Nome da Disciplina
PATOLOGIA CLÍNICA
CÓDIGO
02510001
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ensino das principais técnicas laboratoriais e seus fundamentos, bem como conceitos aplicáveis à hematologia, bioquímica clínica, urinálise, parasitologia, citopatologia, entre outras utilizadas em laboratório clínico veterinário. Exercitar e desenvolver a capacidade de interpretação dos resultados desses testes, com a finalidade de complementar o exame clínico, auxiliar na formulação e/ou confirmação do diagnóstico, prognóstico, avaliação e acompanhamento da conduta terapêutica.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo geral: Usar as análises clínicas como meios auxiliares a clínica veterinária.

Objetivos específicos: Aprendizado de analises clínicas e seu embasamento teórico tendo em vista a sua aplica,cão como ferramenta complementar ao exame clínico, auxiliar ao diagnóstico,prognóstico, avalia,cão e acompanhamento da conduta terapêutica.

 

Objetivos Específicos:

Aprendizado de análises clínicas e seu embasamento teórico tendo em vista a sua aplicação como ferramenta complementar ao exame clínico, auxiliar ao diagnóstico, prognóstico, avaliação e acompanhamento da conduta terapêutica.

Conteúdo Programático

1 - A disciplina de patologia clínica e sua importância na medicina veterinária.
1.1 - Apresentação do programa, métodos de avaliação e bibliografia.
1.2 - Exames laboratoriais como meios auxiliares ao diagnóstico.

2- Colheita, conservação, acondicionamento e remessa de material biológico para os diferentes exames laboratoriais.
2.1 - Tipos de amostras para as diferentes técnicas.
2.2 -Tipos de conservantes usados em amostras biológicas.
2.3 - Embalagens e meios de transporte.
3 - Avaliação de efusões cavitárias e sua importância clínica.
3.1 - Exames físico, químico, citológico e bioquímico.
3.2 - Classificação clínico-laboratorial.
4 - Hematologia clínica.
4.1 - Importância e aplicação prática em medicina veterinária.
4.2 - O sangue: composição nas diferentes espécies animais, volemia, funções.
4.3 - O sangue:hemoglobina e dosagem de hemoglobina, Hematimetria,hematócrito, índices hematimétricos.proteínas plasmáticas totais e fibrinogênio plasmático.
4.4 - Colheita de sangue: locais e cuidados nas diferentes espécies domésticas. Amostras utilizadas para os diferentes exames laboratoriais.
4.5 - Anticoagulantes usados em hematologia e bioquímica clínica veterinária.
4.6 - Hematopoiese: eritropoiese e granulopoiese.
4.7 - Eritrograma: morfologia, tamanho, número, cor e inclusões eritrocitárias. Poiquilocitose, anisocitose ,policromatofilla e outras alterações.
4.8 - Interpretação do eritrograma: anemia absoluta e relativa. policitemia absoluta e relativa.
4.9 - Anemia: sinais clínicos, classificação morfológica, etiológica e quanto a resposta.
4.10 - Policitemias: sinais clínicos, policitemia primária e secundária
4.11 - Leucograma: nomenclatura, morfologia,funções dos leucócitos. Alterações e inclusões leucocitárias
4.12 - Resposta leucocitária e classificação.
4.13 -Interpretação do leucograma: leucocitoses, leucopenias, leucemias. Respostas leucocitárias individualizadas, e em diferentes espécies da animais domésticos
4.14 - Interpretação do hemograma: estudo de casos clínicos.
5 - Exame comum de urina (urinálise).
5.1- Importância e aplicação clínica. Colheita e conservação da amostra de urina.
5.2 - Exame físico da urina: volume, cor, aspecto, densidade. Métodos de avaliação.
5.3 - Exame químico da urina: reação, proteínas, glicose, cetona, hemoglobina, pigmentos biliares, urobilinogênio, nitrito. Métodos de avaliação.
5.4 - Exame do sedimento urinário: hemácias, leucócitos i piócitos, células epiteliais,
cilindros, microorganismos, parasitas, cristais, filamentos de muco,gotículas de gordura.
5.5 - Interpretação da urinálise pelo estudo de casos clínicos.
6 - Bioquímica clínica.
6.1 - Noções básicas: enzimas, proteínas, colesterol, triglicerídeos, uréia, creatinina, eletrólitos. estabilidade da amostra. Métodos de quantificação.
6.2 - Perfil hepático: produtos de síntese, enzimas.
6.3 - Perfil renal: uréia, creatinina, eletrólitos.
6.4 - Perfil pancreático: lipase, amilase (pâncreas exócrino e endócrino)

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BACILA, M. Bioquímica veterinária. São Paulo, J.M. Varela Livros, 1980. BUSH, B.M. Interpretación de los análisis de laboratorio para clínicos de pequeños animales. Madrid: Harcourt S.A., 1999. CHEW, D.J & DIBARTOLA, S.P. Interpretation of Canine and Feline Urinalysis. St Louis: Ralston Purina Company, 1998. COLES, E.H. Patologia clínica veterinária. (3a ed.), São Paulo, Manole, 1984. COLES,E.H. Veterinary clinical pathology. Philadelphia, W. B. Sauders Company, 1986. COWELL, R.L.. MEINKOTH, J.H.. TYLER, R.D. Diagnostic cytology and hematology of the dog and cat. 2.ed. St. Louis: Mosby, 1999. DAY, M.; MACKIN, A.; LITTLEWOOD, J. Manual of Canine and Feline Haematology and Transfusion Medicine. Hampshire: BSAVA, 2000. FELDMAN, B. F.; ZINKL, J.G., JAIN, N. C. Schalm's Veterinary Hematology. 5a ed. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins, 2000. GONZÁLEZ, F.H.D.; SILVA, S.C. Introdução á bioquímica clínica veterinária. 2ª ed. Porto Alegre:UFRGS Editora, 2006. HARVEY, J.W. Atlas of Veterinary Hematology – Blood and Bone Marrow of Domestic Animals. WB Saunders:Philadelphia, 2001. OOXEY, O.L. Patologia clínica e métodos de diagnóstico. Rio de Janeiro, Interamericana,1985.OUNCAN, J.R., PRASSE, K.W. Patologia clínica veterinária. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982. 122 JAIN, N.C. Essentials of veterinary hematology. Philadelphia: Lea & Febiger, 1993. KANEKO, J. J.; HARVEY, J. W.; BRUSS, M. L. Clinical biochemistry of domestic animais. (5 ed.), New York: Academic Press 1997, 932p. KANTEC, C. E. - Manual de Hematologia Veterinária. Livraria Varella, São Paulo, 1996. MEYER, O.J.; COLES, E.H. ; RICH, L.J. Medicina de laboratório veterinária. Interpretação e diagnóstico. São Paulo: Roca, 1995. MORAG, G K. Exames Laboratoriais em Medicina Veterinária: Bioquímica Clínica e Hematologia. Editora Roca, 2003. SHALM, O. W.; JAIN, N.C.; CARROL, E. J. Veterinary hematology. Philadelphia: Lea & Febiaer, 1975. WILLARD, M.D.; TWEDTEN, M.; TURNWELD - Small Animal Clinical Diagnosis by

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 10 1 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER10:00 - 10:50
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M2 2019 / 2 15 14 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:50 - 09:40
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M3 2019 / 2 10 0 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:00 - 08:50
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M4 2019 / 2 10 0 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:50 - 09:40
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M5 2019 / 2 10 10 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI10:00 - 10:50
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M6 2019 / 2 10 10 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI10:50 - 11:40
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

M7 2019 / 2 10 10 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:00 - 08:50
QUA14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
ANA RAQUEL MANO MEINERZ
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
PATOLOGIA CLÍNICA Medicina Veterinária (Bacharelado)
PATOLOGIA CLÍNICA Medicina Veterinária (Bacharelado)

Página gerada em 14/10/2019 20:16:27 (consulta levou 0.207567s)