Nome da Atividade
HISTÓRIA DA CULTURA BRASILEIRA E O TURISMO
CÓDIGO
23000220
Carga Horária
75 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
5
CRÉDITOS
5
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7
CARGA HORÁRIA TEÓRICA - EAD
1

Ementa

Reflexões sobre a cultura brasileira: produção, manifestação e consumo. Estudos sobre cultura popular no Brasil. Principais manifestações culturais brasileiras. Identidade nacional. Cultura brasileira e turismo.

Objetivos

Objetivo Geral:

O componente curricular visa conhecimentos e reflexões sobre a cultura brasileira e a identidade do povo brasileiro e seus usos e apropriações em turismo.
Analisar criticamente a relação entre cultura brasileira e turismo.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CATENACCI, Vivian. Cultura Popular: entre a tradição e a transformação. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 15, n. 2, p. 28-35, abr. 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/spp/v15n2/8574.pdf.
  • NAPOLITANO, Marcos. Cultura Brasileira: utopia e massificação (1950-1980). 3.ed. São Paulo: Contexto, 2008. (Repensando a História). Disponível em: https://doceru.com/doc/n1xn8s8.
  • ORTIZ, Renato. Cultura Brasileira e Identidade Nacional. São Paulo: Brasiliense, 1985.
  • PELLEGRINI, Tânia. Aspectos da produção cultural brasileira contemporânea. Crítica Marxista, v. 1, n. 2, p. 69-91, 1995. Disponível em: https://www.ifch.unicamp.br/criticamarxista/arquivos_biblioteca/artigo266Artigo5.pdf.

Bibliografia Complementar:

  • AYALA, Marcos; AYALA, Maria Ignez Novais. Cultura Popular no Brasil: perspectiva de análise. São Paulo: Ática: 1987. (Série Princípios)
  • BRITO, Mário Sélio F. de. Simbologias negras e identidades culturais: breves reflexões. Revista Espacialidades, v. 17, n. 2, p. 39-55, 2 set. 2021. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/espacialidades/article/view/23521.
  • HARVEY, David. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 6. ed. São Paulo: Loyola, 1996. 349 p. ISBN 9788515006793. Número de chamada: 306 H341c 6.ed. (BCP)
  • OLIVEN, Ruben. Violência e cultura no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1983.
  • ORTIZ, Renato. Mundialização e Cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.
  • PANTA, Mariana; PALLISSER. “Identidade nacional brasileira” versus “identidade negra”: reflexões sobre branqueamento, racismo e construções identitárias. Revista Espaço Acadêmico, ano XVII, n. 195, ago/2017. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/34664/20484.
  • ROSTOLDO, Jadir Peçanha. Expressões Culturais e Sociedade: o caso do Brasil nos anos 1980. HAOL, n. 10, p. 37-46, 2006. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2188063.
  • VELHO, Gilberto. Antropologia urbana: cultura e sociedade no Brasil e em Portugal. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.
  • WAGNER, Roy. A invenção da cultura. São Paulo: Cosac & Naify, 2012. 381 p. ISBN 9788540502383. Número de chamada: 306 W134i (BCP)

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIA DA CULTURA BRASILEIRA E O TURISMO Turismo (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 22/04/2024 10:44:57 (consulta levou 0.112451s)