Nome da Atividade
GASTROENTEROLOGIA PRÁTICA I
CÓDIGO
07420022
Carga Horária
2640 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Anual
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1320
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
1320

Ementa

Proporcionar noções básicas sobre epidemiologia, etiopatogenia e manifestações clinicas, diagnostico, tratamento e prevenção sobre as doenças do aparelho digestivo. Desenvolver atitudes e habilidades necessárias para o manejo das principais síndromes do trato gastrointestinal. Capacitar para a compreensão e interpretação clinica dos principais métodos complementares em Gastroenterologia. Correlacionar e aplicar o conteúdo visto na disciplina teórica para as atividades práticas relacionadas a supervisão dos residentes em gastroenterologia durante o atendimento dos pacientes internados na enfermaria de gastroenterologia do Hospital Escola da UFPel e atendimento dos pacientes ambulatoriais nos ambulatórios de triagem, gastroenterologia geral, coinfecção HCV/HIV, Doença Inflamatória intestinal e Hepatologia.

Objetivos

Objetivo Geral:

Desenvolver as competências para o médico residente executar de forma autônoma, ética, humanística, crítica, reflexiva, segura e com responsabilidade social os planos diagnósticos, terapêuticos e procedimentos explicitados como essenciais em Gastroenterologia para cada ano de treinamento.
-Realizar com competência a história clínica, realização do exame físico, geral e específico, formular e avaliar hipóteses diagnósticas, solicitar e interpretar exames complementares para realizar a tomada de decisão;
- Identificar situações complexas presentes e colocá-las por prioridades, ressalvadas aquelas que contenham ameaça iminente à saúde e à vida, planejar e implementar condutas diagnósticas e terapêuticas às afecções mais prevalentes na Gastroenterologia,
- Dominar o conhecimentos dos conceitos básicos, fisiopatologia, determinantes sociais do processo de saúde e doença, critérios diagnósticos e princípios fundamentais das terapêuticas nas síndromes e nas doenças mais frequentes e graves em Gastroenterologia;
- Dominar o manejo das doenças gastroenterológicas mais frequentes e estratificar sua gravidade para indicar internação, atendimento de urgência e emergência;
- Realizar o plano diagnóstico, solicitar e avaliar as provas diagnósticas e instituir a terapêutica pertinente e o seguimento clinico das principais doenças gastrointestinais;
- Identificar e avaliar os pacientes com as doenças agudas e crônicas prevalentes em Gastroenterologia, nas urgências e emergências, e os seus diagnósticos diferenciais, especialmente no atendimento dos pacientes com hemorragia digestiva aguda, estados dolorosos abdominais agudos, pancreatites, enfermidades infecciosas agudas do sistema digestório e
descompensação da cirrose hepática, com estratificação da gravidade, avaliação diagnóstica e terapêutica;

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Zaterka S. Tratado de Gastroenterologia - Da Graduação à Pos-Graduação Atheneu. 2016 Mattos AA. Tratado de Hepatologia. Rubio. 2010.

Bibliografia Complementar:

  • Joaquim Prado. Tratado de Doenças Gastrointestinais e Pancreáticas. Ed Roca. 2009. www.uptodate.com www.aasld.org www.easl.eu www.ecco-ibd.eu

Página gerada em 25/02/2024 18:41:18 (consulta levou 0.061379s)