Nome da Atividade
RELAÇÕES DE GÊNERO E COMUNICAÇÃO
CÓDIGO
20000010
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Estudos das questões de gênero e teorias feministas. Políticas de gênero em âmbito mundial. Complexidade de gênero e identificação. Discussão sobre o conceito de gênero na sociedade. Análise sobre a contribuição das teorias feministas no debate de gênero. Identidade e estereótipos de gênero. Relações de gênero nos estudos em comunicação. Formas de atuação do dispositivo midiático nas relações de gênero. Políticas de gênero no Jornalismo e Imprensa feminina. Perspectivas teóricas e metodológicas no campo dos estudos de gênero numa perspectiva multidisciplinar.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Possibilitar aos alunos uma compreensão ampla do conceito de gênero em diferentes áreas do conhecimento, bem como proporcionar o debate na comunicação e na esfera do jornalismo.


-Conhecer as pesquisas globais na área de gênero;

- Verificar a contribuição dos estudos feministas na área de gênero;

- Compreender as relações e políticas de gênero;

- Identificar a cultura, os estereótipos e identidades nas relações de gênero;

- Analisar o discurso da mídia nas relações de gênero;

- Analisar a contribuição dos Estudos Culturais nas reflexões de gênero e nos estudos em comunicação;

- Investigar os estudos feministas na área da comunicação;

- Compreender como a cultura da mídia se articula no desvelamento de identidades de gênero, especialmente, as do gênero feminino.


- Analisar o papel da imprensa feminina no campo da comunicação e do Jornalismo.

Conteúdo Programático

1. Gênero- conceitos e diferenças

1.2 Teorias e pesquisas de gênero

1.3 Sexo/Gênero

1.4 História do feminismo e das teorias feministas

1.4.1 As mulheres – sujeito do feminismo

1.5 Identidade e Cultura

1.6 Representações e Estereótipos

2. Relações de gênero e a política de gênero

2.1 Gênero e política

2.2 Feminismo e Política

3. A complexidade de gênero e os limites da identificação

3.1 Discurso de gênero. Políticas de gênero em âmbito global.

3.2 A contribuição dos Estudos Culturais nas relações de gênero.

3.3 A Cultura da mídia na relações de gênero.

3.4 Imprensa Feminina, Representação e identidades femininas.


4. Perspectivas teórico-metodológicas nas pesquisas de gênero.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo: fatos e mitos. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1967 BUTLER, Judith. Problemas de Gênero. Lisboa: Orfeu Negro, 2017. BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010. Número de chamada: 305.4 B985p 3.ed. (BCS). BUTLER, Judith. Quadros de Guerra: quando a vida é passível de luto? Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015. CONELL, Raewyn; PEARSE, Rebecca. Gênero: uma perspectiva global. São Paulo: Versos, 2015. MIGUEL, Luis; BIROLI, Flávia. Feminismo e Política: uma introdução. São Paulo: Boitempo Editorial, 2014.

Bibliografia Complementar:

  • BUITONI, Dulcília. Imprensa Feminina. São Paulo: Editora Ática, 1986. ______________Mulher de papel: a representação da mulher na imprensa feminina brasileira. São Paulo: Edições Loyola, 2009. BARDIN, Laurense. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA, 1977. BORDO, Susan. O corpo e a reprodução da feminidade: uma apropriação feminista de Foucault. In: JAGGAR, Alison; BORDO, Susan. Gênero, Corpo, Conhecimento. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1997. p. 19-41. CASTRO, Ana Lúcia de. Culto ao Corpo e sociedade: mídia, estilos de vida e cultura de consumo. São Paulo: Annablume: Fapesp, 2007. ESCOSTEGUY, Ana Carolina; JACKS, Nilda. Comunicação e Recepção. São Paulo: Hacker Editores, 2005. FAVARO, Cleci Eulalia. Imagens Femininas: contradições, ambivalências, violências. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002. GUERRA, Isabel Carvalho. Pesquisa Qualitativa e Análise de Conteúdo. Cascais. Portugal:Principias, 2006. HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015. ________. Da Diáspora. Identidades e Mediações Culturais. Belo Horizonte. Editora da UFMG, 2003. HERSCOVITZ, Heloiza Golpspan. Análise de Conteúdo em Jornalismo. In: LAGO, Claudia; BENETTI, Marcia (ORGs). Metodologia de Pesquisa em Jornalismo. Petrópolis. RJ: Vozes, 2008. HOLLANDA, Heloisa Buarque. Explosão feminista: arte, cultura, política e universidade. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. KELLNER, Douglas. A Cultura da Mídia. Estudos Culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru. São Paulo, 2001. LE BRETON, David. Adeus ao corpo: Antropologia e sociedade. São Paulo: Papirus, 2003. MARTINS, Moisés de Lemos. Os Estudos Culturais na Construção da Comunidade Científica Lusófona. In. LISBOA FILHO, Flavi Ferreira; BAPTISTA, Maria Manuel. Estudos Culturais e Interfaces: objetos, metodologias e desenhos de investigação. Santa Maria: UFSM. Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2016. E-Book. ISBN.9

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2020 / 1 30 8 Jornalismo (Bacharelado - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
MARISLEI DA SILVEIRA RIBEIRO
Professor responsável pela turma

T50 2020 / 1 50 43 Jornalismo (Bacharelado - Noturno)
MARISLEI DA SILVEIRA RIBEIRO
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
RELAÇÕES DE GÊNERO E COMUNICAÇÃO Jornalismo (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 01/12/2020 02:46:47 (consulta levou 0.191676s)