Nome do Projeto
Efeitos do uso de Inibidores de Bomba de Prótons (IBPs) em pacientes cirróticos internados no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/01/2024 - 15/01/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
Os inibidores de bomba de prótons (IBPs) estão entre os medicamentos mais prescritos do mundo (Sutherland e Stanley, 2015) e são frequentemente prescritos para pacientes cirróticos (Bajajaj et al, 2012; Merli et al., 2014). Nesses contextos, os IBPs são usados no tratamento de doenças relacionadas ao ácido gástrico e na prevenção de complicações pépticas (Lodato et al, 2008). Contudo, frequentemente os IBPs são prescritos inapropriadamente nesses grupos de pacientes (Goel et al, 2012; Nardelli et al, 2019; Kalaitzakis et al., 2008) e o impacto dessa prática não está completamente descrito (Sutherland e Stanley, 2015). De forma geral, todos os IBPs são metabolizados pelo fígado (Weersink et al, 2018), todavia nos pacientes cirróticos há uma alteração nesse metabolismo com aumento da biodisponibilidade dessas drogas. Essa modificação pode estar associada a complicações de saúde nesses pacientes. Exemplos dessas complicações são uma maior taxa de infecções (Bajajaj et al, 2012; Merli et al, 2014) de todo o tipo com exceção as respiratórias do trato superior (Dam et al, 2018), em especial a infecção de peritonite bacteriana espontânea (Deshpande et al, 2013; Janka et al, 2020; Min et. al, 2014). Em acréscimo, tais pacientes podem ser mais suscetíveis à formação de resistência bacteriana (Maier et al, 2018) e a eventos de descompensação como à encefalopatia hepática (Cole et al, 2016; Nardelli et al, 2019) e à ascite e ao sangramento varicoso (Janka et al, 2020). Portanto, torna-se importante estudar as consequências do uso dos IBPs na saúde dos pacientes cirróticos.

Objetivo Geral

O objetivo geral do presente estudo é avaliar o desfecho de pacientes cirróticos em uso de IBPs por meio da revisão do prontuário dos pacientes internados do Hospital Escola da UFPEL entre os anos de 2017 até 2022.

Justificativa

O uso de IBPs é amplamente utilizado em todo o mundo e com frequência é prescrito em pacientes cirróticos. Muitas vezes, essa prescrição é realizada inadvertidamente e por hábito, e os prejuízos dessa prática são alvos de estudos atualmente. Em pacientes cirróticos, a metabolização dos fármacos se dá de forma diferente pela presença de anastomoses portossistêmicas que desviam o sangue portal sem passagem pelo fígado, aumentando a disponibilidade das drogas. Essas alterações, juntamente com a insuficiência de síntese de proteínas, podem estar relacionadas às complicações da cirrose, como aumento do número de infecções, maior suscetibilidade à resistência bacteriana e a eventos de descompensação.
Tais efeitos adversos podem ser causados pelo supercrescimento e pela translocação de bactérias associados à supressão ácida oriunda do uso crônico dos IBPs.
Atualmente, há escassos estudos demonstrando os efeitos do uso dos IBPs em pacientes cirróticos. Nesse sentido, a presente pesquisa objetiva avaliar o impacto do uso dos IBPs em pacientes com cirrose e colaborar para adequada prescrição desses medicamentos para esse grupo de pacientes, pesando o risco-benefício dessa prática.

Metodologia

Será realizada uma revisão retrospectiva de prontuários de pacientes cirróticos classificados segundo Child Pugh entre os anos de 2017 a 2022 internados no Hospital Escola da UFPEL. O estudo solicitará dispensa de TCLE e será encaminhado para aprovação pelo Comitê de Ética do HE UFPel.
A coleta será realizada por acadêmicos de medicina e residentes do PRM de gastroenterologia devidamente treinados para a sua realização e ressaltando que a Lei Geral de Proteção de dados – LGPD número 13.709 será respeitada. Serão revisadas as internações dos pacientes cirróticos avaliando uso de inibidos de bomba de prótons e complicações da cirrose hepática. Ainda quanto ao sigilo e armazenamento de dados coletados, será utilizado a plataforma google forms. Será garantida a integridade e a confidencialidade das informações, somente pessoas autorizadas terão acesso as informações armazenadas. Os resultados do estudo serão arquivados por cinco anos em arquivo próprio, sob os cuidados dos pesquisadores.
Posteriormente, serão analisados por meio dos testes estatísticos Anova multivariada, Teste exato de Fischer, Análise de regressão logística e Análise COX usados no program R studio versão 4.0.2 a fim de comparar os grupos, estabelecendo os graus de liberdade, p valor e, consequentemente, a força de cada variável no resultado esperado.


Indicadores, Metas e Resultados

Com este trabalho esperamos identificar se há associação entre o uso de inibidor de bomba de prótons e incidencia ou risco de infecção nos pacinetes cirróticos e com isso tentar evitar o uso desnecessário desta medicação através da avaliação mais rigorosa das indicações

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BERTIELLE MISSIO BESSOW
CAROLINE LOPES FARIAS
CINTIA RODRIGUEZ BARROS
ELSON RANGEL CALAZANS JUNIOR
ELZA CRISTINA MIRANDA DA CUNHA BUENO
GEOVANA LIMA MOULAIS
JOÃO VICTOR BEZERRA DA CRUZ
LUAN SOARES DA SILVA
LUIZ GUSTAVO LEAL PEREIRA JUNIOR

Página gerada em 18/04/2024 00:29:55 (consulta levou 0.138814s)