Nome da Atividade
HISTÓRIAS DO TEATRO III
CÓDIGO
05001446
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudo de encenadores europeus paradigmáticos para a história do teatro ocidental do século XX. Teatro do absurdo e seus preceitos. Conhecimento de grupos e encenadores latino-americanos. Abordagem de poéticas negras, indígenas e o teatro vinculado às minorias e aos direitos humanos. Performance e teatro pós-dramático. Análise de peças teatrais emblemáticas.


A disciplina cumpre a Resolução n.º 1, de 30 de maio de 2012, que estabelece Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Estudar encenadores europeus paradigmáticos da história do teatro ocidental do século XX.
- Entender os preceitos do teatro do absurdo.
- Conhecer grupos e encenadores latino-americanos.
- Abordar poéticas negras, indígenas e o teatro das minorias e sua vinculação com os direitos humanos.
- Compreender a performance e o teatro pós-dramático.
- Analisar dramaturgias emblemáticas.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • DESS, Conrado. Notas sobre o conceito de representatividade. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 43, p. 1-30, 2022. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/21115. Acesso em: 1 jul. 2021.
  • FABIÃO, Eleonora. Performance e teatro: poéticas e políticas da cena contemporânea. Sala Preta, [S. l.], v. 8, p. 235-246. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/57373. Acesso em: 1 jul. 2021.
  • ZAPATA, Miguel Rubio. O teatro e nossa América. Urdimento, Florianópolis, v.1, n.22, p. 259-266, julho 2014. Disponível em: http://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101222014259. Acesso em: 1 out. 2021.

Bibliografia Complementar:

  • BARBA, Eugenio. A terra de cinzas e diamantes: minha aprendizagem na Polônia: seguido de 26 cartas de Jerzy Grotóvski a Eugenio Barba. São Paulo: Perspectiva, 2006.
  • BORNHEIM, Gerd A. Brecht: a estética do teatro. Rio de Janeiro: Graal, 1992.
  • GROTOWSKI, Jerzy. O Teatro Laboratório de Jerzy Grotowski: 1959 – 1969. São Paulo: Perspectiva; Sesc, 2007.
  • LEHMANN, Hans-Thies. Teatro pós-dramático doze anos depois. Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, v. 3, n.3 (2013). Disponível em: https://seer.ufrgs.br/presenca/article/view/39703. Acesso em: 5 ago. 2022.
  • VIRMAUX, Alain. Artaud e o teatro. São Paulo: Perspectiva, 2009.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIAS DO TEATRO III Teatro (Licenciatura)

Página gerada em 15/04/2024 19:10:36 (consulta levou 0.107306s)