Nome da Atividade
HIDROGEOLOGIA II
CÓDIGO
15000166
Carga Horária
90 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
6
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
6
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Métodos de locação de poços para captação de água subterrânea. Tipos de poços de acordo com os condicionantes geológico-estruturais dos aqüíferos. Métodos de perfuração. Equipamentos de perfuração. Planejamento da perfuração e dimensionamento dos componentes construtivos dos poços tubulares. Desenvolvimento e completação dos poços. Teste de alinhamento. Perfilagem geofísica e óptica do poço. Teste de bombeamento. Métodos e equipamentos de medição de vazão. Perfis construtivo e litológico do poço. Determinação geológica e hidrogeológica da área de influência e proteção dos poços. Relatório construtivo e aproveitamento do aqüífero. Determinação das condições de lavra dos poços. Raio crítico e interferência entre poços. Delimitação das zonas de contribuição, zona de influência, zona de transporte. Equipamentos de lavra. Elaboração de projetos de captação de água subterrânea. Gestão dos recursos hídricos subterrâneos. Elaboração de projetos de captação de água mineral natural, termal e água potável de mesa ou natural. Métodos e técnicas de quantificação de recursos hídricos superficiais e subterrâneos. Proteção sanitária dos poços. Limpeza e desinfecção de poços. Implantação de sistemas de monitoramento e remediação de aqüíferos contaminados. Padrões de potabilidade da água. Rebaixamento do nível d’água. Manejo e controle dos recursos hídricos de uma região.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conhecer os tipos de poços, os métodos de perfuração, os equipamentos utilizados na perfuração e os métodos de quantificação dos parâmetros de aqüífero. Conhecer os métodos de captação e de produção (extração, lavra) de água subterrânea.

 

Objetivos Específicos:

o aluno deverá ser capaz de projetar e executar poços tubulares, bem como quantificar os parâmetros de aqüífero, dimensionar o aproveitamento e executar a lavra da água subterrânea.

Conteúdo Programático

1) Métodos de locação de poços para captação de água subterrânea: geológicos, estratigráficos, estruturais, geofísicos. Integração de dados geológicos e/ou geofísicos na locação de poços.
2) Tipos de poços: poços tubulares profundos, poços ponteira, poços escavados (cacimbas), poços de grande diâmetro com drenos radiais; captação em fontes naturais. Tipos e características construtivas de poços tubulares de acordo com os condicionantes geológico-estruturais dos aqüíferos.
3) Métodos de perfuração: seleção do método de perfuração em função do tipo de aqüífero e do poço.
4) Equipamentos de perfuração: tipos de perfuratrizes, seus componentes e seleção de equipamentos. Planejamento da perfuração e dimensionamento dos componentes construtivos dos poços tubulares.
5) Desenvolvimento e completação dos poços. Teste de alinhamento. Perfilagem geofísica e óptica do poço.
6) Teste de bombeamento: tipo e duração de testes. Métodos e equipamentos de medição de vazão. Interpretação dos testes de aqüífero.
7) Perfis, construtivo e litológico, do poço. Determinação e descrição geológica e hidrogeológica da área de influência e proteção dos poços. Relatório construtivo do poço e aproveitamento do aqüífero.
8) Determinação das condições de lavra dos poços: relação recarga-captação, vazão máxima possível e permissível, eficiência do poço, capacidade específica, curva do poço. Raio crítico e interferência entre poços. Delimitação das zonas de contribuição, zona de influência, zona de transporte.
9) Equipamentos de lavra: tipos e dimensionamento do sistema de bombeamento. Elaboração de projetos de captação de água subterrânea: avaliação da demanda requerida, inventário de poços e outros pontos captação de água, caracterização hidrogeológica da área. Gestão dos recursos hídricos subterrâneos. Elaboração de projetos de captação de água mineral natural, termal e água potável de mesa ou natural.
10) Métodos e técnicas de quantificação de recursos hídricos superficiais e subterrâne

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • FEITOSA, F. A. C. & MANOEL FILHO, J. 1997. Hidrogeologia: conceitos e aplicações. Fortaleza (Brasil), Edição CPRM, 389 p., il.
  • FRASER, G. S. & Davis, J. M. 1998. Hydrogeologic models of sedimentary aquifers. Tulsa (USA), SEPM Ed., 188 p., il.

Bibliografia Complementar:

  • BELTRAME, A. V. 1994. Diagnóstico do meio físico de bacias hidrograficas: modelo e aplicação. Florianópolis (Brasil), Ed. da UFSC, 111 p., il.
  • ESLINGER, E. 1994. Introduction to environmental hydrogeology. Tulsa (USA), SEPM Ed., Série SEPM Short Course, n.32, 1 v. (várias paginações), il.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HIDROGEOLOGIA II Engenharia Geológica (Bacharelado)

Página gerada em 23/01/2021 11:10:34 (consulta levou 0.158778s)