Nome da Atividade
DOÇARIA
CÓDIGO
0400111
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4

Ementa

Origem e tradição dos doces de Pelotas. Tipos de doce. Preparo, decoração e embalagens. Controle de qualidade.

Objetivos

Objetivo Geral:

Elaborar doces finos, utilizando os procedimentos de cocção e modelagem adequados a cada tipo de receituário, aplicando normas básicas de higiene e segurança na manipulação dos alimentos e ambiente de trabalho, visando a qualidade nas produções culinárias.

Conteúdo Programático

1. Aspectos históricos
1.1.Origem
1.2.Influência da colonização portuguesa
2. Preparo, decoração e embalagem
2.1.Doces em massa
2.2.Compotas
2.3.Geléias e geleiadas
2.4.Doces cristalizados e glaceados
2.5.Doces artesanais
3. Controle de qualidade

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • SEBESS, M. Técnicas de confeitaria profissional. 2. Ed 1.Rio de Janeiro: SENAC, 2009. SENAC. A Doçaria tradicional de Pelotas. Editora Nacional SENAC, 2007. 88p. KONEMAN, R. À Mesa Com Chefes Europeus: Doçaria. [s.I.]: Koneman Eurodélices, (s.d).

Bibliografia Complementar:

  • KONEMAN, R. À Mesa Com Chefes Europeus: Sobremesas. [s.I.]: Koneman Eurodélices, (s.d). DUCHENE, L.; JONES, B. Sobremesas e suas Técnicas – Le Cordon Bleu. Editora Marco Zero, São Paulo, 2004. 224p. FREYRE, G. Açúcar. Editora Global, São Paulo, 2007. 269p. HERMÉ, P. Larousse das Sobremesas. Editora Larousse, São Paulo, 2006. 239p.

Página gerada em 25/04/2024 01:13:02 (consulta levou 0.050053s)