Nome do Curso / Conceitos (*)
Engenharia Industrial Madeireira
Enade (2017)2CPC (2017)3CC (2015)4
Nível / Grau
GRADUAÇÃO / Bacharelado
Modalidade
Presencial
Turno
INTEGRAL
Código UFPel
5200
Código e-MEC
96805
Unidade
Coordenador
A0L1L2L5L6L9L10L13L14Total
PAVE 2019/121111111110
SISU 2019/12255551144
Criação e Reconhecimento
Curso criado pela portaria 1074 de 18 de outubro de 2005.
Curso reconhecido pela Portaria nº 36 de 19/04/2012. Publicada no D.O.U. de 20/04/2012.
Renovação do reconhecimento pela Portaria nº 921 de 27/12/2018. Publicada no D.O.U. de 28/12/2018.

Contextualização

O Curso de Engenharia Industrial Madeireira foi criado tendo em vista a necessidade de formação de profissional especializado no setor industrial madeireiro, ou seja, disponibilizar recursos humanos com potencial para atuar na área de tecnologia da madeira e seus produtos. Essa formação profissional é recente no País, sendo o Curso da UFPel o primeiro do Rio Grande do Sul. A estruturação do Curso baseou-se inicialmente nos modelos existentes em outros estados do Brasil e, em países desenvolvidos com tradição de formação em nível superior de profissionais nesta área.
Cabe ressaltar, que o setor industrial madeireiro possui importante participação no Produto Interno Bruto (PIB) Brasileiro, cerca de 5%, com indicativos de aumento nesta participação.
O Rio Grande do Sul destaca-se por, tradicionalmente, ser um Estado madeireiro, tendo um dos principais pólos moveleiros do país, e indústrias nos mais variados segmentos do setor, como: celulose e papel, painéis de madeira, madeira serrada, madeira tratada, embalagens, resinas, entre outras. A expansão da base florestal gaúcha assegura o avanço e o incremento do setor madeireiro, possibilitando a consolidação de novos pólos e do desenvolvimento regional.
O Brasil apresenta potencialidade para figurar entre os principais produtores mundiais de madeira e seus produtos, com condições edafo-climáticas, disponibilidades de áreas e silvicultura desenvolvida para produzir madeira de forma responsável, considerando aspectos sociais, ambientais e econômicos. Entretanto, no processo de industrialização desta nobre matéria-prima ainda apresenta oportunidades para avanços tecnológicos, sendo necessário tornar o setor mais competitivo, racionalizar o aproveitamento da madeira e finalmente agregar valor ao produto final, produzindo materiais de madeira de qualidade.
Este salto tecnológico no setor madeireiro requer a capacitação e qualificação dos profissionais que atuam na área, profissionais que incorporem sólida formação de engenharia com aprofundado conhecimento da madeira.  Cabe ressaltar que a madeira é um dos principais materiais utilizados pelo homem, desde remotos tempos até os dias de hoje, no entanto, trata-se de um material heterogêneo, complexo, sendo necessário amplo conhecimento para seu adequado uso.
Assim é fundamental que o setor industrial madeireiro brasileiro, desenvolva-se, qualifique-se e torne-se cada vez mais competitivo o que, consequentemente, ampliará seus benefícios para a sociedade, esses avanços dependem em muito da atuação de profissionais devidamente capacitados e preparados para enfrentar esses desafios.     
 

Objetivos

Objetivos Gerais 
O curso de graduação em Engenharia Industrial Madeireira tem como objetivo formar um profissional qualificado apto a aplicar os conhecimentos de engenharia e gerenciar indústrias manufaturadoras de produtos a partir da madeira. Para tal, os profissionais devem possuir o conhecimento da qualidade da madeira como matéria prima, dos processos de transformação mecânica e produção, desenvolvimento de projetos e produtos e conhecimentos na área administrativa.
Além dessas habilidades, objetivando respostas rápidas e inovadoras aos distintos problemas a serem enfrentados, deve-se acrescentar a capacidade gerencial, a capacidade de comunicação, iniciativa e senso crítico, espírito inovador e capacidade de gestão ambiental relacionada ao processo industrial.
 
Objetivos Específicos 
O Curso de Engenharia Industrial Madeireira da Universidade Federal de Pelotas deverá:
 
  • Capacitar o acadêmico a atender as atribuições pertinentes a profissão de Engenheiro Industrial Madeireiro;
 
  • Contribuir para o desenvolvimento e difusão de conhecimento científico e tecnológico na sua área de atuação;
 
  • Contribuir para a construção de uma prática profissional comprometida com os avanços da ciência, com a promoção da qualidade de vida da população e com o exercício da cidadania.
 
 

Perfil do Egresso

O Curso de Engenharia Industrial Madeireira da Universidade Federal de Pelotas visa formar profissionais com uma percepção global e multidisciplinar, e com o seguinte perfil:
Consistente formação em conteúdos básicos (Expressão Gráfica, Física, Informática, Matemática, Química, entre outras) e profissionalizantes das Engenharias (Gerência de Produção, Gestão Ambiental, Mecânica Aplicada, Processos de Fabricação, Qualidade, Transporte e Logística, entre outras);
Consolidado conhecimento técnico-científico da matéria-prima madeira e dos processos de sua transformação, obtidos pelos conteúdos das disciplinas específicas (Anatomia da Madeira, Propriedades Físicas Mecânicas e Químicas da Madeira, Serrarias, Secagem e Preservação da Madeira, Painéis de Madeira, Celulose e Papel, entre outras);
Além dos conhecimentos técnico-científicos o egresso do curso conta com a formação humanística balizada pela ética e comprometida com o pleno exercício da cidadania.

Competências e habilidades

O Curso promove habilidades científicas e tecnológicas voltadas para o trabalho em indústrias de transformação da madeira (celulose e papel, painéis, serrados e beneficiados, tratamento de preservação, móveis, esquadrias, pisos, geração de energia entre outras). O Curso também desenvolve habilidades administrativas, relacionadas ao planejamento e controle da produção, gestão financeira, gestão de logística, gestão de recursos humanos, entre outras.   
 Estas habilidades podem ser empregadas na indústria, em instituições de ensino, em institutos e centros de pesquisa, em órgãos governamentais, em escritórios de consultorias e de projetos para o setor industrial madeireiro.
         O mercado de trabalho se apresenta com amplo espectro de opções dentro dos segmentos industriais madeireiros.
         O profissional egresso do curso poderá atuar em setores industriais madeireiros, tais como:
  • Processamento mecânico primário da madeira: obtenção de madeira serrada e secagem da madeira;
  • Produção de Produtos de Maior Valor Agregado – PMVA, tais como: esquadrias, molduras, pisos, madeira colada lateralmente (Edge Glued Panel - EGP);
  • Painéis de madeira reconstituída: compensados multilaminados e sarrafeados, painéis de partículas – MDP (Medium Density Particleboard), painéis de fibras – MDF (Medium Density Fiberboard), painéis de lascas – OSB (Oriented Strand Board), chapas duras e painéis isolantes;
  • Indústria de celulose e papel;
  • Geração de energia por meio da biomassa florestal (produtos e processos de geração);
  • Produtos estruturais em madeira (elementos estruturais em madeira maciça e reconstituída);
  • Indústria química de tratamento de madeira, etc;
  • Indústria química de adesivos e de acabamentos para madeira;
  • Indústria de controle e automação aplicada ao setor madeireiro.
 
De acordo com o Conselho Feral de Engenharia e Agronomia (CONFEA), artigo 1º da Resolução 218/73, ficam designadas as seguintes atividades:
 
Atividade 01 - Supervisão, coordenação e orientação técnica;
Atividade 02 - Estudo, planejamento, projeto e especificação;
Atividade 03 - Estudo de viabilidade técnico-econômica;
Atividade 04 - Assistência, assessoria e consultoria;
Atividade 05 - Direção de obra e serviço técnico;
Atividade 06 - Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer técnico;
Atividade 07 - Desempenho de cargo e função técnica;
Atividade 08 - Ensino, pesquisa, análise, experimentação, ensaio e divulgação
técnica; extensão;
Atividade 09 - Elaboração de orçamento;
Atividade 10 - Padronização, mensuração e controle de qualidade;
Atividade 11 - Execução de obra e serviço técnico;
Atividade 12 - Fiscalização de obra e serviço técnico;
Atividade 13 - Produção técnica e especializada;
Atividade 14 - Condução de trabalho técnico;
Atividade 15 - Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo
ou manutenção;
Atividade 16 - Execução de instalação, montagem e reparo;
Atividade 17 - Operação e manutenção de equipamento e instalação;
Atividade 18 - Execução de desenho técnico.
 
 
Ressalta-se que as atribuições profissionais relacionadas pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia prevê para o Engenheiro Industrial Madeireiro as atividades 01 a 18 do artigo 1º da Resolução 218/73 do CONFEA referente aos procedimentos tecnológicos adotados no processamento industrial da madeira e seus derivados, produtos industrializados da madeira e seus derivados, estruturas em madeira, gestão, logística, produção, marketing, finanças e controle de poluição das indústrias que utilizam madeira e seus derivados”.
 
 
 
 

Organização Curricular

http://wp.ufpel.edu.br/ceimad/files/2012/07/Fluxograma-Curriculo-2.pdf

Procedimentos e metodologias de ensino

O Curso é composto por disciplinas obrigatórias e optativas ministrada de modo presencial, de forma expositiva, sendo muitas das disciplinas constituídas por aulas teóricas e práticas. As aulas são expositivas podendo ocorrer em salas de aula, laboratórios e outros ambientes adequados ao processo de ensino e aprendizagem. Em algumas disciplinas estão previstas atividades extra sala de aula, como visitas técnicas e outras atividades.
            Conforme a concepção do Curso, que prevê um Projeto Pedagógico articulado e que permita a flexibilização, é possível que as disciplinas ofertadas sejam ministradas, integral ou parcialmente, na modalidade à distância, desde que essa oferta não ultrapasse vinte por cento (20%) da carga horária total do Curso, de acordo com a Portaria do Ministério da Educação Nº 1.134 de 10 de outubro de 2016. A UFPel disponibiliza uma ferramenta para qualificação de iniciativas a educação a distância, trata-se da plataforma de Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA/Moodle) que viabiliza e facilita as ações entre docente e discentes.
         Além das disciplinas a formação do aluno se constitui de atividades complementares, estágio curricular obrigatório e formação livre, para o atendimentos dessas ações o Curso promove, de forma, continuada o estimulo aos discentes a participação em projetos de ensino, extensão e pesquisa, participação em eventos da área, interações com outras Instituições de Ensino e Pesquisa e Extensão e a aproximação do mercado profissional.
           
 

Avaliação do ensino e da aprendizagem

A avaliação do processo ensino-aprendizagem focará o currículo e o próprio projeto pedagógico, através de processos avaliativos dos alunos, dos egressos, dos professores e das disciplinas. Pode ainda ser submetida a alguma forma de avaliação externa, a ser definida pelo Colegiado, através da Comissão de Avaliação do Curso e do NDE.
A avaliação será feita continuamente, por semestre, focando o andamento de disciplinas, a integração entre elas, os professores e suas metodologias de ensino, empregando questionários como instrumento, cujos dados levantados serão interpretados de forma crítica, buscando a constante reconstrução do processo ensino-aprendizagem.
Para isso, a participação e o engajamento dos professores serão fundamentais, visto seu papel na identificação do crescimento intelectual do aluno.
Além disso, a fim de identificar as práticas pedagógicas e a constante atualização da estrutura curricular, o Colegiado manterá constante troca com os professores que atuam no curso. Todas estas ações são possíveis se existir um comprometimento entre Coordenação, Comissão e professores; para tanto, são propostas reuniões periódicas visando criar um espaço frequente de discussão das questões do dia a dia do curso. Todas estas ações, de maneira conjunta, deverão ser instrumentos úteis para o aperfeiçoamento das disciplinas, do crescimento dos alunos e do ajuste da proposta pedagógica do curso.
 
Sistema de avaliação do processo de aprendizagem
 
A avaliação do desempenho do aluno nas disciplinas seguirá os preceitos legais estabelecidos pelo Regimento da UFPel. A avaliação do processo de aprendizagem é realizada por disciplina, abrangendo aspectos de assiduidade e avaliação do conhecimento, considerando as habilidades e competências esperadas.
O Colegiado sugere aos professores que a avaliação seja construída de forma processual e qualitativa, visando uma avaliação mediadora, contínua e sucessiva, ajudando o aluno a superar as dificuldades no decorrer do processo de aprendizagem, oportunizando diversos momentos para ele expressar suas ideias através de discussões propostas relacionando o conteúdo trabalhado em sala de aula e a realidade profissional.
A operacionalização do processo de avaliação constará no Plano de Ensino das Disciplinas, o qual deverá ser apresentado pelo professor e discutido com os alunos, no início do semestre.

Integração com a Pesquisa e a Pós-Graduação

O Curso de Engenharia Industrial Madeireira estabelece mecanismos de integração com a Pós Graduação, possibilitando a seus docentes e discentes contatos com Programas de Pós Graduação.
Vários dos docentes vinculados ao Curso atuam na Pós Graduação. Assim como, muitos dos laboratórios que atendem o Curso também atendem demandas da Pós Graduação. Muitas vezes, projetos de pesquisa e extensão tem suas equipes de trabalho compostas por docentes que atuam em Programas de Pós Graduação, pós graduando (mestrandos e doutorandos, pós doutores) e  discentes do Curso.
Particularmente para os discentes, a vivencia e integração com a pós graduação, inicialmente, ocorre a partir do estimo a participação em projetos de pesquisa e extensão. Essa participação em projetos e o convívio nos laboratórios, desperta nos discentes as primeiras impressões com o meio científico e o entendimento do funcionamento das relações entre graduação e pós graduação.
Neste contexto, o Curso de Engenharia Industrial Madeireira mantém relações com Programas de Pós Graduação de Física, Química, Engenharia de Materiais da UFPel, com o recém criado Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais do Centro de Engenharias. Assim como, com Programas de Pós Graduação de outras Instituições, como o Programa de Pós Graduação em Engenharia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria e o Programa de Pós em Engenharia Florestal da Universidade Federal do Paraná.

Acompanhamento de Egressos

O Colegiado de Curso manterá um cadastro de egressos atualizado, possibilitando o contato com os ex-alunos, já que eles representam uma das interfaces entre o Curso, mercado de trabalho e sociedade.
O processo contínuo de acompanhamento dos ex-alunos será facilitado por meio do site da Instituição e/ou do Colegiado de Curso. No link para os egressos, serão solicitadas informações sobre sua atuação profissional, a avaliação do currículo cursado, opinião sobre as disciplinas que estão sendo úteis na sua prática profissional e outras questões que o Colegiado do Curso entender.
Essas informações constituirão um banco de dados dos egressos, o qual será uma fonte de dados para o processo de avaliação do Curso.
 

Matriz Curricular

1º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000393ÁLGEBRA LINEARObrigatória460
15000341CÁLCULO AObrigatória690
15000394GEOMETRIA DESCRITIVAObrigatória460
15000002INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRAObrigatória230
15000059MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTOObrigatória230
12000015QUÍMICA GERAL E INORGÂNICAObrigatória460

2º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000003ANATOMIA DA MADEIRA15000002 - INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRAObrigatória460
15000346CÁLCULO B15000341 - CÁLCULO A15000393 - ÁLGEBRA LINEARObrigatória690
15000395DESENHO TÉCNICO15000394 - GEOMETRIA DESCRITIVAObrigatória460
11090032FÍSICA BÁSICA I15000341 - CÁLCULO AObrigatória460
12000116FUNDAMENTOS DE QUÍMICA ORGÂNICA12000015 - QUÍMICA GERAL E INORGÂNICAObrigatória460
12000001QUÍMICA ANALÍTICA12000015 - QUÍMICA GERAL E INORGÂNICAObrigatória460

3º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
22000294ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃOObrigatória460
15000397COMPUTAÇÃO GRÁFICA15000395 - DESENHO TÉCNICOObrigatória460
15000348EQUAÇÕES DIFERENCIAIS A15000346 - CÁLCULO BObrigatória460
11090036FÍSICA BÁSICA EXPERIMENTAL I11090032 - FÍSICA BÁSICA IObrigatória230
11090033FÍSICA BÁSICA II11090032 - FÍSICA BÁSICA IObrigatória460
15000398MECÂNICA GERAL I15000341 - CÁLCULO A15000393 - ÁLGEBRA LINEARObrigatória345
15000552QUÍMICA DA MADEIRA12000116 - FUNDAMENTOS DE QUÍMICA ORGÂNICAObrigatória460

4º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000041BIODEGRADAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA MADEIRA15000003 - ANATOMIA DA MADEIRAObrigatória460
15000447ESTATÍSTICA BÁSICA15000341 - CÁLCULO AObrigatória460
11090034FÍSICA BÁSICA III11090033 - FÍSICA BÁSICA II15000346 - CÁLCULO BObrigatória460
15000399MECÂNICA GERAL II11090032 - FÍSICA BÁSICA IObrigatória460
15000396METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA E PRODUÇÃO DE TEXTOObrigatória230
22000296PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES22000294 - ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃOObrigatória460
15000401QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTAL15000552 - QUÍMICA DA MADEIRAObrigatória460

5º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000553CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADEObrigatória345
15000055ELEMENTOS DE MÁQUINAS15000397 - COMPUTAÇÃO GRÁFICA15000399 - MECÂNICA GERAL IIObrigatória460
15000044ENGENHARIA ECONÔMICAObrigatória460
15000094ISOSTÁTICA15000398 - MECÂNICA GERAL IObrigatória460
15000033MECÂNICA DOS FLUÍDOS15000348 - EQUAÇÕES DIFERENCIAIS A15000399 - MECÂNICA GERAL IIObrigatória460
15000004PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRA15000003 - ANATOMIA DA MADEIRAObrigatória460
15000554SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO15000002 - INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRAObrigatória230
06560017SOCIOLOGIAObrigatória230

6º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
08970052ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOSObrigatória460
15000036ELETROTÉCNICA 11090033 - FÍSICA BÁSICA IIObrigatória460
15000578ENERGIA DA BIOMASSA FLORESTAL15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRAObrigatória460
15000031PROCESSOS DE CORTE EM MADEIRA15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRAObrigatória460
15000103RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS I15000094 - ISOSTÁTICA15000348 - EQUAÇÕES DIFERENCIAIS AObrigatória460
15000019TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALOR11090032 - FÍSICA BÁSICA I15000341 - CÁLCULO AObrigatória690

7º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000579ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO MADEIREIRA08970052 - ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOSObrigatória460
15000040CONTROLE E AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL15000036 - ELETROTÉCNICA 15000055 - ELEMENTOS DE MÁQUINASObrigatória230
15000032PRODUTOS DE ADESÃO E COLAGEM15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRA15000401 - QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTALObrigatória460
15000053RESÍDUOS NA INDÚSTRIA DE BASE MADEIREIRAObrigatória460
15000106RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS II15000103 - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IObrigatória460
15000037SECAGEM DA MADEIRA15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRA15000019 - TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALORObrigatória460
15000402TÉCNICAS E PLANEJAMENTO DE SERRARIAS15000031 - PROCESSOS DE CORTE EM MADEIRAObrigatória460

8º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000038ESTRUTURAS DE MADEIRA15000106 - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IIObrigatória460
15000042PAINÉIS DE MADEIRA RECONSTITUÍDA15000032 - PRODUTOS DE ADESÃO E COLAGEM15000037 - SECAGEM DA MADEIRAObrigatória690
15000046PRODUÇÃO DE MOVÉIS15000397 - COMPUTAÇÃO GRÁFICA15000032 - PRODUTOS DE ADESÃO E COLAGEMObrigatória460
15000555QUALIDADE DA MADEIRA15000402 - TÉCNICAS E PLANEJAMENTO DE SERRARIAS15000037 - SECAGEM DA MADEIRAObrigatória460
15000061SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL15000053 - RESÍDUOS NA INDÚSTRIA DE BASE MADEIREIRAObrigatória460
15000062TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO DE CELULOSE15000401 - QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTALObrigatória460

9º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000045LEGISLAÇÃO E ÉTICA PROFISSIONAL15000002 - INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRAObrigatória345
15000369LOGISTÍCA EMPRESARIAL MADEIREIRA15000579 - ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO MADEIREIRAObrigatória460
15000082PRODUÇÃO E PROPRIEDADES DO PAPEL15000062 - TECNOLOGIA DA PRODUÇÃO DE CELULOSEObrigatória460
15000043PROJETO DE INDÚSTRIAS MADEIREIRAS15000579 - ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO MADEIREIRAObrigatória460
15000556QUALIDADE NA INDÚSTRIA15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRA15000447 - ESTATÍSTICA BÁSICAObrigatória460
15000252TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSOMínimo de 150 créditosObrigatória170

10º Semestre

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000251ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIOMínimo de 150 créditosObrigatória340

Complementares

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000479ATIVIDADES COMPLEMENTARESAtividade complementar136

Optativas

CódigoDisciplina / Pré-requisitosCaráterCr.Horas
15000557ACABAMENTOS EM MADEIRA E MÓVEIS15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRAOptativa460
15000391CÁLCULO NUMÉRICO E APLICAÇÕES15000348 - EQUAÇÕES DIFERENCIAIS AOptativa460
15000083CONTROLE AMBIENTAL NA IND. DE CELUL. E PAPELOptativa460
15000047ESTATÍSTICA EXPERIMENTALOptativa345
15000386ESTRUTURAS EM AÇO15000106 - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IIOptativa345
20000084LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS I ( LIBRAS I )Optativa460
15000050MACROSCOPIA DA MADEIRA15000003 - ANATOMIA DA MADEIRAOptativa345
15000558MARKETING DE PRODUTOS FLORESTAISOptativa460
15000048MERCADO EXTERIOROptativa345
15000580USO ENERGÉTICO DA MADEIRA15000401 - QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTALOptativa460

Professores que ministraram disciplinas no Curso nos últimos três semestres

Nome
ADRIANA CASTRO PINHEIROCentro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos
ALEJANDRO MARTINS RODRIGUEZCentro de Engenharias
ALINE RIBEIRO PALIGACentro de Engenharias
AMAURI CRUZ ESPIRITO SANTOCentro de Engenharias
ANDREA SOUZA CASTROCentro de Engenharias
ANGELA PETRUCCI VASCONCELOSCentro de Engenharias
ARLAN DA SILVA FERREIRAInstituto de Física e Matemática
BIBIANA PORTO DA SILVACentro de Engenharias
BRUNO DE ALMEIDA GOETZECentro de Engenharias
BRUNO MULLER VIEIRACentro de Engenharias
CAMILA ELISA DOS SANTOS ALVESFaculdade de Administração e de Turismo
CARLOS ALBERTO SILVEIRA DA LUZCentro de Engenharias
CARLOS EDUARDO ESPINOSACentro de Engenharias
DANIEL SILVA GUIMARAESCentro de Engenharias
DANIEL TAVARES DA SILVAInstituto de Física e Matemática
DARCI ALBERTO GATTOCentro de Engenharias
DENNIS FERNANDES ALVES BESSADAInstituto de Física e Matemática
DOUGLAS LANGIE DA SILVAInstituto de Física e Matemática
EDUARDO COSTA COUTOCentro de Engenharias
EDUARDO FONTES HENRIQUESInstituto de Física e Matemática
ERICO KUNDE CORREACentro de Engenharias
ERIKA DA SILVA FERREIRACentro de Engenharias
FERNANDO JAQUES RUIZ SIMOES JUNIORInstituto de Física e Matemática
GABRIEL VALIM CARDOSOCentro de Engenharias
GERMAN RAMON CANAHUALPA SUAZOCentro de Engenharias
GUILHERME HOEHR TRINDADECentro de Engenharias
GUILHERME JAHNECKE WEYMARCentro de Engenharias
JONATHAN AIRES IACKSCentro de Engenharias
JORGE MANUEL VIEIRA BORGES LOURENCO RODRIGUESCentro de Engenharias
JOSÉ RAFAEL BORDINInstituto de Física e Matemática
JÚLIA KRÜGER VIEIRACentro de Desenvolvimento Tecnológico
LAUREN FRANCINE IRIGOITE FARIASCentro de Engenharias
LEONARDO DA SILVA OLIVEIRACentro de Engenharias
LEO PEIXOTO RODRIGUESInstituto de Filosofia, Sociologia e Política
LETICIA TONETTOCentro de Engenharias
LUCIARA BILHALVA CORREACentro de Engenharias
MARCELO PEREIRA MACHADOInstituto de Física e Matemática
MARCELO SCHRAMMCentro de Engenharias
MARCOS THEODORO MULLERCentro de Engenharias
MARIA DA GRACA SARAIVA NOGUEIRAFaculdade de Administração e de Turismo
MARIA LAURA GOMES SILVA DA LUZCentro de Engenharias
MARIVAN DA SILVA PINHOCentro de Engenharias
MAURIZIO SILVEIRA QUADROCentro de Engenharias
MERIELEN DE CARVALHO LOPESCentro de Engenharias
PAULO ROMEU GONCALVESCentro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos
RAFAEL BELTRAMECentro de Engenharias
RAFAEL CAVAGNOLIInstituto de Física e Matemática
RAFAEL DE AVILA DELUCISCentro de Engenharias
RENATA GONÇALVES SANTOS SILVAFaculdade de Administração e de Turismo
RODRIGO GARCIA VELHOCentro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos
ROGER TOSCAN SPAGNOLOCentro de Engenharias
RUL MARTINS ANTUNESCentro de Engenharias
SONIA SOUZA FRANCO BRETANHACentro de Engenharias
VIRGINIA MELLO ALVESInstituto de Física e Matemática
WALTER RUBEN IRIONDO OTEROCentro de Engenharias
WILLIAN CEZAR NADALETICentro de Engenharias
WILLIAN EDGARDO ALAYO RODRIGUEZInstituto de Física e Matemática

Turmas ofertadas em 2019 / 1

1º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000393 - ÁLGEBRA LINEAR
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
M2600
15000341 - CÁLCULO A
Horários
ManhãTardeNoite
SEG10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
M2600
15000394 - GEOMETRIA DESCRITIVA
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M9450
15000002 - INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INDUSTRIAL MADEIREIRA
Horários
ManhãTardeNoite
QUI10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
T1500
15000059 - MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO
Horários
ManhãTardeNoite
TER10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1500
12000015 - QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA
Horários
ManhãTardeNoite
SEG14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
TER14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
M1250
12000015 - QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA
Horários
ManhãTardeNoite
SEG14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
TER16:00 - 16:50
16:50 - 17:40
M2250

2º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000003 - ANATOMIA DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1100
15000346 - CÁLCULO B
Horários
ManhãTardeNoite
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
M1100
15000395 - DESENHO TÉCNICO
Horários
ManhãTardeNoite
TER18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
M150
11090032 - FÍSICA BÁSICA IProfessor responsável pela turma: JOSÉ RAFAEL BORDIN
Horários
ManhãTardeNoite
TER10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUI10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
T9100

3º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
22000294 - ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO
Horários
ManhãTardeNoite
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M15150
15000397 - COMPUTAÇÃO GRÁFICA
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M5130
15000348 - EQUAÇÕES DIFERENCIAIS A
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1150
11090036 - FÍSICA BÁSICA EXPERIMENTAL IProfessor responsável pela turma: WILLIAN EDGARDO ALAYO RODRIGUEZ
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
P7150
11090033 - FÍSICA BÁSICA IIProfessor responsável pela turma: ARLAN DA SILVA FERREIRA
Horários
ManhãTardeNoite
TER10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUI10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
T2130
15000398 - MECÂNICA GERAL I
Horários
ManhãTardeNoite
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
M2150
15000552 - QUÍMICA DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
T1150

4º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000447 - ESTATÍSTICA BÁSICA
Horários
ManhãTardeNoite
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
M250
11090034 - FÍSICA BÁSICA IIIProfessor responsável pela turma: MARCELO PEREIRA MACHADO
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
T2100
15000399 - MECÂNICA GERAL II
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1180

5º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000553 - CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE
Horários
ManhãTardeNoite
SEX10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
T2200
15000055 - ELEMENTOS DE MÁQUINAS
Horários
ManhãTardeNoite
SEG14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
M1150
15000044 - ENGENHARIA ECONÔMICAProfessor responsável pela turma: ALEJANDRO MARTINS RODRIGUEZ
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1150
15000094 - ISOSTÁTICA
Horários
ManhãTardeNoite
TER15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
QUI15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1150
15000033 - MECÂNICA DOS FLUÍDOS
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1100
15000004 - PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1100
15000554 - SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
T1100
06560017 - SOCIOLOGIA
Horários
ManhãTardeNoite
TER10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
T1150

6º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000036 - ELETROTÉCNICA
Horários
ManhãTardeNoite
SEX18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
M130
15000103 - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IProfessor responsável pela turma: ALINE RIBEIRO PALIGA
Horários
ManhãTardeNoite
SEG18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
QUA18:50 - 19:40
19:40 - 20:30
M1120
15000019 - TERMODINÂMICA E TRANSFERÊNCIA DE CALOR
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1100

7º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000579 - ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO MADEIREIRA
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1130
15000040 - CONTROLE E AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
M1120
15000032 - PRODUTOS DE ADESÃO E COLAGEM
Horários
ManhãTardeNoite
QUA10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
SEX10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1130
15000053 - RESÍDUOS NA INDÚSTRIA DE BASE MADEIREIRA
Horários
ManhãTardeNoite
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1120
15000106 - RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS IIProfessor responsável pela turma: ALINE RIBEIRO PALIGA
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
QUI13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
M1100
15000037 - SECAGEM DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
M1180
15000402 - TÉCNICAS E PLANEJAMENTO DE SERRARIAS
Horários
ManhãTardeNoite
SEG10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
TER10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1140

9º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000045 - LEGISLAÇÃO E ÉTICA PROFISSIONAL
Horários
ManhãTardeNoite
SEG10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
T1100
15000369 - LOGISTÍCA EMPRESARIAL MADEIREIRA
Horários
ManhãTardeNoite
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1170
15000082 - PRODUÇÃO E PROPRIEDADES DO PAPEL
Horários
ManhãTardeNoite
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
M1150
15000043 - PROJETO DE INDÚSTRIAS MADEIREIRAS
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
M1130
15000556 - QUALIDADE NA INDÚSTRIA
Horários
ManhãTardeNoite
QUI13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1100
15000252 - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSOP1120

10º Semestre

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000251 - ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIOP160

Optativas

Disciplina / Professores / HoráriosTurmaVagasMatric.
15000050 - MACROSCOPIA DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
M1100
15000580 - USO ENERGÉTICO DA MADEIRA
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
M1100

Alunos Matriculados

Nome Ano de ingresso Semestre de ingresso
ANA CAMILA LIMA PANTOJA20171

Alunos Egressos

Nome Ano de ingresso Ano de conclusão
ADRIANA LICIA DE MORAES AGUIRRE20062010
ALINE DE OLIVEIRA MACHADO20062010
ANANDA MORAIS BARBOSA20062010
BRUNO SAMPAIO COELHO20062010
CAROLINE SCHNEIDER LUCIO20062010
CÉSAR AUGUSTO SCHIMULFENING COELHO20062010
EDUARDO SCHNEID20062010
FERNANDO PEREIRA LIMA MARQUES20062010
GUILHERME DA CUNHA TAVARES20062010
GUINTER NEUTZLING SCHNEID20062010
LEANDRO GONÇALVES HAMM20062010
LEONARDO AMARAL PEIXOTO DA SILVEIRA20062010
LEONARDO MENDES NOGUEIRA20062010
LUCAS CÂNDIDO BARBOSA20062010
PATRICIA SOARES BILHALVA DOS SANTOS20062010
PEDRO HENRIQUE GONZALES CADEMARTORI20062010
RAMON KUHN POLLNOW20062010
RODRIGO DAMKE20062010
THIARA MOURA DOS SANTOS20062010
ANDRÉ LUIZ MISSIO20072011
ARIANE ANGELITA PACHECO PICCINI20062011
BRUNO DUFAU MATTOS20072011
ELENICE VIGORITO GOMES20072011
FELIPE BERNDT MOREIRA20072011
IGOR VERNETTI AZAMBUJA20062011
LUIZ CIPRANDI20062011
MATHEUS LEMOS DE PERES20072011
MAURO LUIZ PEREIRA20072011
MICHAEL WEILER20072011
RAFAEL EICHOLZ RUTZ20062011
RENATA HERRMANN MARINI20072011
SILVIA HELENA FUENTES DA SILVA20072011
TAINISE VERGARA LOURENÇON20072011
WILLIAM GAMINO GUTHS20072011
ALEXANDRE PEREIRA20072012
ALEX MICHELS20062012
CAROLINA SICA GONÇALVES20062012
CAROLINE COELHO DA SILVA20082012
GIURI SILVA SALABERRI20072012
JEAN NUNES LANER20072012
MARCELO GONÇALVES PEREIRA20072012
MARCELO KARAM NOGUEIRA20062012
PRISCILA DOS SANTOS ANTUART20082012
RAFAEL DE AVILA DELUCIS20082012
SÁLEM NUNES WEIRICH20072012
BRUNO GUILHERME DE OLIVEIRA20072013
OTÁVIO BERRUTTI ALEIXO20072013
REINALDO HAERTER20082013
DÉBORA DUARTE RIBES20072014
EDUARDO LIMA TORTELLI20082014
HÉLIO RENATO CERON FILHO20072014
JAIRO DAS NEVES MARTINS20072014
MÔNICA LETÍCIA MACKEDANZ RIBEIRO20092014
VÍTOR SILVEIRA DE LEMOS20062014
ALINE KROLOW SOARES20112015
CATIUCE ABREU PINTO20102015
CÉSAR VINÍCIUS CAVALHEIRO SCHWARTZ20102015
FELIPE AMARAL RIBEIRO20082015
FRANCINE TEIXEIRA PEREIRA20102015
GABRIEL LUIZ MACHADO MARQUES20142015
HELIO MARQUES RIBEIRO NETO20082015
LUCIANI DA SILVA MOTA20102015
ROBERTO LESSA PEREIRA20112015
MARINDIA DE ALMEIDA BORBA20102016
ALINE SCHEER KNUTH20082017
GETULIO REIS LOURENÇO NETO20112017
HENRIQUE RÖMER SCHULZ20132017
TALINE RODRIGUES MATTOSO20122017
CARLA BET JACONDINO VOTTO20092018
CAROLINA PINHO VIEIRA20122018
FILIPE SANTOS DA SILVA20092018
GUILHERME EICK GOETTEMS20132018
GUSTAVO SPIERING ZANOL20122018
KELLY DE FÁTIMA BELMIRO20112018

(*) Conceitos de curso:

(**) Vagas e formas de ingresso:

  • A0 - Ampla concorrência;
  • L1 - Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L2 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L5 - Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L6 - Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L9 - Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L10 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012
  • L13 - Candidatos com deficiência que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)
  • L14 - Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei nº 12.711/2012)

Localização e contatos

Página gerada em 24/02/2019 00:20:46 (consulta levou 0.924557s)