Nome da Disciplina
SAÚDE NA ESCOLA
CÓDIGO
13380099
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
POR CONTEÚDO
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Promoção da saúde x prevenção de doenças. Conceitos e definições na área de promoção da saúde. A atividade física como ferramenta de promoção da saúde. A importância da promoção da saúde na escola. Experiências de promoção de saúde na escola. Operacionalização da promoção da saúde na escola.

Objetivos

Objetivo Geral:

Capacitar o aluno a compreender a importância da promoção da saúde no ambiente escolar e as formas de operacionalizar a mesma.

Conteúdo Programático

- Promoção da saúde x prevenção de doenças.
- Conceitos e definições na área de promoção da saúde.
- A atividade física como ferramenta de promoção da saúde.
- A importância da promoção da saúde na escola. Experiências de promoção de saúde na escola. Operacionalização da promoção da saúde na escola
- Práticas pedagógicas em saúde na escola

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • RIBEIRO I. C., PARRA D. C., HOEHNER C. N., et al. School-based physical education program: evidence-based physical activity interventions for youth in Latin America. Global Health Promotion, 17(2)5-15, 2010.
  • HOEHNER C. N., SOARES J., PEREZ D. P., et al. Intervenções em atividade física na América Latina: uma revisão sistemática. Am J Prev Med, 34(3):224-233, 2008.
  • BAGRICHEVSKI M., PALMA A. & ESTEVÃO A. A saúde em debate na Educação Física. Ilhéus: Editora da UESC, 2007.

Bibliografia Complementar:

  • Bagrichevski M., Palma A. & Estevão A.. A saúde em debate na Educação Física. Blumenau: Edibes , 2003.
  • Bagrichevski M., Palma A. & Estevão A.. A saúde em debate na Educação Física. Ilhéus: Editora da UESC, 2007.
  • Devide F. P. Educação Física, qualidade de vida e saúde: campos de intersecção e reflexões sobre a intervenção. Movimento, 8(2):77-84, 2002.
  • Ribeiro E. H. C. & Florindo A. A.. Efeitos de um programa de intervenção no nível de atividade física de adolescentes de escolas públicas de uma região de baixo nível socioeconômico: descrição dos métodos utilizados. Rev Bras Ativ Saude, 15(1):28-34, 2010.
  • Florindo AA, Hallal PC. Epidemiologia da Atividade Física. Atheneu, São Paulo, 2011.

Página gerada em 22/11/2019 16:03:02 (consulta levou 0.096490s)