Nome da Disciplina
TÉCNICAS E PLANEJAMENTO DE SERRARIAS
CÓDIGO
15000402
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Introdução. Definição e classificação de serrarias. Operações de desdobro. Máquinas para serrar madeira. Planejamento para instalação de uma serraria. Projeto físico de implantação. Sistemas de desdobro. Avaliação do desempenho em serrarias. Técnicas de serrarias. Qualidade das Toras. Diagnóstico de Defeitos. Desdobro de espécies de reflorestamento: Pinus e Eucalyptus. Preservação da madeira em Serrarias e aspectos de segurança do trabalho. Manutenção de serras. Planejamento e controle da produção. Controle de Qualidade.

Objetivos

Objetivo Geral:

Proporcionar ao aluno condições de avaliação e entendimento das técnicas utilizadas em serrarias, oferecer condições de planejamento e organização na condução das operações realizadas no desdobro da madeira, avaliando e conduzindo atividades de manutenção e controle de operações dentro de uma serraria.

 

Objetivos Específicos:

- Compreender os conceitos inerentes ao emprego adequado de técnicas e ao planejamento em serrarias;
- Desenvolver a capacidade do discente para o planejamento e controle da produção na serraria;
- Estudar e avaliar os parâmetros de qualidade tanto para a matéria prima quanto para o produto final;
- Compreender os diferentes usos dos produtos obtidos por meio do processamento mecânico primário da madeira

Conteúdo Programático

2. Introdução a disciplina;
3. Definição e classificação de serrarias;
4. Operações de desdobro: desdobro principal e desdobro secundário;
5. Máquinas para serrar madeira;
6. Planejamento para instalação de uma serraria;
7. Layout de serrarias e projeto físico de implantação;
8. Sistemas de desdobro;
9. Avaliação do desempenho em serrarias;
10. Técnicas de serrarias: técnicas convencionais e técnicas modernas;
11. Qualidade das Toras; Diagnóstico de Defeitos;
12. Desdobro de espécies de reflorestamento: Pinus e Eucalyptus;
13. Preservação da madeira em Serrarias e aspectos de segurança do trabalho;
14. Manutenção de serras;
15. Planejamento e controle da produção;
16. Controle de Qualidade.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • 1. VITAL, B. R. Planejamento e operação de serrarias. 1. ed. Viçosa: Editora UFV, 2008. v. 1. 220 p.

Bibliografia Complementar:

  • 1. ALBUQUERQUE, C. E. C. Processamento mecânico da madeira. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – Instituto de Florestas – Departamento de Produtos Florestais. Rio de Janeiro, 1996. 84p
  • 2. BROWN, N. C. & BETHEL, J. S. La Industria Maderera. Editorial Limusa, México. 1975. 397p.
  • INDÚSTRIAS KLÜPPEL S.A. Catálogos de máquinas para serrarias.
  • 4. INDÚSTRIAS LANGER LTDA. Catálogos de máquinas para serrarias
  • 5. JOHNSON, H. La madera. Barcelona, 1996. Editora Blume. 296p.
  • 6. LATORRACA, J. V. F. Processamento mecânico da madeira. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – Instituto de Florestas – Departamento de Produtos Florestais. Rio de Janeiro, 2004. 115p.
  • 7. METALÚRGICA SCHIFFER S.A. Catálogos de máquinas para serrarias

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
SERRARIAS E BENEFICIAMENTO DE MADEIRAS Engenharia Industrial Madeireira (Bacharelado)

Página gerada em 12/12/2019 04:14:33 (consulta levou 1.829332s)