Nome da Atividade
ECONOMIA ECOLÓGICA E DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL
CÓDIGO
0188069
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

A disciplina se propõe a refletir sobre as relações entre a economia e o meio ambiente privilegiando a perspectiva teórica e epistemológica da Economia Ecológica. A partir desta buscará enfocar o tema da sustentabilidade e sua abordagem pelas diferentes escolas do pensamento econômico, contextualizando o tema do desenvolvimento rural sustentável.

Objetivos

Objetivo Geral:

GERAL:
Apresentar e discutir as diferentes concepções sobre a relação entre economia e meio ambiente e suas implicações para o desenvolvimento rural.

ESPECÍFICOS:
Apresentar as principais correntes da teoria econômica;
Discutir a perspectiva destas correntes em relação a "questão ambiental" ,destacando a economia ambiental e a economia ecológica.
Analisar as implicações destas perspectivas para o desenvolvimento rural

Conteúdo Programático

1- Introdução. Apresentação da disciplina, do conteúdo programático, dos textos de apoio, da dinâmica das aulas e do sistema de avaliação.
2- Um pouco de Economia Política: A formação das principais escolas de Pensamento Econômico. O liberalismo Clássico de Adam Smith, Marx e a economia socialista, a síntese neoclássica de Alfred Marshal e o intervencionismo Keynesiano.
3- O contexto do sistema econômico internacional: a crise civilizatória atual e as dívidas sociais, econômicas e ambientais. As idéias de progresso, crescimento, desenvolvimento e sua relação com a natureza. A relação economia, ambiente e desenvolvimento.
4- A sustentabilidade como idéia-força para harmonizar as dimensões do desenvolvimento. O eco-desenvolvimento; o desenvolvimento sustentável. A visão ecocêntrica e a visão tecnocêntrica. A sustentabilidade forte e a sustentabilidade débil.
5- A economia ambiental. Fundamentos teóricos. O meio ambiente enquanto fator de produção. Relação entre biosfera e atividade econômica, seus impactos ambientais e sociais. A internalização das externalidades ambientais. A valoração do meio ambiente. Métodos de valoração monetária. Análise custo eficiente e custo-benefício. Eco-eficiência e responsabilidade social coorporativa.
6- A construção da multidisciplinaridade entre as ciências econômicas e o meio ambiente: bases teóricas e epistemológicas da economia ecológica. A economia como subsistema da biosfera. A Sustentabilidade como relação entre economia e a biofísica: as leis da termodinâmica, a natureza entrópica do processo econômico; interpretação energética da economia. O estado estacionário. A incomensurabilidade dos valores ambientais. Indicadores de Sustentabilidade.
7- Os conflitos ambientais e a inovação social. O ambientalismo dos pobres. Os movimentos sociais e a ecologia política.
8- Economia Ecológica e desenvolvimento rural sustentável: teoria e estudos de caso.
9- Encerramento. Avaliação do semestre.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • MAY, P.H. (org.) Economia do Meio Ambiente. Teoria e Prática. Rio de Janeiro. Ed. Campus, 2010.
  • MÜELLER, C. Os economistas e as relações entre o sistema econômico e o meio ambiente. Brasília, FINATEC - UNB, 2007.

Bibliografia Complementar:

  • DALLY, H. and FARLEY, J. Ecological economics: principles and applications. Washington and London. Island Press, 2004.
  • GEORGESCU-ROEGEN, N. The entropy law and the economic process. Harvard university press, Cambridge, Massachusetts, 1971.
  • MARTINEZ-ALIER, J. The environmentalism of the poor: a study of ecological conflicts and valuation. Cheltenham. Edward Elgar, 2002.

Página gerada em 30/10/2020 01:38:12 (atualização a cada 15 minutos)