Nome do Projeto
COLABORAÇÃO TÉCNICA EM MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE ENTRE UFPEL E UFCSPA
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
09/02/2024 - 01/02/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
O servidor docente da UFPel irá atuar diretamente no Departamento de Saúde Coletiva da UFCSPA e conforme prevê este projeto conforme descrito nos objetivos geral e específicos, e nas especificações das atividades a serem desenvolvidas pelo servidor, atuando na indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão na UFCSPA. Na área de Medicina de Família e Comunidade, o servidor buscará fortalecer práticas baseadas no Método Centrado na Pessoa (MCP), focando nas habilidades de comunicação, nas atitudes éticas e na aplicação dos conhecimentos clínicos para atender o indivíduo do pré-natal até a senectude, contemplando suas diferentes fases de vida no cenário da Atenção Primária à Saúde (APS), bem como da sua família e da comunidade onde está inserido. O servidor pretende participar de outras atividades de extensão da UFCSPA como por exemplo as “Feiras da Saúde”, o “UFCSPA acolhe” seminários e simpósios abertos a comunidade porto alegrense. O servidor estimulará a participação de alunos em atividades de extensão na UFCSPA voltadas a população.

Objetivo Geral

Estabelecer colaboração técnica com ênfase na Extensão entre servidor docente da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), no Departamento de Saúde Coletiva e Unidades de Saúde vinculadas a UFCSPA.

Justificativa

Trata-se de desenvolvimento conjunto de atividades entre as instituições Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) e Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) justificadas pela necessidade de troca e produção conjunta de conhecimentos relativos à formação de acadêmicos e docentes da área de Medicina de Família e Comunidade (MFC) e Saúde Coletiva no âmbito das Instituições Federais de Educação Superior.
As interações por via Colaboração Técnica com ênfase em Extensão são recomendadas para que haja renovação e aprimoramento docente para contribuir para a formação dos docentes e alunos da área da saúde, buscando a qualificação docente e discente multiprofissional. Assim, a população atendida pelos Serviços de Saúde da UFCSPA será atendida de maneira mais humana nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e outros serviços de saúde, atuando diretamente na diminuição das Desigualdades Sociais junto à comunidade porto alegrense.
O docente em Colaboração Técnica tem formação completa e expertise de ensino e preceptoria na área da Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva, pretendendo atuar de maneira indissociada no ensino, pesquisa e extensão na UFCSPA.
A partilha de experiências entre os docentes de saúde das diferentes IES deve ser estimulada, a fim de que as boas práticas de ensino, pesquisa e extensão da Saúde Coletiva e MFC sejam partilhadas, colaborando na formação dos estudantes e na qualidade do ensino.
A comunidade será beneficiada diretamente através de discentes formados em Medicina de Família e Comunidade e atentos a Medicina Centrada na Pessoa.
Sendo assim, trata-se do objetivo desse projeto estabelecer Colaboração Técnica com ênfase Extensionista entre a Universidade Federal de Pelotas e a Universidade Federal Ciências da Saúde de Porto Alegre, no Departamento de Saúde Coletiva e Serviços de Saúde com atendimento à população da UFCSPA.

Metodologia

O servidor docente da UFPel irá atuar diretamente no Departamento de Saúde Coletiva da UFCSPA e conforme prevê este projeto conforme descrito nos objetivos geral e específicos, e nas especificações das atividades a serem desenvolvidas pelo servidor, atuando na indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão na UFCSPA.
Na área de Medicina de Família e Comunidade, o servidor buscará fortalecer práticas baseadas no Método Centrado na Pessoa (MCP), focando nas habilidades de comunicação, nas atitudes éticas e na aplicação dos conhecimentos clínicos para atender o indivíduo do pré-natal até a senectude, contemplando suas diferentes fases de vida no cenário da Atenção Primária à Saúde (APS), bem como da sua família e da comunidade onde está inserido.
Conforme o Projeto Pedagógico (PPC) do Curso de Medicina da UFCSPA o município de Porto Alegre está dividido em regiões denominadas Distritos Docentes Assistenciais (DDAs), que se constituem em territórios geográficos dentro da cidade, no qual ocorre a Integração Docente Assistencial (IDA). A UFCSPA desenvolve suas atividades prioritariamente na Gerência Distrital de Saúde Norte/Eixo Baltasar, região esta que possui uma população de aproximadamente 180 mil habitantes atendidos por 11 unidades com Estratégia de Saúde da Família (ESF) em 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS).
O servidor pretende participar de outras atividades de extensão da UFCSPA como por exemplo as “Feiras da Saúde”, o “UFCSPA acolhe” seminários e simpósios abertos a comunidade porto alegrense. O servidor estimulará a participação de alunos em atividades de extensão na UFCSPA voltadas a população.

Indicadores, Metas e Resultados

1- Colaborar nas disciplinas com atividade de extensão a comunidade do Departamento de Saúde Coletiva da UFCSPA;
Indicador: Número de disciplinas do Departamento de Saúde Coletiva com atividades de extensão a comunidade.
Meta: Atuar em pelos menos três disciplinas do Departamento de Saúde Coletiva por semestre, que tenham atividades de extensão a comunidade.
Resultado esperado: Atuação em três disciplinas do DSC por semestre.
2- Participar de pesquisas na UFCSPA;
Indicador: Participação em projetos de pesquisas.
Meta: Participar de pelo menos um projeto de pesquisa por ano de colaboração.
Resultado esperado: Participação em pelo menos dois projetos de pesquisa durante a colaboração técnica.
3- Apoiar e/ou coordenar atividades de extensão curriculares da UFCSPA;
Indicador: Número de atividades de extensão curriculares da UFCSPA por semestre.
Meta: Participar de duas atividades de extensão por semestre.
Resultado esperado: Participação em pelo menos oito atividades de extensão nos dois anos de colaboração técnica.
4- Colaborar na preceptoria dos alunos do Internato de Medicina de Família e Comunidade da UFCSPA nos serviços de saúde da UFCSPA;
Indicador: Número de alunos do Internato de Medicina de Família e Comunidade que receberão preceptoria por semestre.
Meta: Realizar preceptoria de pelo menos 13 alunos do Internato de Medicina de Família e Comunidade por semestre.
Resultado: Ter realizado preceptoria de pelo menos 52 alunos do Internato de Medicina de Família e Comunidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ROGERIO DA SILVA LINHARES60

Página gerada em 23/04/2024 20:17:59 (consulta levou 0.128101s)