Nome da Disciplina
DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL
CÓDIGO
0188071
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Introdução ao desenvolvimento. Teorias do desenvolvimento. Crescimento
econômico como desenvolvimento. A razão dualista. O desenvolvimento agrícola. O
desenvolvimento rural. Desenvolvimento Humano. Desenvolvimento e
Sustentabilidade. O papel da agricultura no desenvolvimento brasileiro. A abordagem
sócio espacial. A abordagem territorial. Políticas Públicas e Abordagem Territorial.
Território como recurso. Desenvolvimento e planejamento territorial. Desenvolvimento
e empreendedorismo. Inovação e desenvolvimento. Desenvolvimento como liberdade.
A representação espacial do território.

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral: Reconstruir o debate em torno às velhas e às novas abordagens do
desenvolvimento, sobretudo do ponto de vista da transição operada entre a visão
setorial e a visão espacial e seus principais desdobramentos.
Específicos:
- Conhecer os fundamentos do desenvolvimento econômico e de outras acepções
correlacionadas (desenvolvimento rural, desenvolvimento agrícola, desenvolvimento
social), bem como as principais escolas de pensamento econômico e social nos pós II
Guerra.
- Examinar o debate em torno ao papel da agricultura e do rural no processo de
desenvolvimento brasileiro e latino-americano, incluindo os esquemas conceituais

PPGDTSA – Desenvolvimento Territorial 2019-1

2
derivados do dualismo estrutural e de outras vertentes ligadas ao crescimento
econômico.
- Consolidar as bases para compreender o surgimento e consolidação do território e da
abordagem territorial como eixos de intervenção para a atuação estatal e fonte
inspiradora para as políticas preconizadas pelas agências multilaterais de
desenvolvimento (FAO, IICA, Banco Mundial, CEPAL, etc.).
- Aprofundar conhecimentos acerca das novas acepções (desenvolvimento social,
humano, desenvolvimento sustentável, desenvolvimento local) e sua relevância no que
tange aos processos levados a efeito por agentes e instituições públicas e privadas.
- Introduzir conceitos de análise espacial e modelagem de dados espaciais como subsídio
à compreensão de fenômenos de ordem territorial.
- Formar recursos humanos qualificados para atuar em processos de desenvolvimento.

Conteúdo Programático

Unidade I. O que é o desenvolvimento?
A noção de desenvolvimento.
Agricultura e desenvolvimento.
Modelos dualistas de desenvolvimento agrícola.
As consequências do desenvolvimento agrícola brasileiro.
Unidade II. Concepções alternativas de desenvolvimento
O desenvolvimento humano. O desenvolvimento como liberdade.
O desenvolvimento sustentável.
Os atores do Desenvolvimento Rural
Do setor ao território: superando a dicotomia rural-urbana.
Território e poder.
Desenvolvimento territorial ou a abordagem territorial do desenvolvimento.
Unidade II. A expressão espacial do território.
Empreendedorismo e território
Fundamentos epistemológicos e conceitos básicos em ciência da Geoinformação.
Arquitetura de sistemas de informação geográfica
Modelagem de dados em sistemas de informação geográfica.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • SEN, A. Desenvolvimento como liberdade, S. Paulo, Cia. das Letras, 2000. SOUZA, N. DE J. DE. Desenvolvimento Econômico. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2012. VEIGA, J. E. Desenvolvimento sustentável. o deseafio do século XXI. Rio de janeiro. ed. Garamond, 2003
  • ABRAMOVAY, R. Muito além da economia verde. São Paulo: Editora Abril, 2012.

Bibliografia Complementar:

  • ACCARINI, J. H. Economia rural e desenvolvimento: reflexões sobe o caso brasileiro. Petrópolis, Ed. Vozes, 1987. BURSZTYN, M. Armadilhas do progresso: contradições entre economia e ecologia. Revista Sociedade e Estado, v.x, n.1, 1995. BURROUGH A.; MCDONNELL R. A. Principles of Geographical Information Systems Peter. Oxford University Press, 1998. CÂMARA G., DAVIS C., MONTEIRO A.M.V., D'ALGE J.C.L., FELGUEIRAS C., FREITAS C.C., FONSECA, L.M.G., FONSECA, F. Introdução à Ciência da Geoinformação. INPE-10506-RPQ/249, www.dpi.inpe.br. PPGDTSA – Desenvolvimento Territorial 2019-1 4 CERDAN, C.; SOUZA, M. C. M.; FLORES, M.. El Patrimonio cultural como un elemento estratégico para el desarrollo territorial: dos casos de la inmigración italiana en Brasil. In: RANABOLDO, C.; SCHEJTMAN, A. (Orgs.). El valor del patrimonio cultural: Territorios rurales, experiencias y proyecciones latinoamericanas. Lima: IEP RIMISP, pp.303-319, 2009. FAVARETO, A. A abordagem territorial do desenvolvimento rural - mudança institucional ou inovação por adição? In: Estudos Avançados, v. 24, p. 299-319, 2010. FAVARETO, A. S. Paradigmas do desenvolvimento rural em questão: do agrário ao territorial. São Paulo, 2006. Tese (doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência ambiental, universidade de são Paulo. FURTADO, C. (1992), “O subdesenvolvimento revisitado”. Economia e Sociedade, 1(1): 05-19. FURTADO, C. Elementos de uma teoria do subdesenvolvimento. In: FURTADO, Celso. Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961, p.163- 193. GRAZIANO NETO, F. G. Questão agrária e ecologia: crítica da moderna agricultura. S.Paulo, Ed. Brasiliense, 1892. HAESBAERT, R. Da Desterritorialização à Multiterritorialidade. In: X Encontro de Geografia da América Latina. Anais... São Paulo, 2005. Disponível em: <http://ucbweb2.castelobranco.br/webcaf/arquivos/13147/5061/multiterritorialidade.pdf>. Acesso em: ago/2013. HOBBS, R. J.; MOONEY; H. A. Remote Sensing of Biosphere Funct

Página gerada em 17/11/2019 15:46:23 (consulta levou 0.081616s)