Nome da Atividade
METODOLOGIA MULTICRITÉRIO PARA APOIO À DECISÃO
CÓDIGO
0188066
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

O ponto de partida desta disciplina está fundamentado no conceito de apoio à decisão, dentro de uma perspectiva construtivista. Nesta perspectiva, serão trabalhados os conceitos de decisão e processo decisório e as diferentes etapas que o compõe, todos voltados à construção de modelos multicriteriais. Ainda dentro do paradigma construtivista, a disciplina também aborda o conceito de apoio à avaliação e as implicações desta mudança de foco no uso dos modelos multicriteriais, bem como nos processos de validação destes modelos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Os principais objetivos da disciplina são:

Entender o processo decisório e a noção de apoio à decisão;
Discutir e aprofundar as caracteristicas de um problema complexo;
Caracterizar com clareza o conceito de critério;
Definir o que é um problema multicriterial;
Estudar as diferentes técnicas envolvidas na construção de modelos multicritérios aplicados a problemas complexos.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BOUYSSOU, D. Building Criteria: a prerequisite for MCDA. In: COSTA, C. A. B. E. (Ed.). Readings in Multiple Criteria Decision Aid. New York - Berlin: Springer-Verlag, 1990. p.660.
  • CHURCHILL, J. Complexity and Strategic Decision-Making. In: EDEN, C. e RADFORD, K. J. (Ed.). Tackling strategic problems: the role of group decision support. London: Sage, 1990.
  • ENSSLIN, L.; NETO, G. M.; NORONHA, S. M. D. Apoio à decisão: metodologias para estruturação de problemas e avaliação multicritério de alternativas. Florianópolis: Insular, 2001.
  • KEENEY, R. L. Value-focused thinking: A path to creative decisionmaking. Harvard University Press, 2009.
  • ROY, B. Decision Science or Decision-Aid Science. European Journal of Operational Research, v. 66, n. 2, p. 184-203, Apr 16 1993.
  • ROY, B. Multicriteria methodology for decision aiding. Dordrecht, Netherlands ; Boston, Mass.: Kluwer Academic Publishers, 1996.

Bibliografia Complementar:

  • BAZERMAN, M. Processo decisório. Rio de Janeiro, Elsevier, 8ª. Ed. 2014. BEINAT, E. Value Functions for Environmental Management. Springer Netherlands, 1997. 249p.
  • BELTON, V. ; STEWART. T, J. Multiplecriteria decision analysis: an integrated approach. Dordrecht, Kluwer Academic Publisher, 2002. p.380
  • COSTA, C. A. B. E. Processo de Apoio à Decisão: problemáticas, atores e ações. Florianópolis/UFSC, Curso de Metodologias Multicritério de Apoio à Decisão/ENE - Escola de Novos Empreendedores. 1995.
  • COSTA, C. A. B. E.; VANSNICK, J. C. The Macbeth approach: Basic ideas, software, and an application. In: MESKENS, N. e ROUBENS, M. (Ed.). Advances in Decision Analysis. New York - Dordrecht: SPRINGER, 1999. p.131-157. ISBN 1386-2960.
  • CRUZ, E. P.; BARRETO, C. R.; FONTANILLAS, C. N. O processo decisório nas organizações. Curitiba, Ed. Intersaberes. 2014. 351p.
  • DOUMPOS, M.; ZOPOUNIDIS, C. Multicriteria decision aid classification methods. Dordrecht ; Boston: Kluwer Academic Publishers, 2002. xiii, 252 p.
  • EDEN, C. Congnitive Mapping. European Journal of Operational Research, v. 36, n. 1, p. 1-13, 1988.
  • EDEN, C.; RADFORD, K. J. Tackling strategic problems: the role of group decision support. SAGE Publications, 1990.
  • EHRGOTT, M.; FIGUEIRA, J.; GRECO, S. Trends in Multiple Criteria Decision Analysis. New York: Springer 2010.
  • FREITAS, H. et al. Informação e decisão: sistemas de apoio e seu impacto. Porto Alegre: Ortiz, 1997.
  • FRIEND, J. K.; HICKLING, A. Planning under pressure: the strategic choice approach. Routledge, 2005.
  • GOMES, M. C. Apoio à decisão em empresas familiares em processo de evolução: um modelo multicritérios em um estudo de caso na indústria de conservas de Pelotas-RS. 2001. (Dr). Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2001.
  • MARCH, J. G e SIMON, H. A. Teoria das Organizações. Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas, 1970.
  • MONTIBELLER, G. Mapas Cognitivos: uma ferramenta de apoio à estruturação de problemas. 1996. 221f. (Mestre). Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 1996.
  • MORITZ, G. O; PEREIRA, M. F. Processo decisório. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração /UFSC, 3. ed., 2015. 158p.
  • PARNELL, G. S.; TERRY BRESNICK, M.; TANI, S. N.; JOHNSON, E. R. Handbook of Decision Analysis. Hoboken, New Jersey: Wiley, 2013. 432p.
  • QUDRAT-ULLAH, H.; SPECTOR, J. M.; DAVIDSEN, P. I. Complex Decision Making: Theory and Practice. Cambridge, Massachusetts: Springer, 2007. 337
  • ROY, B.; VINCKE, P. Multicriteria Analysis - Survey and New Directions. European Journal of Operational Research, v. 8, n. 3, p. 207-218, 1981.
  • SECCHI, D. Extendable Rationality: Understanding Decision Making in Organizations. New York: Springer, 2011.
  • SILVEIRA, V. N. S. Racionalidade e organização: as múltiplas faces do enigma. Revista de Administração Contemporânea, v. 12, n. 4, p. 1107-1130, 2008.
  • SIMON, H. A. Administrative behavior: a study of decision making processes in administrative organizations. 4.ed. New York The Free Press, 1997.
  • ZARDARI, N. H.; AHMED, K.; SHIRAZI, S. M.; YUSOP, Z. B. Weighting Methods and their Effects on Multi-Criteria Decision Making Model Outcomes in Water Resources Management. Heidelberg New York Dordrecht London: Springer International Publishing, 2015.
  • ZOPOUNIDIS, C.; PARDALOS, P. M.; (ED.). Handbook of multicriteria analysis. New York: Springer, 2010.

Página gerada em 06/07/2022 22:21:57 (consulta levou 0.057406s)