Nome do Projeto
36 Simpósio Nacional de Educação Física
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
08/11/2017 - 10/11/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Saúde
Linha de Extensão
Formação de professores
Resumo
A 36ª edição do Simpósio Nacional de Educação Física da Escola Superior de Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (ESEF/UFPel) tem como tema “Movimento corporal como revolução social”. Tal temática emerge em um contexto no qual o Brasil tem observado e vivido esforços multilaterais em busca da afirmação do Estado Social de Direito, bem como da democracia e cidadania. O Simpósio Nacional de Educação Física da ESEF/UFPel envolve acadêmicos de graduação e de pós-graduação predominantemente de toda a região sul do país, professores de Educação Física do sudeste do estado do Rio Grande do Sul, envolvidos com a Educação Física Escolar e com as diferentes formas de práticas corporais, além de docentes de diferentes regiões do país. Em 2017 ele acontecerá entre os dias 8 e 10 de novembro, e contará com 11 palestras, 12 cursos, além de atividades culturais, apresentações de trabalhos em formatos orais e como pôster.

Objetivo Geral

OBJETIVOS GERAIS: Realizar evento científico de elevada qualidade e periodicidade anual na área de Educação Física, em Instituição de Ensino Superior pública localizada na região sul do país.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

- Proporcionar maior divulgação e socialização dos estudos relacionados à Educação Física e ao Esporte realizados por professores, profissionais, discentes da graduação e da pós-graduação de diferentes regiões do país.
- Constituir distinto fórum acadêmico que aglutina pesquisadores, professores, profissionais, alunos da graduação e da pós-graduação interessados em estudar a Educação Física e as suas áreas afins.
- Proporcionar subsídios acadêmicos para melhor compreensão da área, com temáticas contemporâneas e pertinentes aos agires e fazeres profissionais em Educação Física e Esporte.
- Investir em jovens pesquisadores brasileiros, profissionais promissores e docentes comprometidos com a qualidade da formação para uma intervenção profissional de qualidade.
- Promover debates acadêmicos com pesquisadores de elevado nível científico e experiência internacional na área de Educação Física e Esporte.
- Capacitar profissionais da área, considerando o processo de formação continuada e que contribui com o aprimoramento das rotinas e demandas do mercado de trabalho.

Justificativa

O Simpósio Nacional de Educação Física é evento realizado unicamente com fins acadêmicos, e que congrega pesquisadores de diferentes regiões do país. Ao se considerar a estrutura geográfica regional, constitui-se como o mais antigo da área, com mais de 30 anos, e está sediado em Universidade Pública Federal. O aporte financeiro oriundo de órgão públicos é fundamental para garantir sua qualidade e para que se consiga implementar diversas ações, a saber:

1) Transporte, hospedagem e alimentação de palestrantes, reconhecidamente com mérito acadêmico e científico elevados;
2) Logística de organização e estruturação do evento, bem como da publicação dos trabalhos apresentados em anais;
3) Impressões de material para divulgação do evento;
4) Aquisição de material de escritório para as rotinas de secretaria e expediente.

Aponta-se, ainda, que a temática deste ano “MOVIMENTO CORPORAL COMO REVOLUÇÃO SOCIAL” explicita possibilidades diversas e contemporâneas para discussões. Aponta-se que tal temática tem pertinências nas mais variadas áreas de atuação profissionais e que abrangerá elevado contingente acadêmico e profissional em evento voltado à atualização científica e capacitação profissional.
A ESEF/UFPel embora esteja há mais de 200 km de distância de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, conta com quadros docente e discente ativos na comunidade científica da Educação Física. Tal fato mobiliza profissionais já formados em níveis de graduação e pós-graduação a se manterem em constante atualização e formação continuada. A partir de 2014, com a aprovação do seu curso de doutorado pela Capes, a Pós-Graduação da ESEF/UFPel adquiriu uma maior relevância, nesse novo contexto, o Simpósio tem se revelado evento estratégico para o fortalecimento da Especialização, do Mestrado e do Doutorado. Além de fortalecer a Pós-Graduação local, o evento serve como aglutinador de alunos de outros cursos de Graduação e Pós-Graduação, os quais vêm ao Simpósio para apresentarem seus estudos e pesquisas.

Metodologia

O Simpósio Nacional de Educação Física tem como principal intenção fomentar discussões sobre a área da Educação Física, com vistas à formação de professores mais capacitados e que possam orientar as práticas profissionais. Para isto, conta-se com agenda extensa durante três dias, com palestras ministradas por palestrantes de diferentes regiões do país, sendo que em 2017 haverá contribuições da região norte, nordeste, sudeste e sul, com 11 palestras, 12 cursos - organizados em áreas fitness, esporte e escolar, bem como como apresentações de trabalhos previamente submetidos e aprovados pela comissão científica, nos formatos oral e pôster.
As palestras terão duração de 60min, com mais 30min para discussões. Os cursos terão 4h de duração, e ocorrerão em 4 turnos. Dois turnos serão dedicados às apresentações dos trabalhos científicos, os quais irão compor Anais do 36º Simpósio Nacional de Educação Física.

Indicadores, Metas e Resultados

O Simpósio Nacional de Educação Física da ESEF/UFPel envolve acadêmicos de graduação e de pós-graduação predominantemente de toda a região sul do país, profissionais de Educação Física do sudeste do estado do Rio Grande do Sul, envolvidos com a Educação Física Escolar e com as diferentes formas de práticas corporais, além de docentes de diferentes regiões do país.
Edições recentes do Simpósio envolveram entre 200 e 250 participantes, e a edição de 2014, com aporte financeiro, contou com mais de 400 inscritos. Ao se considerarem os esforços e mobilizações coletivas, a expectativa para o evento de 2017 é de se atingir total de 450 participantes. Tais profissionais envolvidos com o evento têm a oportunidade de apresentar resumos no formato pôster, temas livres no formato oral, bem como interagir com outros cientistas e pesquisadores de diferentes estados da nação.
A troca de conhecimentos nos três dias do evento é intensa, e inclusive permite que sejam tecidas redes colaborativas para investigações científicas, bem como organizados diferentes procedimentos para intercâmbios e relacionamentos interinstitucionais. Ao longo das edições do Simpósio foram realizadas aproximações que culminaram em produção científica colaborativa internacional, estágios nacionais e internacionais em universidades, bem como celebração de convênios, os quais tem se refletido em possibilidades no âmbito da pós-graduação e até pós-doutorado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AIRTON JOSE ROMBALDI40
ALEXANDRE CARRICONDE MARQUES40
BRUNO NICANOR MELLO DA SILVA
EDUARDO MERINO40
ERALDO DOS SANTOS PINHEIRO42
FABRICIO BOSCOLO DEL VECCHIO42
GABRIEL VÖLZ PROTZEN
LEONY MORGANA GALLIANO
LÉO DUTRA CABISTANY
Millen Gabrielle da Silva Reis
ROSSANO DINIZ
ROUSSEAU SILVA DA VEIGA

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
InscriçõesR$ 30.000,00Fundação de Apoio Universitário - FAU
CAPESR$ 19.250,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
Hospedagem e alimentaçãoR$ 9.250,00
Manutenção de máquinas e equipamentosR$ 10.000,00
Despesa administrativa da fundação de apoioR$ 2.770,62
Passagens e despesas com locomoçãoR$ 10.000,00
Material de laboratórioR$ 5.000,00
Material de manutenção de máquinas e equipamentosR$ 7.729,38
Equipamentos e material permanente (móveis, máquinas, livros, aparelhos etc.)R$ 4.500,00

Página gerada em 03/07/2022 06:15:41 (consulta levou 0.081425s)