Nome da Atividade
HISTÓRIA E FILOSOFIA DA FÍSICA II
CÓDIGO
11090091
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A emergência da Mecânica Analítica. A História da Termodinâmica, de Galileu a Kelvin. A História do Eletromagnetismo, de Gilbert a Hertz. A emergência da Mecânica Estatística. Interpretar as teorias do período histórico entre o século XVIII e o século XX em termos dos conceitos filosóficos-pedagógicos fundamentais no escopo da Epistemologia e da Filosofia da Ciência. Contribuição das mulheres e de cientistas americanos (incluindo as três Américas) e africanos para a evolução do conhecimento.

Objetivos

Objetivo Geral:

Preparar o aluno para situar a Física em seu contexto filosófico-pedagógico, no sentido de articular historicamente o desenvolvimento de conceitos fundamentais com as visões de mundo vigentes em cada período, no intervalo histórico entre o século XVIII e o século XX, incluindo as contribuições dos povos árabes e africanos para a evolução do conhecimento. Revisão da contribuição das mulheres para este processo. Visa também interpretar as teorias desse período em termos dos conceitos filosóficos fundamentais no escopo da Epistemologia e da Filosofia da Ciência.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ROCHA, J. F. (Org.) Origens e evolução das ideias da física. Salvador: EDUFBA, 2011.
  • PAIS, Abraham. Sutil é o Senhor: a ciência e a vida de Albert Einstein. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995. 637 p.
  • EINSTEIN, Albert. A evolução da física. 3. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.
  • KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. 12. ed. São Paulo: Perspectiva, 2013. 323 p. (Coleção debates; 115).
  • CHALMERS, Alan Francis. O que é ciência, afinal? São Paulo: Brasiliense, 2017. 224 p.

Bibliografia Complementar:

  • BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.
  • POPPER, Karl Raimund Sir. A lógica da pesquisa científica. 2.ed. São Paulo: Cultrix, 2014. 454 p.
  • KUHN, Thomas S. O caminho desde a estrutura: ensaios filosóficos, 1970-1993, com uma entrevista autobiográfica. São Paulo: Ed. UNESP, 2006. 402 p.
  • JAMMER, Max. Conceitos de força: estudo sobre os fundamentos da dinâmica. Rio de Janeiro: Contraponto; Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio, 2011.
  • RONAN, Colin A. História ilustrada da ciência da Universidade de Cambridge. Rio de Janeiro: J. Zahar Editor, 1987. 4v.
  • MENEZES, Débora. P. Mulheres na Física:a realidade dos dados. Caderno Brasileiro de Física, v.34, n.2, p. 341-343, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2017v34n2p341/34625. Acesso em: 03 set. 2021.
  • ROSA, Katemari; ALVES-BRITO, Alan; PINHEIRO, Bárbara Carine Soares. Pós-verdade para quem? Fatos produzidos por uma ciência racista. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 37, n. 3, p. 1440-1468, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/74989/44934. Acesso em: 03 set. 2021.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIA E FILOSOFIA DA FÍSICA II Física (Licenciatura)

Página gerada em 23/07/2024 09:16:55 (consulta levou 0.103679s)