Nome da Atividade
ECONOMIA DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS
CÓDIGO
0760012
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Valorando o meio ambiente: métodos. Direitos de Propriedade, externalidades e problemas ambientais. Alocação de recursos Naturais Renováveis e Não-Renováveis. Economia do Controle da Poluição. Recursos de Propriedade Comum e Instituições. Interconexões entre: crescimento populacional, pobreza, desenvolvimento e meio ambiente.

Objetivos

Objetivo Geral:

Proporcionar aos alunos conhecimento teórico, como foco na Economia Neoclássica, sobre métodos de valoração ambiental, alocação de recursos naturais renováveis e não renováveis, controle da poluição, problemas associados à recursos de propriedade comum, relação entre desenvolvimento, pobreza e meio ambiente

Conteúdo Programático

I. Introdução à Economia do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais.
a. Crescimento, desenvolvimento e meio ambiente (demografia, pobreza e crescimento sustentável);
b. Revisão de conceitos: externalidades, instituições, direitos de propriedade, recursos privados vs bens públicos vs propriedade comum.
II.Economia da Poluição
a. Níveis ótimos de poluição (externalidades, poluição de fluxo e estoque);
b. Livre mercado (direitos de propriedade e o teorema de Coase);
c. Regulação (impostos de Pigou, comando e controle, permissões de poluição).
III. Economia dos Recursos Naturais
a. Recursos Renováveis (taxas de crescimento e exploração e a regra ótima de exploração);
b. Recursos Não Renováveis (taxa de exploração, importância dos preços e da tecnologia);
c. Tragédia dos Comuns (o problema dos recursos comuns e a extinção de espécies).
IV. Valoração Ambiental
a. Análise Custo-Benefício (valoração de custos/benefícios, disposição a pagar e a aceitar);
b. Métodos de Valoração Econômica (preços hedônicos, valoração contingente, custo de viagem, disposições a pagar e a receber).
V. Tópicos extras
a. A Curva de Kuznets Ambiental (crescimento econômico e degradação ambiental);
b. Instituições e Ação Coletiva (Elinor Ostrom e a Tragédia dos Comuns revisitada);
c. Infrações Ambientais e Regulação (crime e transbordamentos espaciais).

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • SEROA DA MOTTA, Ronaldo. Economia Ambiental. Rio de Janeiro, FGV, 2006. MORAES, Orozimbo José de. Economia Ambiental: Instrumentos Econômicos para o Desenvolvimento Sustentável. São Paulo, Centauro, 2009.

Bibliografia Complementar:

  • PEARCE, D. W.; TURNER, R. K. Economics of Natural Resources and the Environment. Baltimore: The John Hopkins University Press, 1990. TIETENBERG, Tom; LEWIS, Lynne. Environmental e Natural Resource Economics. Pearson, 2009. OSTROM, E. Governing the Commons: The Evolution of Institutions for Collective Action. New York: Cambridge University Press, 1990. FIELD, Barry C.; FIELD, Martha K. Introduçào à Economia do Meio Ambiente. Porto Alegre, AMGH, 2014.

Página gerada em 25/02/2024 18:01:04 (consulta levou 0.139550s)