Nome da Atividade
MUSEUS E NOVAS TECNOLOGIAS
CÓDIGO
10790088
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

O uso das novas tecnologias na concepção e implementação dos diferentes processos implicados na ação museológica.

Objetivos

Objetivo Geral:

• Discutir sobre o potencial das novas tecnologias no escopo museológico, considerando-as, sobretudo, valiosas ferramentas de gestão e extroversão da informação.

 

Objetivos Específicos:

• Debater sobre o lugar da ação museológica na sociedade da mediação tecnológica/informacional.
• Refletir sobre a adequada apropriação das novas tecnologias, levando em conta características específicas em diferentes tipologias e modalidades temáticas e conceituais de museus.
• Introduzir princípios teóricos e metodológicos do processo de musealização, baseados nas, assim denominadas, tecnologias da informação e comunicação (TIC’s).
• Apresentar diversas TIC’s, abordando sobre suas funcionalidades e contextos de aplicação.

Conteúdo Programático

UNIDADE I: Tecnologia
1. Conceituações
2. Relação com a ciência e o pensamento racional
3. Usos e implicações sociais

UNIDADE II: Sociedade da Informação
1. Contextualização histórica e conceituações
2. Debates sócio-epistêmicos
3. Mediação social através da informação

UNIDADE III: Museus e TIC’s
1. Museus e contemporaneidade tecno-informacional
2. Gestão e extroversão da informação – soluções tecnológicas aplicadas à:
• conservação e segurança de edifícios, acervos, equipamentos e pessoas;
• pesquisa e documentação;
• exposições e demais ações de educação e cultura;
• marketing e divulgação.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BARBOSA, Rui (2011) – Guia Multimédia Portátil para Museus. Aveiro. Tese de Mestrado em Comunicação Multimédia, apresentada à Universidade de Aveiro [on-line] [Consult. 2012-6-12] disponível em: http://ria.ua.pt/bitstream/10773/7604/1/245029.pdf BITTENCOURT, J. N.; GRANATO, M.; BENCHETRIT, S. F. (Org.). Museus, ciência e tecnologia: livro do seminário internacional. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2007. 279 p. (Livros do Museu Histórico Nacional). MESQUITA, Mariana Mendes de. "Um projecto de novas tecnologias aplicado na Casa-Museu Anastácio Gonçalves." (2013). MUCHACHO, Rute (s.d.) – Museus Virtuais: A importância da usabilidade na mediação entre o público e o objecto museológico. Paper no decorrer de um projeto de investigação pelo CICANT. [on-line] [Consult. 2012-7-7] disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/muchacho-rute-museus-virtuais-importancia-usabilidade-mediacao.pdf

Bibliografia Complementar:

  • ANDRADE, Ricardo et al. Digitalizando a memória de Salvador: nossos presente e passado têm futuro?. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 243-254, 2006. ARAÚJO, Hermetes Reis de et al. Tecnociência e cultura: ensaios sobre o tempo presente. São Paulo: Estação Liberdade, 1998. BRUNO, Fernanda; PEDRO, Rosa. Entre Aparecer e Ser: tecnologia, espetáculo e subjetividade contemporânea. Intexto, n. 11, 2004. DOS SANTOS, Samuel Antenor. O papel da interatividade na constituição de um modelo de percepção pública da ciência e da tecnologia: um olhar sobre o Canal Saúde. 2012. Entrevista com Donna Haraway. Disponível em: http://www.pontourbe.net/mnu-traducao. GONZALEZ DE GOMEZ, Maria Nelida. As Ciências Sociais e as questões da informação. 2009. HABERMAS, Jürgen. Técnica e ciência como "ideologia". Lisboa: Edições 70, 2006. JARVIE, Ian. Por uma sociologia crítica da ciência1. Sociologias, v. 13, n. 26, p. 44-83, 2011. LÓSSIO, Rúbia. O Uso da Tecnologia nas tradições Populares. Retirado da revista Continente Multicultural, Ano IV, n. 38, p. 7, 2004. LOUREIRO, ML.Webmuseus de arte: aparatos informacionais no ciberespaço. Ciência da Informação, 33,dez.2004. MNEMOSYNE, T. "Investigações Epistemológicas Acerca da Sociedade da Informação". MUSEU, DE ASTRONOMIA E. CIÊNCIAS AFINS. Política de Segurança para Bibliotecas, Arquivos e Museus. 2006. PRIMO, ALEX FERNADO TEIXEIRA; CASSOL, Márcio Borges Fortes. Explorando o conceito de interatividade: definições e taxonomias. Informática na educação: teoria & prática, v. 2, n. 2, 1999. SOUSA, Janara; GERALDES, Elen. As contribuições de Karl Marx e Max Weber sobre a autonomia/nãoautonomia da ciência e tecnologia. Ciências e Cognição/Science and Cognition, v. 13, n. 1, 2008. TORRES, Elisabeth Fátima; MAZZONI, Alberto Angel. Conteúdos digitais multimídia: o foco na usabilidade e acessibilidade. Ci. Inf., Brasília, v. 33, n. 2, p. 152-160, 2004.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
MUSEUS E NOVAS TECNOLOGIAS Museologia (Bacharelado)

Página gerada em 04/07/2022 03:41:05 (consulta levou 0.108468s)