Nome do Projeto
XXXVI ENCONTRO REGIONAL DE ESTUDANTES DE ARQUITETURA E URBANISMO - PELOTAS 2018
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
15/02/2018 - 30/07/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Cultura / Educação
Linha de Extensão
Desenvolvimento urbano
Resumo
O encontro é idealizado, organizado e promovido por estudantes de arquitetura. Ele tem o intuído de promover o intercâmbio de informações, opiniões e conhecimentos, discutidos nas diversas unidades de ensino. É um projeto da Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura, maior entidade de representação estudantil de Arquitetura e Urbanismo, que abrange mais de 50 mil estudantes em cerca de 200 universidades brasileiras. Oferece aos participantes a integração entre os mesmos através de oficinas, mesas redondas, palestras, visitas guiadas, mostras culturais, concursos, congressos de iniciação científica entre outras atividades. O XXXVI Encontro de Arquitetura da Regional Sul, que será realizado na cidade de Pelotas, no período de 29 de março a 03 de abril de 2018 possui como objetivo o debate das contradições inerentes à cidade, e divide-se em três eixos temáticos: tradições, contradições e resistência. O projeto de extensão é envolto, entretanto, por um período de abrangência muito mais amplo, pois sua construção, enquanto debate e reflexão, já foi iniciada, e se alargará para depois do evento.

Objetivo Geral

Democratizar o acesso ao debate e às discussões acerca da cidade, das problemáticas urbanas e do reconhecimento do patrimônio cultural e edificado, para tanto, o projeto como:
Exploração do conceito e entendimento de patrimônio cultural e edificado, através da visão ampliada da história e dos territórios já consolidados e reproduzidos
Crítica às metodologias do Ensino e atuação do profissional de Arquitetura e Urbanismo
Organização e mobilização dos estudantes, através; da discussão das demandas, problemáticas e necessidades dos mesmos
Encontro de saberes entre comunidade externa e comunidade acadêmica, enquanto agentes de transformação social.

Justificativa

A estruturação do XXXVI Regional de Arquitetura e Urbanismo, da-se pela soma de diversas ações que possibilitem o debate e o intercâmbio de conhecimentos, acerca da atual realidade de formação de arquitetos e urbanistas, bem como a atuação desses profissionais como potentes modificadores da paisagem e morfologia urbana. Propõe-se como pauta do evento a segregação socioespacial, os direitos básicos de mobilidade e acesso a cidade, e a instrumentalização da população como todo, e dos próprios profissionais como agentes desse contexto. Além de propor o reconhecimento do patrimônio e da cultura que o permeia, caracteriza e modifica a cidade. Segundo David Harvey (2012), a liberdade da cidade é muito mais ampla do que somente o acesso ao já constituido socialmente, mas é o desejo e o direito de transformar a realidade. E é necessário que essas questões sejam colocadas em evidência, e discutidas, para que, estudantes e profissionais da área sejam socioresponsáveis e atentos às demandas existentes no seu âmbito de atuação.

Metodologia

Os Encontros são os maiores e mais conhecidos projetos idealizados, organizados e promovidos pela FeNEA (Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura), possuem um caráter amplo por abordarem temas relativos a arquitetura e urbanismo, assim como seu ensino, pesquisa e extensão.Os Encontros são co-organizados pelas Comissões, geralmente constituídas por estudantes das cidades sede. As comissões são peças fundamentais nessa construção, devido o imenso volume de trabalho, a complexidade organizacional e às dimensões alcançadas pelo projeto. O projeto, portanto, divide-se em uma pré organização do evento, no evento propriamente dito e na sistematização de resultados gerados. Para que esse processo seja realizado, a comissão organizadora se divide em diretorias que tratam de questões relativas às atividades do evento, à formação de alianças e apoios institucionais, à divulgação do evento e produção de identidade visual e a infraestrutura física do local. O evento em si, será composto por oficinas, mesas redondas, palestras, visitas guiadas, mostras culturais, concursos, congressos de iniciação científica entre outras atividades, a serem desenvolvidas no período do evento.

Indicadores, Metas e Resultados

-O evento em si está sendo pensado para a participação de, aproximadamente: 600 estudantes de arquitetura e urbanismo, 20 oficiantes, 3 palestrantes, 15 debatedores, 6 avaliadores de mostra de trabalhos acadêmicos, 8 facilitadores das visitas culturais e técnicas e 5 grupos de apresentações artísticas e culturais;
-Consolidar debates e encaminhamentos que sirvam de base para melhoramentos no ensino e na prática profissional de arquitetura e urbanismo;
- Publicar resultados do projeto em eventos de iniciação científica e extensão;
- Compartilhar conhecimentos e experiências com a comunidade acadêmica e comunidade externa.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA TEIXEIRA CAMISA
ALINE MONTAGNA DA SILVEIRA1
ANA LUCIA COSTA DE OLIVEIRA1
ANDRESSA FONSECA DA CUNHA
ANDRÉIA TEIXEIRA CAMISA
BRUNA DA ROSA MENDES
CAROLINA MACHADO BELTRAME
CLEITON ALCANTARA DE SOUZA
FRANCIELE FRAGA PEREIRA
HUMBERTO LEVY DE SOUZA
JULIANE SILVA FLORES
KARINA DOS SANTOS MOURA
KARINA SCHMIDT NUNES
LAUREN BUSS RAFFI
LEONARDO SCHERER
MOHANA SALOMÃO DE MATTOS
NADIANE FONTES CASTRO
RAFAELA BARROS DE PINHO8
RAQUEL SIMONI HIRSCH DOS PASSOS
TANISE GOUVEA DOS SANTOS
TAÍS BELTRAME DOS SANTOS
THIFANI GOMES ORTIZ MACHADO
VINÍCIUS DIAS DE PAULA
YURI DA SILVA BASTOS

Página gerada em 16/10/2021 11:13:57 (consulta levou 0.118459s)