Nome da Disciplina
ENERGIA DA BIOMASSA FLORESTAL
CÓDIGO
15000578
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A Biomassa Florestal. Madeira como Material Combustível. Processos de Pirólise e Hidrólise. Carvão Vegetal. Construção e Operação de Fornos de Carbonização. Gaseificação de Madeira. Produção de Etanol e Metanol. Unidade Geradora de Energia. Controle de Poluição.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Oportunizar aos acadêmicos do Curso de Engenharia Industrial Madeireira conhecimentos referentes aos diferentes tipos de biomassa disponíveis no meio florestal e os métodos de produção de biomassa para fins energéticos.
Objetivo(s) específico(s): Aperfeiçoar os conhecimentos gerais acadêmicos com relação às propriedades e produtos energéticos da madeira na indústria madeireira. Avaliar os principais processos de transformação da madeira em energia.

Conteúdo Programático

Unidade 1: Biomassa florestal
Unidade 2: Madeira como material combustível
Unidade 3: Processos de Pirólise e Hidrólise
Unidade 4: Carvão Vegetal
Unidade 5: Construção e Operação de Fornos de Carbonização
Unidade 6: Produção de Etanol e Metanol
Unidade 7: Gaseificação de Madeira
Unidade 8: Unidade Geradora de Energia e Controle de Poluição

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BRASIL. Ministério da Agricultura. Produção de Etanol da Madeira. Cadernos Coque e Álcool da Madeira - COALBRA, Brasília, 117 p., 1983.
  • BORSATO, D.; GALÃO, O, F.; MOREIRA, I. Combustíveis Fósseis: carvão e petróleo. Londrina, PR: EDUEL, 2009. 155p.
  • IBAMA. Manual de Construção e Operação do Forno rabo-quente. Natal, 24 p., 1999.
  • LORA, E. E. S.; ANDRADE, R. V. Geração de energia e gaseificação de biomassa. Biomassa & Energia, Viçosa, v. 1, n. 3, p. 311-320, 2004.
  • NOGUEIRA, L. A. H. et al. Dendroenergia: Fundamentos e aplicações. Brasília: ANEEL, 2000. 144 p.

Bibliografia Complementar:

  • BRASIL. Ministério da Agricultura. Proposta de utilização energética de florestas e resíduos agrícolas. Brasília, 164 p.,1987.
  • ACIOLI, J. L. Fontes de energia. Ed. UNB. Brasília, 1994. 138p
  • CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS. Gaseificação da Madeira e Carvão Vegetal. SPT 004, Belo Horizonte, 1981. 131p.
  • CORTEZ, L.A.B; LORA, E.S; GÓMES, E.O. Biomassa para energia. UNICAMP. 2008. Campinas, SP. 732p.
  • CNI. Biomassa coadjuvante na oferta total de energia. Brasília. s d.
  • FUNDAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS / CETEC. Produção e utilização de carvão vegetal. Belo Horizonte: CETEC, 1982. 939 p. (SPT – 008).
  • GUGLIELMI, R. Carvão: a fonte alternativa de energia. Minas Gerais: IOESC, 1v, 1980.
  • TOLMASQUIM, M.T. (Org.) Alternativas energéticas sustentáveis no Brasil. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2004.
  • GOLDEMBERG, J. Energia, meio ambiente e desenvolvimento. São Paulo: EDUSP, 234 p, 1998.
  • FUNDAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO DE MINAS GERAIS / CETEC. Uso da madeira para fins energéticos. Belo Horizonte: CETEC, 1981. (SPT – 001).

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 15 5 Engenharia Industrial Madeireira (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
RAFAEL BELTRAME
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ENERGIA DA BIOMASSA FLORESTAL Engenharia Industrial Madeireira (Bacharelado)

Página gerada em 20/11/2019 04:56:42 (consulta levou 0.163093s)