Nome da Atividade
PLANTAS DE LAVOURA I
CÓDIGO
01210030
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Cereais e outros cultivos anuais, origem e importância socioeconômica, morfologia e
desenvolvimento, ecofisiologia, época de semeadura, cultivares, manejo da área, sistemas de semeadura, estabelecimento e manejo da lavoura, influência de técnicas de manejo sobre o crescimento, desenvolvimento e rendimento dos cultivos, colheita e utilização, sistemas de cultivo.

Objetivos

Objetivo Geral:

Capacitar o aluno para o entendimento das técnicas de manejo para a produção de plantas de lavoura, com base na integração de conhecimentos de morfologia, anatomia, ecofisiologia, melhoramento de plantas e manejo do solo, tendo em vista a harmonia com os ecossistemas e a adequação à condição socioeconômica e cultural do produtor.

 

Objetivos Específicos:

- Conhecer os componentes e os sistemas de produção que envolvem as culturas de importância
social e econômica, além dos conhecimentos específicos referentes à cada cultura;
- Habituar os alunos na busca de novas informações em trabalhos e publicações científicas e a
desenvolver a capacidade de interpretação das mesmas.

Conteúdo Programático

Culturas Estudadas –
milho, arroz irrigado, cereais de inverno (trigo, aveia, cevada, centeio, triticale), sorgo, cana-deaçúcar,
O programa abrangerá os seguintes pontos para cada cultura:
Introdução
Origem, histórico, importância socioeconômica, formas de utilização das espécies.
Morfologia, Crescimento e Desenvolvimento
Morfologia e anatomia de semente, plântula, órgãos vegetativos e reprodutivos; estádios de desenvolvimento: semeadura-emergência, vegetativo, reprodutivo e maturação e práticas de manejo associadas a cada estádio.
Ecofisiologia
Exigências hídricas, térmicas e fotoperiódicas; zoneamento agroclimático; efeitos dos fatores ambientais e fisiológicos sobre o crescimento, desenvolvimento e rendimento dos cultivos; resposta da planta a condições de estresse ambientais; nutrição mineral e seus efeitos no acúmulo de matéria seca e outros processos fisiológicos da planta.
Época de semeadura
Critérios de escolha; interação entre época de semeadura, cultivares, características agronômicas das plantas e produtividade; recomendações de épocas de semeadura.
Cultivares
Características agronômicas; obtenção de novas cultivares; critérios para escolha; regionalização, recomendação e proteção de cultivares.
Estabelecimento da lavoura
Critérios para a escolha da área; preparo do solo; práticas de semeadura e de propagação vegetativa; qualidade de semente; densidade de semeadura; arranjo de planta; profundidade de semeadura; sistemas de semeadura e estabelecimento; qualidade de sementes; tratamento de sementes; obtenção preservação e tratamento de materiais vegetativos para propagação.
Manejo da lavoura
Plantas daninhas, pragas, doenças e seus controles; irrigação e drenagem; adubação nitrogenada em cobertura; influência de técnicas de manejo sobre o crescimento, desenvolvimento e rendimento dos cultivos; manejo da lavoura para produção de grãos e para produção de sementes; práticas de colheita.
Manejo do solo e nutrição de plantas
Manejo do solo em sistemas conservacionistas; nutrição mineral; exigências nutricionais; adubação e calagem; manejo da fertilidade do solo.
Sistemas de cultivo
Consorciação, sucessão e rotação de culturas; sistemas de manejo do solo; semeadura direta; cultivo convencional; propagação vegetativa; produção de mudas; O planejamento da lavoura ao longo do tempo.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • MUNDSTOCK, Claudio Mario. Planejamento e manejo integrado da lavoura de trigo. Porto Alegre: [s.n.], 1998. 227 p. SANTOS, Henrique Pereira dos; FONTANELI, Renato Serena; SPERA, Silvio Tulio. Sistema de produção para milho, sob plantio direto. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2007. 344 p. PESKE, S.T.; SCHUCH, L.O.B.; BARROS, A.C.S.A. Produção de arroz irrigado. 3. ed. Pelotas: Editora e Gráfica Universitária, 2004. 623p.

Bibliografia Complementar:

  • BULL, Leonardo Thedoro. Cultura do milho: fatores que afetam a produtividade. Piracicaba: POTAFOS, 1993. 301 p. COMISSÃO BRASILEIRA DE PESQUISA DE AVEIA. Indicações Técnicas para cultura da aveia. Guarapuava: Fundação agrária de Pesquisa Agropecuária, 2006. 82p. ORLANDO FILHO, Jose Nutrição e adubação da cana-de-açúcar no Brasil. Piracicaba: Instituto do açúcar e do Álcool, 1983. 368 p. SANTOS, Henrique Pereira dos; FONTANELI, Renato Serena. Cereais de inverno de duplo propósito para a integração lavoura-pecuária no sul do Brasil: Henrique Pereira dos Santos; Renato Serena Fontaneli. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2006. 104 p. TAIZ, Lincoln; ZEIGER, Eduardo. Fisiologia vegetal. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013. 918 p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M51 2020 / 1 50 24 Agronomia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
16:50 - 17:40
MATEUS DA SILVEIRA PASA
Professor Regente

TIAGO PEDO
Professor responsável pela turma

M52 2020 / 1 50 24 Agronomia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
16:50 - 17:40
TIAGO PEDO
Professor responsável pela turma

MATEUS DA SILVEIRA PASA
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
SISTEMA DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA Agronomia (Bacharelado)

Página gerada em 03/12/2020 00:57:27 (consulta levou 0.171416s)