Nome da Disciplina
MICOLOGIA
CÓDIGO
09030016
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Aspectos gerais de Micologia: Importância, morfologia, nutrição, classificação de fungos; fungos decompositores, micorrízicos, patogênicos, fitopatogênicos, comestíveis, medicinais e venenosos; Aplicação econômica dos fungos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Possibilitar ao aluno, através de conhecimento e habilidade, coletar, identificar, isolar e cultivar fungos de interesse ambiental, patogênico, fitopatogênico, comestível e medicinal.

Conteúdo Programático

TEÓRICO: Introdução e objetivos da Disciplina, sistema de ensino, critérios de avaliação e bibliografia básica; conhecimento básico de Micologia; diversidade de fungos; bases para a classificação de fungos; principais agentes decompositores e suas aplicações; fungos micorrizícos; agentes de micoses em humanos e animais; aflatoxinas em alimentos; fungos fitopatogênicos; fungos cultivados e ecologicamente dependentes; valor econômico, gastronômico, nutricional, medicinal e ambiental dos cogumelos comestíveis e silvestres; Aplicação industrial dos fungos.
PRÁTICO: Apresentação do laboratório de Micologia; Preparo de meios de cultura; Isolamento de fungos; Microcultivo; Preparo de lâminas; Coleta de fungos macroscópicos; Técnicas de preservação dos isolados; Práticas de cultivos de cogumelos; Visita a campo.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALEXOPOULOS, C.J., MIMS, C.W., BLACKWELL, M. Introductory mycology, 3ª ed. John Wiley & Sons, New York, 1996. 632p.
  • BARBETT, H. L; HUNTER B.B. Illustrated Genera of Imperfect Fungi, 3ª ed. Burgess Publishing Company, USA, 1995. 241p.
  • CARDOSO, E. J. B. N., TSAI, S. M., NEVES, M. C. P. Microbiologia do Solo, Campinas: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 1992.
  • CARTILE, M. J., WATKINSON, S. C. G. W. The fungi, 2ª ed. Academic Press, San Dieg, 2001. 588 p.
  • EIRA, A.F. CULTIVO DO “COGUMELO-DO-SOL” (Agaricus blazei (Murrill) ss. Heinemann). Viçosa: Aprenda Fácil Editora, 2003. 203p.
  • GUERRERO, R. T. & HOMRICH, M. H. Fungos Macroscópicos Comuns no Rio Grande do Sul – Guia para Identificação. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1983, 118p.
  • GUSMÁN, G. Identificación de los hongos comestibles, venenosos y alucinantes. México: Limusa, , 1979. 452p.
  • HAWKSWORTH, D.L., KIRK, P.M., SUTTON, B.C., PEGLER, D.N. Ainsworth & Bisby’s dictionary of the fungi (including the lichens). 7ª ed. Commonwealth Mycological Institute, Kew, Surrey, 1995. 616p.
  • LACAZ, C. S., et al. Tratado de Micologia Médica, Sarvier, São Paulo, 2002. 1104 p.
  • PUTZKE, J., PUTZKE, M. T. L. Os Reinos dos Fungos. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1998, v.1 e 2, 606p.
  • SIDRIM, J. J. C. ROCHA, M. F. G. Micologia Médica à Luz de autores contemporâneos. Guanabara, Rio de Janeiro, 2004. 388 p.
  • VEDDER, P.J.C. Cultivo moderno del champiñón. Madri: Mundi Prensa, 1996. 369p.
  • WRIGHT, J.E., ALBERTÓ, E. Hongos: guia de la region pampeana. I. Hongos con laminillas, L.O.L.A., Buenos Aires, 2002. 279p.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
MICOLOGIA Ciências Biológicas (Bacharelado)
MICOLOGIA Ciências Biológicas (Licenciatura)

Página gerada em 14/11/2019 04:34:11 (consulta levou 0.155569s)