Nome da Atividade
SISTEMAS AGROINDUSTRIAIS
CÓDIGO
1708115
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Tipos de sistemas: evolução das abordagens de sistemas, especificidades ligadas aos sistemas agroindustriais; visão sistêmica das organizações; cadeias produtivas locais; cadeias produtivas globais; filière; redes; alianças; cadeia de suprimentos; Teorias de análise de sistemas: Evolução e Complexidade, Teorias dos Custos de Transação, Governança, Análise de Redes Sociais.

Objetivos

Objetivo Geral:

2.1 Geral: Promover a discussão dos principais tipos e teorias que apoiam a compreensão dos sistemas agroindustriais.

2.2 Específicos:

- Discutir os principais tipos de sistemas agroindustriais.

- Discutir as principais abordagens teóricas associadas a compreensão dos sistemas agroindústrias.

- Discutir métodos e lacunas de pesquisa.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CROPPER, S. et al. Introdução às relações interorganizacionais. In: CROPPER, S.; EBERS, M., et al (Ed.). Handbook de relações interorganizacionais da Oxford. Porto Alegre: Bookmann, 2014. cap. Introdução, p.3-28. PEDROZO, E. Á.; HANSEN, P. B. Clusters, filière, supply chain, redes flexíveis: uma análise comparativa. Colóquio “As Relações Econômicas Franco-Brasileiras/Coloque “Lês Relations Industrielles Franco-Bresiliennes”. Grenoble, France, Ecole Superieure dês Affaires/Université Pierre Mendes–France–Grenoble, v. 2, p. 29-30, 2001. BATALHA, M. O.; SCARPELLI, M. Gestão do agronegócio: aspectos conceituais. In: BATALHA, M. O. (Ed.). Gestão do agronegócio: textos selecionados. São Carlos: EdUFSCar, 2005. cap. 1, p.7-26. SPORLEDER, T. L.; BOLAND, M. A. Exclusivity of agrifood supply chains: Seven fundamental economic characteristics. International Food and Agribusiness Management Review,v. 14, n. 5, 2011. SEDITA, S.; CALOFFI, A.; LAZZERETTI, L. The invisible college of cluster research: a bibliometric core–periphery analysis of the literature. Industry and Innovation, p. 1-23, 2018. PORTER, M. Aglomerados e Competição: novas agendas para Empresas, Governos e Instituições. In: PORTER, M. Competição (on competition): estratégias competitivas essenciais. Rio de Janeiro: Campus, 1999. Cap. 07; pgs. 209-303. Herscovici, A. Assimetrias de Informação, Qualidade e Mercados da Certificação: A Necessidade de uma Intervenção Institucional. Revista de Economia Contemporânea, 2017. FORTIN, R.; DA SILVA, A. P. Compreender a complexidade: introdução ao Método de Edgar Morin. 2007. Capítulos 1 ao 4. CRISTOFOLI, D.; MARKOVIC, J.; MENEGUZZO, M. Governance, management and performance in public networks: How to be successful in shared-governance networks. Journal of Management & Governance, v. 18, n. 1, p. 77-93, 2014.

Página gerada em 21/09/2021 20:54:50 (consulta levou 0.058405s)