágio de desenvolvimento da DRC. A aplicabilidade de programas multicomponentes poderia: (i) considerar a perda progressiva e irreversível da função renal, sua correlação com os fatores de envelhecimento e (ii) devolver autonomia funcional às pessoas, para que realizem suas atividades diárias, até então prejudicadas pelo grau de comprometimento progressivo da doença.
Ao mesmo tempo, ressalta-se a escassez de estudos no que se refere a qual modelo de exercício físico seria adequado para pacientes com DRC, especialmente no sentido de otimizar os parâmetros de capacidade funcional destes indivíduos , e a possibilidade de implementação destes programas em larga escala. Neste cenário emerge a sugestão de uso do Programa VIVIFRAIL™, desenvolvido na Espanha, validado na União Europeia e com iminência de implementação pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em países em processo de envelhecimento. O VIVIFRAIL™ se constitui como uma possibilidade de intervenção com baixa complexidade, e tem gerado efeitos positivos em diversos grupos populacionais idosos. Ele permite a estratificação das pessoas quanto a sua capacidade funcional e possibilita a individualização do programa de treinamento multicomponente. Investigações prévias constataram que 12 semanas de intervenção com este programa pode promover modificações no desempenho físico, funcional e perfil inflamatório de idosos com diferentes níveis de fragilidade.
Assim, a relevância do estudo se justifica a partir da proposta de investigação que considera e inclui população com DRC não dialítica, abordando aspectos de fragilidade e perda de capacidade funcional presentes em pacientes renais. Embora várias pesquisas tenham investigado a prática de exercício para essa população, ainda não se sabe a relação dose-resposta, qual seria o tipo de exercício físico mais ideal e qual geraria maior impacto em variáveis clinicas de pacientes acometidos por DRC em seus estágios iniciais.

Metodologia

Materiais e métodos: Serão conduzidos quatro estudos, independentes, porém interligados, a saber: 1) pesquisa transversal, 2) estudo experimental (impacto agudo da intervenção), e 3) estudo experimental do tipo ensaio clínico randomizado. Para a revisão sistemática e para os estudos experimentais será considerado o Programa Multicomponente ViviFrail®. Para os estudos, irão compor a amostra participantes do banco de dados de pessoas com DRC do Hospital São Francisco. Para dados do estudo transversal, utilizaremos como base aspectos sociodemográficos e parâmetros clínicos dos pacientes extraídos do banco “Nephrosys” disponibilizado pelo hospital. No estudo agudo, consideraremos coleta de dados das seguintes variáveis: antropométricas, psicofisiológicas, aptidão física e capacidade funcional. Para configuração dos dados para intervenção, consideraremos as variáveis: antropométricas, psicofisiológicas, aptidão física e capacidade funcional nos períodos pré e pós intervenção.

Indicadores, Metas e Resultados

Maior relação interinstitucional, produção de conhecimento sobre grupo social que tem pouca atenção do ponto de vista científico, produção de 3 artigos a serem submetidos para revistas internacionais. Destaca-se, ainda, formação de recursos humanos em nível de mestrado e doutorado na área de educação física.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FABRICIO BOSCOLO DEL VECCHIO2
RAFAEL BUENO ORCY2
SAMARA TABANÊS FERNANDES VIEIRA

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
PROAP/CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 26.000,00Coordenador

Página gerada em 03/03/2024 02:04:58 (consulta levou 0.304420s)